domingo, 4 de agosto de 2013

Zumbidos misteriosos estão deixando as pessoas intrigadas no mundo todo

Zumbidos misteriosos estão deixando as pessoas intrigadas no mundo todo



Como já publicado algumas vezes aqui no OVNI Hoje, pelo mundo todo há relatos de estranhos zumbidos e ruídos que surgem misteriosamente do nada e, como já se pode esperar, incomodam os habitantes dessas regiões onde o fenômeno ocorre.

Em artigo encontrado no site livescience.com, comenta-se a respeito de zumbidos que agora estão sendo ouvidos em Taos (estado do Novo México, EUA), Inglaterra e em Largs (Escócia).

Mas o que causa esses zumbidos e o porquê deles somente afetarem uma pequena porcentagem da população em certas áreas, ainda permanece um mistério, apesar de várias investigações científicas.

Relatos começaram a vir à tona durante a década de 1950, de pessoas que nunca haviam escutado nada anormal antes. Repentinamente eles começaram a ficar incomodados com sons perturbadores de baixa frequência.

As causas parecem ter vários fatores em comum: De forma geral, o zumbido é escutado principalmente em ambientes internos e é mais alto durante a noite. Ele também é mais comum em zonas ruais, ou ambientes mais afastados dos centros das cidades. Relatos de zumbidos nas zonas urbanas são mais raros, provavelmente devido ao barulho ambiente desses locais.

Quem estudou os zumbidos?

Somente 2% das pessoas que vivem em uma área com essas ocorrências podem ouvir o som, e a maior parte delas tem a idade entre 55 e 70 anos, de acordo com um estudo realizado em 2003 pelo consultor acústico Geoff Levnthall, de Surrey, na Inglaterra.

A maior parte das pessoas que escuta o zumbido descreve o som como sendo similar ao de um motor diesel funcionando em ponto morto. E o zumbido tem levado quase todas essas pessoas virtualmente ao ponto de desespero. [Video: Listen to 6 Spooky Sounds]

“É um tipo de tortura. Algumas vezes você quer gritar“, disse Katie Jacques, uma aposentada de Leeds, Inglaterra para a BBC. Leeds é um dos vários locais na Grã-Bretanha onde o zumbido recentemente apareceu.

“Ele é pior à noite“, disse Jacques. “É difícil dormir porque eu escuto este som latejante no fundo… Você fica mais e mais agitada, revirando na cama.”

Sendo descartados com o malucos ou ‘reclamadores’, somente aumenta o estresse dessas pessoas, as quais, na maioria, possuem audição perfeitamente normal. Essas pessoas reclamam de dores de cabeça, náusea, tontura, sangramento nasal e distúrbios de sono. Pelo menos um suicídio foi relatado no Reino Unido devido ao zumbido, reportou a BBC.

As zonas de zumbido

Bristol, na Inglaterra, foi um dos primeiros lugares na Terra onde o zumbido foi relatado. Na década de 1970, aproximadamente 800 pessoas desta cidade costeira relataram este fenômeno, o qual foi eventualmente dito se tratar de tráfego de automóveis e de fábricas na região.

Um outro zumbido famoso ocorre hoje em Taos, no estado do Novo México, EUA. Ele começou na primavera de 1991, quando habitantes da região começaram a reclamar. Uma equipe de pesquisadores do Laboratório Nacional de Los Alamos, a Universidade do Novo México, os Laboratórios Nacionais de Sandia e outras especialistas da região foram incapazes de identificar a fonte do som.

A cidade de Windsor, Ontário, é outra região que sofre com este fenômeno. Pesquisadores da Universidade de Windsor e da Universidade Western, de Ontário, recentemente receberam um financiamento para analisar o zumbido de Windsor e determinar sua causa.

Os pesquisadores também têm investigado por anos o zumbido em Bondi, que é uma área litorânea de Sydney, na Austrália, sem qualquer sucesso. “Ele deixa as pessoas loucas por aqui – tudo que você pode fazer é ligar música para bloquear o som. Algumas pessoas deixam os ventiladores ligados“, disse um habitante da região para o Daily Telegraph.

Nos Estados Unidos, o Zumbido de Kokomo foi isolado em 2003 por um estudo financiado pelo governo municipal desta cidade do estado de Indiana. Os investigadores disseram que duas indústrias estavam produzindo o ruído a frequências específicas. Apesar das medidas para a redução do ruído, alguns habitantes da região ainda continuam reclamando do zumbido.

Escute o zumbido de Taos, no vídeo abaixo:

video


Fonte do vídeo: ShamilBasayev

O que causa o zumbido?

A maioria dos pesquisadores que investigam o zumbido expressam com alguma confiança que o fenômeno é real e não é o resultado de histeria em massa, ou hipocondria (ou extraterrestres enviando sinais para a Terra).

No caso do Zumbido de Kodomo, equipamento industrial é geralmente o primeiro suspeito. Em uma situação, Leventhall foi capaz de rastrear o ruído até o aquecedor central de um prédio na vizinhança.

Outras fontes suspeitas incluem linhas de gás de alta pressão, redes elétricas, aparelhos de comunicação sem fio e outras fontes. Mas somente em pouquíssimos casos o zumbido foi associado às fontes mecânicas ou elétricas.

Há alguma especulação de que o zumbido possa ser resultado de radiação eletromagnética de baixa frequência, audível somente por algumas pessoas. E há casos confirmados onde indivíduos possuem sensibilidades a sinais fora da gama normal da audição humana.

Especialistas médicos apontam que ‘zunidos’ (quando não há uma fonte externa), seja a causa provável, mas testes revelaram que muitas das pessoas que escutam estes zumbidos possuem audição normal, com nenhuma ocorrência de zunido.

Fatores ambientais também têm sido acusados, inclusive atividades sísmicas, como micro sismos – onde pequenos tremores, de baixa frequência, podem ser gerados pela ação de ondas do oceano.

Outras hipóteses, inclusive a de experimentos militares ou a de comunicação submarina, ainda precisam ser confirmadas. Por agora, as pessoas que escutam o zumbido utilizam máquinas que emitem “ruído branco” e outros aparelhos para reduzirem ou eliminarem o zumbido irritante.

Leventhall, que recomenda que algumas dessas pessoas procurem ajuda em terapia comportamental cognitiva para aliviarem os sintomas causados pelo zumbido, não está confiante de que o mistério dos zumbidos seja solucionado tão logo.

“Tem sido um mistério por 40 anos, assim pode permanecer assim por muito mais tempo“, disse Leventhall para a BBC.

O fenômeno dos zumbidos não está contido a somente as áreas mencionadas neste artigo. Eles estão pelo mundo todo, inclusive com relatos aqui no Brasil.

Fonte: http://ovnihoje.com/2013/08/04/zumbidos-misteriosos-estao-deixando-as-pessoas-intrigadas-no-mundo-todo/#axzz2b1ur3o00

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...