domingo, 7 de setembro de 2014

Vulcão de Papua Nova Guine entra em erupção!!!

Vulcão de Papua Nova Guine entra em erupção!!!


Vulcão em erupção em Papua-Nova Guiné - Philip McNamara/ reprodução da webRead more: http://oglobo.globo.com/mundo/turista-filma-explosao-de-vulcao-de-papua-nova-guine-na-oceania-13853715#ixzz3CeHTQ0eV



Fonte e Créditos;
bacobjee
Publicado em 05/09/2014
The eruption of Mount Tavurvur volcano on August 29th, 2014. Captured by Phil McNamara.

ASTERÓIDE 2014 RC PASSARÁ PRÓXIMO da Terra 7 de setembro de 2014

ASTERÓIDE 2014 RC PASSARÁ PRÓXIMO da Terra 7 de setembro de 2014

http://www.segnidalcielo.it/wp-content/uploads/2014/09/Near-Earth-asteroid-1.jpg
http://www.segnidalcielo.it/2014/09/05/allarme-asteroide-2014-rc-sfiorera-la-terra-domenica-prossima-sara-monitorato-dalla-nasa/


Fonte e créditos;
Gabehash 
MeasuredPaces Kevin MacLeod (incompetech.com) 
Licensed under Creative Commons: By Attribution 3.0
http://creativecommons.org/licenses/b...

PAGINA WEB

http://www.gabehash.com/
YOUTUBE
http://www.youtube.com/Gabehash (Canal Español)
http://www.youtube.com/GabehashTV (English Channel)

domingo, 13 de julho de 2014

Será que temos apenas décadas para extinção?

Será que temos apenas décadas para extinção?

Independente se existe ou não aquecimento global, o fato é que o gelo dos polos vem derretendo mais que o normal, e já foi descoberto que existe grande quantidade de gás metano, sera que caminhamos para o fim de uma era?

http://www.taringa.net/posts/info/9907235/La-peor-catastrofe-del-mundo-Japon.html


fonte e creditos;Informação Profissional:

Natalia Shakhova
http://www.iarc.uaf.edu/people/nshakhov

Igor Semiletov
http://www.iarc.uaf.edu/people/igorsm

sábado, 28 de junho de 2014

Astrônomos descobrem “ilha mágica” em Titã

Astrônomos descobrem “ilha mágica” em Titã

Foto: ru.wikipedia.org

O lago de hidrocarbonetos Ligeia Mare, situado em Titã, o maior satélite de Saturno, contém uma mancha misteriosa, refere um artigo de astrofísicos norte-americanos publicado na revista científica Nature Geoscience.
Esse local, que os cientistas apelidaram jocosamente de “ilha misteriosa”, foi descoberto graças às imagens recolhidas pela sonda Cassini-Huygens.
De acordo com os investigadores, o aparecimento da “ilha” é uma prova da ocorrência em Titã de alterações geológicas dinâmicas. Além disso, esta é a primeira vez que este tipo de alterações são registradas no hemisfério norte deste satélite de Saturno.
Os investigadores pretendem continuar estudando a mancha descoberta no Ligeia Mare. Neste momento eles só podem supor que a sua formação se deverá ao inverno que se instalou nesse satélite, assim como ao vento, às chuvas e às marés.

Fonte: http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_06_23/Astronomos-descobrem-ilha-magica-em-Tita-2434/

NASA vai mandar disco voador para Marte

NASA vai mandar disco voador para Marte

Foto: nasa.gov

A NASA pretende lançar sábado para a atmosfera terrestre um “disco voador” a fim de testar a nova tecnologia de pouso em Marte.
Antes disso o lançamento do veículo Low-Density Supersonic Decelerator, LDSD, foi adiado várias vezes devido a condições de tempo desfavoráveis na região da rampa de lançamento que se encontra nas ilhas Havaí. O veículo em forma de disco, munido de um pára-quedas gigante, será lançado do litoral da ilha de Kauai.
O voo experimental será realizado nas camadas superiores da atmosfera terrestre.
Na opinião de peritos, as condições nesta altura são semelhantes a respectivas condições no planeta Marte. Nos planos da OTAN consta a intenção de mandar para o “planeta vermelho” um veículo espacial mais pesado e, finalmente, uma nave tripulada. Para efetuar o pouso seguro na superfície de Marte é preciso um pára-quedas altamente resistente e a NASA desenvolve agora este aparelho.

Fonte: http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_06_28/nasa-vai-mandar-prato-voador-para-marte-7586/

Espectrômetro da EEI descobre algo desconhecido

Espectrômetro da EEI descobre algo desconhecido

Foto: RIA Novosti

O captador do Espectrômetro Magnético Alpha, instalado na superfície da Estação Espacial Internacional (EEI), descobriu uma irradiação totalmente incomum. Os astrônomos não conseguem por enquanto revelar a sua natureza e fonte.
Os astrofísicos, que estudam os dados do Espectrômetro Magnético Alpha, declararam que tinham descoberto uma irradiação muito incomum, cuja fonte por enquanto é desconhecida. Os cientistas afirmam que é possível que se trate de algo totalmente novo.
“A origem destes pósitrons está relacionada a certos processos espaciais misteriosos. Ainda é cedo para afirmar que tudo isso sejam “artimanhas” da energia escura, mas temos certas premissas para fazer semelhantes afirmações”, revelou Sam Ting, físico do Instituto Tecnológico de Massachusetts e membro da equipe científica que promove a experiência com o Espectrômetro Magnético Alpha.

Fonte: http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_06_24/Espectr-metro-da-EEI-descobre-algo-desconhecido-0784/

Primeira “sentinela” colocada em órbita

Primeira “sentinela” colocada em órbita

Colagem: Voz da Rússia

O satélite de sensoriamento remoto da Terra Sentinel-1A foi lançado hoje a partir do centro espacial de Kourou, na Guiana Francesa, transportado pelo foguete-portador russo Soyuz.
Este é o primeiro lançamento no âmbito do programa europeu Copérnico de monitoramento da Terra. Dentro de um ano, ao Sentinel-1A deve se juntar um aparelho semelhante – o Sentinel-1B, e no total o programa prevê cinco tipos de dispositivos que se pretende lançar até 2020.
O programa Sentinel, que significa sentinela, combina diferentes dispositivos projetados para monitorar a Terra no âmbito do programa europeu Copérnico. O Sentinel-1 é um complexo espacial de dois aparelhos em órbita polar a uma altitude de cerca de 700 km. O segundo satélite do complexo será enviado ao espaço no próximo ano.
O tempo estimado de funcionamento é de pelo menos 7 anos. Sua tarefa é de realizar observações da Terra por radar. O complexo continua as tradições dos anteriores aparelhos europeus de monitoramento da Terra (por exemplo, do lendário Envisat, que trabalhou no espaço durante 10 anos), mas supera-os em cobertura geográfica, velocidade de comunicação de dados e confiabilidade.
Os dados deste aparelho serão utilizados, em particular, para monitorar os gelos do Ártico, observar o oceano, incluindo derrames de petróleo, monitorar terras, mapear a Terra para observar florestas, recursos de água e solo, e, sem dúvida, para prevenir e monitorar emergências. Informações do Sentinel-1, se necessário, serão divulgadas no âmbito da Carta Internacional sobre “Espaço e desastres naturais”.
Também este ano devem ser colocados em órbita os primeiros aparelhos dos complexos Sentinel-2 para imagens ópticas da Terra em alta definição e Sentinel-3 que vai fornecer informações ópticas, de radar e altímetro. A quarta e quinta sentinelas irão para o espaço muito mais tarde – em 2020 e depois. Ambas não são satélites independentes, mas complexos de equipamentos científicos a bordo dos aparelhos Meteosat de terceira geração e MetOp de segunda geração, projetados para estudar a composição da atmosfera da Terra.
A Agência Espacial Europeia chama os lançamentos dos aparelhos Sentinel de início de uma nova era no monitoramento da Terra por satélite. Provavelmente, seria mais correto dizer que tais dispositivos começaram a ser desenvolvidos quando se tornou claro que as observações da Terra a partir do espaço estão começando uma nova fase de desenvolvimento.
Em primeiro lugar, até hoje já foi acumulada uma quantidade considerável de material de observações anteriores – de várias décadas. Em segundo lugar, tecnologias modernas permitem observar a Terra com altíssima qualidade e resolução. E em terceiro lugar, os meios modernos de processamento e transmissão de informação podem “moer” grandes quantidades de dados, o que permite obter à saída informações de uma qualidade completamente diferente.
O programa Copérnico (anteriormente conhecido pela sigla inglesa GMES, de Global Monitoring for Environment and Security, ou Monitorização Global do Ambiente e Segurança), que combina dados de satélite e terrestres, bem como meios de sua obtenção e processamento, visa justamente fornecer aos usuários informações de satélite já da maneira mais conveniente.
Além disso, os próprios dados estão disponíveis a qualquer pessoa gratuitamente, o que os faz uma importante fonte de informações para muitos sistemas de processamento e apresentação de informação de satélite que não se limita apenas à Europa.

Fonte: http://portuguese.ruvr.ru/2014_04_04/Primeira-sentinela-colocada-em-orbita-1725/

Ucrânia coloca em órbita seu primeiro nanossatélite

Ucrânia coloca em órbita seu primeiro nanossatélite

Foto: www.kievvlast.com.ua

O nanossatélite PolyITAN-1, de 1 kg de peso e com tamanho inferior a 10 cm, foi posto em órbita, segundo um comunicado do Ministério da Educação e Ciência da Ucrânia disponibilizado no portal do governo do país.
Os nanossatélites são pequenos satélites artificiais, cuja criação se tornou possível graças aos progressos da microminiaturização e nanotecnologia. Os engenhos desta classe são cada vez mais requeridos para várias pesquisas espaciais, destaca o comunicado.
O satélite PolyITAN-1 foi concebido e desenvolvido na Universidade Técnica Nacional da Ucrânia, antigo Instituto Politécnico de Kiev. É composto de quatro módulos-compartimentos com subsistemas, nomeadamente, de alimentação, rádio, controle e carga útil.
O objetivo do lançamento é testar modos tecnológicos de voo, desenvolver e estudar sensores solares para aparelhos espaciais de pequeno porte, assim como adaptar o aparelho às condições de espaço e aperfeiçoar os canais de comunicação digital e o controle destes para futuras missões. Além disso, os cientistas pretendem investigar o efeito do espaço sobre o desempenho dos subsistemas eletrônicos do satélite.

Fonte: http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_06_26/Ucr-nia-coloca-em-rbita-seu-primeiro-nanossat-lite-6056/

terça-feira, 17 de junho de 2014

Cientistas desvendam mistério de origem da Lua

Cientistas desvendam mistério de origem da Lua

Foto: RIA Novosti

Os cientistas encontraram provas que confirmam a teoria de que a Lua surgiu em resultado da colisão da Terra com um grande corpo celeste.

De acordo com esta hipótese, apoiada por muitos planetólogos, há 4,5 bilhões de anos o nosso planeta colidiu com um corpo de tamanho do planeta Marte. Este corpo celeste primordial foi denominado Teia.
A fim de confirmar esta teoria, os especialistas da Alemanha analisaram a composição de rochas lunares, trazidas pelos astronautas da NASA no decurso de missões Apolo e compararam-nas com as amostras terrestres. Foi medido, em particular, o teor de isótopos de oxigênio no solo. Os cientistas declararam depois desta análise que “se pode afirmar com bastante certeza que a colisão gigantesca realmente se deu”, informa BFM.ru.
Os resultados da pesquisa permitem supor que 50% da massa do nosso satélite natural é material terrestre e 50% é material da Teia.
Antes disso, os cientistas manifestavam a hipótese de que a Lua podia ter nascido em resultado da explosão do núcleo terrestre.

Fonte: http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_06_06/Cientistas-desvendam-o-mist-rio-de-origem-da-Lua-1084/

Planeta que não tem estrela é descoberto perto do Sistema Solar

Planeta que não tem estrela é descoberto perto do Sistema Solar

Foto: NASA

Geralmente, todos os planetas viram em torno de uma estrela
A relação entre planetas e estrelas tornou-se ainda menos clara após a recente descoberta de um astrônomo norte-americano.

O cientista Kevin Luhman, da Universidade Estadual da Pensilvânia, descobriu, com a ajuda do satélite Wise, da Nasa, um corpo celeste que não vira em torno de astro nenhum. O autor da descoberta o qualifica como uma “anã marrom”, classe que reúne estrelas que não conseguiram obter massa suficiente para iniciar a fusão de hidrogênio, condição necessária para se “acenderem”.
Porém, mesmo assim, a massa do objeto é muito mais pequena do que é necessário para ser “estrela não acabada”. O corpo celeste, que recebeu o nome WISE Jo85510.83, tem até 10 vezes a massa do Júpiter, e para ser estrela, precisaria pelo menos de 13 vezes a massa do maior planeta do Sistema Solar. A mídia já batizou o achado de “planeta órfão”.
Em termos de astronomia, este achado é importante, já que considerava-se que todo planeta precisa de uma estrela. Agora, pode ser estabelecido novo tipo de planeta que aspira a ser estrela mas não consegue.

Fonte: http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_04_26/planeta-que-nao-tem-estrela-e-descoberto-perto-do-sistema-solar-3315/

Cientistas russos prolongarão vida humana até 150 anos

Cientistas russos prolongarão vida humana até 150 anos

Foto: RIA Novosti

Uma equipe de especialistas russos em biologia, matemática, informática e oncologia recebeu do fundo internacional Deep Knowledge Ventures uma bolsa de 18 milhões de dólares para pesquisas que deverão ajudar a prolongar a vida humana até 150 anos através de novos métodos de combate a doenças oncológicas.
Os cientistas russos haviam desenvolvido um sistema computadorizado OncoFinder, capaz de identificar em pacientes a causa originária do câncer e oferecer-lhes uma melhor medicação quimioterapêutica.
O estudo dos cientistas russos serviu ainda de base para os desenvolvimentos de duas grandes empresas biomédicas.

Fonte: http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_04_22/Cientistas-russos-prolongarao-vida-humana-ate-150-anos-4356/

Confrontos e manifestações marcam primeiro dia de Copa no Brasil

Confrontos e manifestações marcam primeiro dia de Copa no Brasil

Foto: Warley Leite/Brazil Photo Press/Estadão Conteúdo

O primeiro dia da Copa foi marcado por protestos e manifestações em pelo menos seis cidades brasileiras. Houve alguns confrontos mas muitas manifestações transcorreram sem complicações.
Em São Paulo, palco oficial da estreia do Brasil contra a Croácia, a polícia militar indicou que 31 pessoas foram detidas e seis ficaram feridas, sendo quatro jornalistas e dois manifestantes. O Rio reuniu o maior números de manifestantes, cerca de mil pessoas. À tarde uma nova manifestação de aproximadamente 300 pessoas, resultou em três detenções e uma pessoa ferida.
Os protestos ocorreram também nos dois extremos do país. Em Belém (PA), cerca de 200 pessoas fizeram passeata pelas principais avenidas e em Porto Alegre (RS), a manifestação teve cerca de 300 pessoas, começando tranquila, quando mascarados atiraram pedras em edifícios públicos e bancos, sendo contra-atacados em seguida.
Em Belo Horizonte (MG), vândalos mascarados também invadiram uma passeata no centro, havendo confrontos com pedras e balas de borracha. Em Brasilia (DF), 80 pessoas tentaram bloquear um dos acessos à Fan Fest, evento oficial da FIFA. Em Salvador (BA), pouco mais de 30 pessoas participaram de protesto pacífico quando o Brasil jogava contra a Croácia, não havendo complicações.
Entre os profissionais da imprensa feridos estão Shasta Darlington e Barbara Arvanitidis, da rede americana CNN, Rodrigo Abd, da Associated Press e o assistente de câmera, Douglas Barbieri, do SBT. A associação brasileira das emissoras de rádio e TV repudiou à violência contra jornalistas, promovidas também pelos manifestantes.
Os confrontos repercutiram também no exterior. A Anistia Internacional acusou a polícia de São Paulo de fazer uso desproporcional de força contra manifestantes. A polícia afirmou que agiu conforme cada ponto em específico exigia.
A presidente Dilma Rousseff que marcou presença na Arena Corinthians foi hostilizada, com xingamentos em pelo menos dois momentos antes da partida. No segundo tempo do jogo, Dilma recebeu uma nova onda de vaias em mais dois momentos. Entre os personagens de sua comitiva estavam o vice-presidente Micher Temer, o presidente da FIFA, Joseph Blatter e o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon.

Fonte: http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_06_13/Confrontos-e-manifesta-es-marcam-primeiro-dia-de-Copa-no-Brasil-3500/

Confrontos e manifestações marcam primeiro dia de Copa no Brasil

Confrontos e manifestações marcam primeiro dia de Copa no Brasil

Foto: Warley Leite/Brazil Photo Press/Estadão Conteúdo

O primeiro dia da Copa foi marcado por protestos e manifestações em pelo menos seis cidades brasileiras. Houve alguns confrontos mas muitas manifestações transcorreram sem complicações.
Em São Paulo, palco oficial da estreia do Brasil contra a Croácia, a polícia militar indicou que 31 pessoas foram detidas e seis ficaram feridas, sendo quatro jornalistas e dois manifestantes. O Rio reuniu o maior números de manifestantes, cerca de mil pessoas. À tarde uma nova manifestação de aproximadamente 300 pessoas, resultou em três detenções e uma pessoa ferida.
Os protestos ocorreram também nos dois extremos do país. Em Belém (PA), cerca de 200 pessoas fizeram passeata pelas principais avenidas e em Porto Alegre (RS), a manifestação teve cerca de 300 pessoas, começando tranquila, quando mascarados atiraram pedras em edifícios públicos e bancos, sendo contra-atacados em seguida.
Em Belo Horizonte (MG), vândalos mascarados também invadiram uma passeata no centro, havendo confrontos com pedras e balas de borracha. Em Brasilia (DF), 80 pessoas tentaram bloquear um dos acessos à Fan Fest, evento oficial da FIFA. Em Salvador (BA), pouco mais de 30 pessoas participaram de protesto pacífico quando o Brasil jogava contra a Croácia, não havendo complicações.
Entre os profissionais da imprensa feridos estão Shasta Darlington e Barbara Arvanitidis, da rede americana CNN, Rodrigo Abd, da Associated Press e o assistente de câmera, Douglas Barbieri, do SBT. A associação brasileira das emissoras de rádio e TV repudiou à violência contra jornalistas, promovidas também pelos manifestantes.
Os confrontos repercutiram também no exterior. A Anistia Internacional acusou a polícia de São Paulo de fazer uso desproporcional de força contra manifestantes. A polícia afirmou que agiu conforme cada ponto em específico exigia.
A presidente Dilma Rousseff que marcou presença na Arena Corinthians foi hostilizada, com xingamentos em pelo menos dois momentos antes da partida. No segundo tempo do jogo, Dilma recebeu uma nova onda de vaias em mais dois momentos. Entre os personagens de sua comitiva estavam o vice-presidente Micher Temer, o presidente da FIFA, Joseph Blatter e o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon.

Fontes: http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_06_13/Confrontos-e-manifesta-es-marcam-primeiro-dia-de-Copa-no-Brasil-3500/

Estado de calamidade decretado em Natal na véspera do jogo EUA – Gana

Estado de calamidade decretado em Natal na véspera do jogo EUA – Gana

Foto: governo do estado de Roraima

As autoridades do Brasil irão decretar segunda-feira estado de calamidade na cidade de Natal, na véspera do encontro entre as seleções dos EUA e do Gana, a realizar-se no quadro da fase de grupos da Copa 2014 de futebol, por causa da cheia que tinha afetado esta cidade, infroma a AFP.
O secretário de imprensa do município informou que a cheia não tinha afetado o estádio e os acessos ao estádio e que a introdução do estado de calamidade é necessária para acabar o mais depressa possível com a protelação burocrática e obter rapidamente a ajuda.
A chuva que não para em Natal já há três dias acarretou desabamentos de terra que destruíram 20 casas e danificaram mais 65.

Fonte: http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_06_16/Estado-de-calamidade-decretado-no-Natal-na-v-spera-do-jogo-EUA-Gana-0199/

Fracassa a experiência de congelamento de água em Fukushima

Fracassa a experiência de congelamento de água em Fukushima

Foto: East News

As tentativas de congelar a água radioativa que se encontra nos túneis subterrâneos da central atômica de Fukusima 1 por enquanto não surtem efeito. É esta a conclusão a que chegaram os especialistas da companhia Tepco, a operadora da central.
A partir de abril deste ano a Tepco deu início ao congelamento de 11 mil toneladas de água radioativa, acumulada nos túneis subterrâneos da central, a fim de impedir a sua infiltração no solo e, a seguir, a sua penetração no mar. Para este fim a companhia instalou nos túneis de dois grupos eletrogêneos tubos com substância congeladora. O muro de gelo, que tinha surgido em resultado de congelamento, devia criar uma barreira que impedisse a fuga desta água. Mas devido a certas particularidades da estrutura do túnel não se consegue congelar uma parte da água. A companhia Tepco esperava que depois da conclusão do processo de congelamento, seria possível esgotar totalmente os túneis subterrâneos já até a primavera do próximo ano.
Ao par desta experiência, na central atômica Fukushima 1 realiza-se uma outra tentativa, de envergadura ainda maior: pretende-se resolver o problema de acumulação da água radioativa mediante a criação de uma barreira vertical de solo congelado de 1,5 quilômetros de extensão, ao longo do perímetro em torno dos quatro grupos eletrogêneos danificados. Esta experiência vai custar ao Estado 32 bilhões de ienes, o que corresponde a 320 milhões de dólares.
Nos recintos subterrâneos e nas cisternas de Fukushima estão acumuladas 440 mil toneladas de água altamente radioativa. O volume de águas subterrâneas poluídas aumenta todos os anos em 400 toneladas devido à infiltração das águas subterrâneas que vêm das camadas superiores.
Leia mais: http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_06_17/fracassa-a-experiencia-de-congelamento-de-agua-em-fukushima-1846/

Fonte;http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_06_17/fracassa-a-experiencia-de-congelamento-de-agua-em-fukushima-1846/

Europa teme ficar sem gás

Europa teme ficar sem gás

Foto: REUTERS/Gleb Garanich

Para a Ucrânia se acabou o gás gratuito. As negociações sobre as dívidas ucranianas fracassaram e a Gazprom transferiu Kiev para o regime de pré-pagamento desde a manhã de segunda-feira. A Comissão Europeia, que se apresentava como mediadora nessas reuniões, está em pânico: ela compreende que o gás em trânsito para Europa, se chegar ao destino, não chegará todo.
Washington descartou mesmo toda a diplomacia. A Casa Branca apela abertamente à União Europeia para que esta “utilize a disputa do gás entre a Ucrânia e a Rússia para reforçar ainda mais seu apoio a Kiev”. Mas tudo indica que a Europa já entendeu que ficou num beco sem saída. Os norte-americanos nem precisam se preocupar: eles têm gás de xisto que chega e sobra. Mas quem irá passar frio no próximo inverno serão os europeus. Assim, Bruxelas ainda não reage aos apelos do seu companheiro mais velho – agora há mais coisas em jogo além da política.
A posição de teimosia das autoridades de Kiev (assim como, aliás, a dos seus consultores ocidentais) teve um desfecho lógico: a Gazprom não podia aguentar esse circo eternamente. O premiê russo Dmitri Medvedev escreveu no seu Twitter uma frase lapidar: “Acabou o almoço grátis!” Agora Kiev irá receber o gás que tiver pago. Ou seja, se tivermos em conta o estado do tesouro ucraniano, isso deverá representar zero metros cúbicos. Isso significa que, cumprindo uma velha tradição ucraniana, ele irá retirar emprestado, digamos assim, o gás transportado em trânsito para a Europa.
Bruxelas compreende isso perfeitamente, e por isso começou a correria. Chocada com a posição rígida da Gazprom (o consórcio do gás russo teima em não querer vender o gás a preços de saldo), a União Europeia começou apressadamente a “estudar todas as possibilidades para diversificar os fornecimentos de gás”. O comissário europeu Gunther Oettinger, que o afirmou, recordou o South Stream, que contorna a Ucrânia, mas fez a ressalva que nesse projeto tudo deveria estar em conformidade com a legislação europeia. Se bem que ninguém, nem o presidente da Gazprom Alexei Miller nem os analistas, entendem quais são as discordâncias, refere o economista Marsel Salikhov:
“O South Stream está sendo construído pela Rússia, pela Gazprom. Logo, ele aumenta a diversidade e a segurança energética da Europa. Já as queixas que são apresentadas contra o South Stream se devem sobretudo a fatores políticos.”
A Comissão Europeia tinha exigido anteriormente que a Bulgária e a Sérvia cessassem todos os trabalhos relacionados com esse gasoduto. Ela decidiu que ele não corresponde ao famigerado Terceiro Pacote Energético, um documento que proíbe a companhia extratora de ser também proprietária do gasoduto. Contudo, para esses países o South Stream é simplesmente vital, considera o analista político sérvio Misa Durkovic:
“A situação com a execução do South Stream vai ficando cada vez mais dramática. Nós vemos que a Hungria, a Áustria e a Bulgária estão interessadas no South Stream. Um outro aspeto é que a pressão dos centros de decisão europeus e norte-americanos é enorme. Portanto, agora é a vez de a Rússia dar uma resposta. Estou convencido que Moscou possui os mecanismos necessários. Sem esse gasoduto nós, a Sérvia e a República Sérvia da Bósnia, iremos enfrentar uma nova fase de crise e instabilidade.”
O mercado europeu já reagiu às informações sobre a interrupção dos fornecimentos de gás à Ucrânia. Os preços no mercado spot aumentaram em mais de 7%. Os peritos explicam abertamente que isso é provocado pelo nervosismo e pelos receios dos europeus que a Ucrânia comece se apropriando do gás destinado à Europa.
Todos esses fatores devem estimular a Comissão Europeia a rever suas decisões anteriores, diz o analista principal da companhia de investimentos Zerich Capital Management Nikolai Podlevskikh:
“Essa posição se tornou mais intransigente depois dos já conhecidos acontecimentos da primavera deste ano. Ela parecia completamente irreconciliável, inclusive na questão do cumprimento pelo South Stream das disposições do Terceiro Pacote Energético. Contudo, num contexto de previsíveis dificuldades com o trânsito do gás pelo território da Ucrânia, penso que a posição da Europa relativamente à aplicação do Terceiro Pacote Energético poderá se flexibilizar.”
Também existe outro caminho que evita uma passagem pela Ucrânia e que é o Nord Stream. Aqui também a Comissão Europeia não autoriza um uso total do prolongamento desse gasoduto em território europeu, que é o gasoduto OPAL. Isso apesar de a Alemanha estar muito interessada. A Comissão Europeia devia ter dado uma resposta em março do corrente ano, mas adiou-a para meados de julho. Contudo, parece que vai ter de se apressar.
Em resumo, já todo o mundo viu: é impossível passar sem os dois gasodutos russos. O ministro das Relações Exteriores da Rússia Serguei Lavrov, depois das conversações com seu homólogo sérvio Ivica Dacic, declarou que Moscou e Belgrado confirmaram todos seus acordos sobre o South Stream. A interrupção dos trabalhos desse projeto é temporária, já que esta é a única solução sistemática dos problemas de abastecimento de gás ao Sudeste da Europa. Tal como o Nord Stream o é para a Europa Central e do Norte.

Fonte;
Leia mais: http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_06_17/Europa-teme-ficar-sem-g-s-9050/


Raro tornado duplo destrói pequena cidade nos EUA

Raro tornado duplo destrói pequena cidade nos EUA


Tornados devastam região no estado de Nebraska, EUA

“Pilger já era”, disse Sanford Goshorn, diretor do gerenciamento de emergências do Condado de Stanton. Com apenas alguns quarteirões de tamanho e cerca de 350 residentes, Pilger foi diretamente afetada por um dos quatro tornados que o Serviço Climático Nacional (NWS, na sigla em inglês) dos EUA detectou na região nordeste do estado de Nebraska na tarde de segunda-feira.

“Ao entardecer, dizeis: haverá bom tempo porque o céu está rubro. e pela manhã: hoje haverá tempestade porque o céu esta vermelho-escuro. Hipócritas ! Sabeis, portanto discernir os aspectos do céu e não podeis reconhecer OS SINAIS DOS TEMPOS?” Mateus 16: 2 e 3

Tradução, edição e imagens: Thoth3126@gmail.com
EUA: raro tornado duplo destrói a pequena cidade de Pilger, no estado de Nebrasca:

Fonte: http://journalstar.com

Vírus incurável se espalha pelos EUA

Vírus incurável se espalha pelos EUA


Um vírus conhecido como "Chikungunya", transmitido por mosquitos, chegou a Carolina do Norte (EUA), disseram as autoridades de saúde. É o primeiro caso relatado do vírus no Estado, informa a Reuters.

Além de Carolina do Norte, foram relatados casos com sintomas semelhantes de chikungunya, Arkansas, Califórnia, Connecticut, Flórida, Indiana, Maryland, Nebraska, New York, Nevada, Tennessee, Texas e Virgínia.

Até agora, os casos de chikungunya foram concentrados principalmente na África, Ásia Oriental e as ilhas do Caribe, mas os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, por sua sigla em Inglês) vem monitorando o vírus pois dizem que pode expandir-se rapidamente nos EUA.

Fonte: RT.com

Planet-X Nibiru Genesis Revisited - UFO Top Secret - Discovery Channel

Planet-X Nibiru Genesis Revisited - UFO Top Secret - Discovery Channel



fontes; https://www.youtube.com/watch?v=tyMrXnx1xZc

A Extinção humana - Filme completo dublado

A Extinção humana - Filme completo dublado


Fontes: https://www.youtube.com/watch?v=Ps0-hkM7fhM
https://www.facebook.com/NibiruOSegundoSol?fref=nf
   I EI

Primeira superbactéria encontrada em alimento preocupa especialistas

Primeira superbactéria encontrada em alimento preocupa especialistas

Amostra descoberta no Canadá coloca especialistas em alerta sobre os riscos de disseminação do micro-organismo

Por Fabrízia Ribeiro

Fonte da imagem: Shutterstock

Os casos de contaminação pelas superbactérias aumentaram assustadoramente nos últimos anos. Agora, os pesquisadores canadenses divulgaram um breve relatório para enviar o alerta ao mundo inteiro: a primeira bactéria resistente a antibióticos foi encontrada em um alimento, mais especificamente em uma lula importada da Coreia do Sul que foram compradas em uma loja chinesa no Canadá.

O relatório – que está disponível no periódico Emerging Infectious Diseases – vem assinado pelos pesquisadores da Universidade de Saskatchewan e informa que a lula continha uma variedade de bactéria comum (Pseudomonas) que carregava um gene que desencadeia a produção de uma enzima chamada VIM-2 carbapenemase – que é capaz de tornar as bactérias mais resistentes.

E é justamente na “carbapenemase” que mora o problema. Na verdade, os carbapenemas são um dos últimos recursos em termos de antibióticos restantes no mundo. O avanço global da resistência ao carbapenema – através de superbactérias como a NDM da Ásia e a OXA e VIM originalmente do sul da Europa – é o que os especialistas têm considerado desde o ano passado como uma ameaça mundial.


A disseminação

Boa parte da disseminação da resistência ao carbapenema vem acontecendo através das pessoas, que acabam se contaminando em hospitais ou acidentalmente com o consumo de água imprópria, especialmente no sul da Ásia. E como a resistência ao carbapenema acontece em grande parte através das bactérias do intestino, alguns microbiólogos estão apreensivos com o fato das superbactérias caírem na alimentação.

Também não podemos nos esquecer de que muitas das doenças de origem alimentar se desenvolvem na chamada rota fecal-oral – que nada mais é do que bactérias fecais que acabam entrando em contato com o que comemos. Como algumas dessas bactérias são famosas por carregarem enzimas como a NDM e a carbapenemase, não podemos deixar de considerar os riscos dos alimentos serem uma das fontes de transmissão.

Essa questão é fundamental porque os programas de saúde dos governos que lidam com bactérias nos alimentos estão limitados a locais específicos e determinados tipos de alimentos e bactérias – o que dá margem para que algum elemento sempre fique de fora.

“... o escopo dos programas de busca a organismos resistentes a drogas está limitado em grande parte a produtos agrícolas (aves, bovinos e suínos). Em nossas sociedades modernas e etnicamente diversas, carnes que ocupam nichos de mercado, incluindo produtos importados, estão se tornando cada vez mais comuns. A disseminação mundial [de vários tipos de bactérias] entre humanos tem sido facilitada por passageiros intercontinentais, mas o papel do comercio global de alimentos na disseminação ainda não foi investigado.”

As consequências

Além do surgimento da resistência em ambientes onde ela não existia antes, os especialistas chamam a atenção para outras consequências. Como as bactérias resistentes ao carbapenema tendem a se desenvolver no intestino, qualquer meio que as conduza até lá pode ser problemático. O risco não é que a bactéria cause imediatamente uma doença de origem alimentar, até porque a bactéria que carrega esse gene não é de uma variedade capaz de causar doenças.

Em vez disso, a preocupação é que o DNA que confere essa característica seja transmitido para as demais bactérias que fazem parte da vasta e diversa colônia que vive no intestino e assim passe a fazer parte da flora intestinal, constituindo um risco de doenças resistentes aos medicamentos quando, no futuro, o sistema imunológico estiver abalado.

O fato dessa superbactéria ter sido encontrada em um fruto do mar – que é o tipo de comida que costuma ser servido com pouco cozimento ou até mesmo cru – só aumenta as chances de contaminação. Isso sem levarmos em consideração a possibilidade da bactéria que contém o gene ter se espalhado em outros frutos do mar, outros alimentos da mesma loja ou na cozinha de quem, porventura, levou uma dessas lulas para casa.

Fonte: http://www.megacurioso.com.br/virus-bacterias-e-protozoarios/44605-primeira-superbacteria-encontrada-em-alimento-preocupa-especialistas.htm


Anomalia magnética na América do Norte

Anomalia magnética na América do Norte
Rússia em Relatório preocupada com anomalia magnética estranha na América do Norte






Um relatório sombrio preparado pelo Comandante-em-Chefe da Força Aérea tenente-general Viktor Bondarev da missão científica acaba de concluir que a ida realizada por 4 aeronaves estratégicas Tupolev Tu-95 e 2 Ilyushin Il-78 de reabastecimento aéreo que "eletronicamente varreram "sobre" anomalias magnéticas "do Alasca à Califórnia e adverte que um" evento catastrófico "pode ​​estar se aproximando para esta região.
Os oficiais dos EUA , deve-se notar, caracteriza esta missão puramente de científica como um " bombardeiro"que veio dentro de 50 milhas da Califórnia , mas que suas forças aéreas foram capazes de repelir por sua mobilização de caças F-15 .
Este relatório, no entanto, afirma que esta missão científica foi necessária porque uma "anomalia magnética misteriosa grave" foi detectada pelo satélite Kosmos 2473 em 03 de junho e que ocorre na região de Yellowstone doOeste dos Estados Unidos” o que resultou no que é chamado de uma escalada de terremotos."
O mais importante a se notar sobre a "anomalia magnética" de 03 de junho de Yellowstone, este relatório continua, é que as medições de satélite mostram que está sendo precipitado pela escalada de tremores misteriosos a bater as montanhas Brooks Gama, no Alasca , e que os sismólogos estão ainda sem saber como explicar .
As informações relativas à ligação destes dois "eventos", este relatório diz, foi ainda verificado pela Pesquisa Geológica dos Estados Unidos ( USGS ) com mapas de anomalias magnéticas e de dados para a América do Norte , mostrando uma estranha magnética "perturbação / ondulação" que emana da Cordilheira Brooks e terminando em Yellowstone em 3 de junho, ambas as áreas, é importante notar, sendo parte das Montanhas Rochosas que se estendem por mais de 4,830 km (3,000 milhas) a partir da parte norte da Columbia Britânica, no oeste do Canadá, para o Novo México , no sudoeste dos Estados Unidos.
De grande preocupação para as autoridades militares russas relativas a esses "eventos", General Bondarev diz em seu relatório, que foi o "efeito catastrófico" que eles tem notado sobre os avançados " magnetoception "sistemas de navegação inercial empregados por muitos aviões de guerra dos EUA-OTAN-Rússia, que utilizam estes dispositivos altamente sofisticados de vôo de aeronaves.
Embora nenhuma aeronave militar da Rússia estava perto da "zona magnética perturbadora" que emana do Yellowstone em 3 de junho, o relatório diz que, dois aviões militares dos EUA estavam em seus "limites" na região do Sul da Califórnia, em 4 de junho, enquanto este "evento" ainda estava "ativo" causando-lhes tanto a falhar.
Os dois caças americanos enviados em 4 de junho, o relatório continua, foram identificados como um FA-183daMarinha dos EUA que caiu quando o piloto tentava pousar a bordo do porto Carl Vinson, e um jato da Marinha dos EUA um Harrier AV-8B que caiu em uma comunidade residencial em Imperial , a cerca de 90 km a leste de San Diego, ambas ocorrendo em poucas horas um do outro.
Este relatório observa que nenhuma aeronave civil teria sido afetada por esta estranha "anomalia magnética" como só o avião militar mais avançado a empregar esses sistemas de voos coordenados "geomagnético-satélites" que lhes permitam "abraçar o terreno" não muito diferente dos sistemas magnéticos usados ​​por pássaros e insetos para navegar .
Preocupações russas relacionadas com "anomalias magnéticas", é importante notar, estão relacionadas com opólo norte magnético mudando rapidamente , que desde 2005 vem se movendo a uma velocidade de 40 km (25 milhas) por ano a partir do Ártico Canadense para a Sibéria.
Assustador é que pesquisa independente do ano passado (2013) adverte, ainda, que essa mudança ainda está ganhando velocidade e de acordo com este pesquisador deve chegar a Sibéria em, pelo menos, dentro de 2 anos.[Veja o vídeo AQUI (proibido nos EUA)]
Um dos efeitos do pólo norte magnético mudando rapidamente ser notado a mais, este relatório nota, são os sistemas de pista de aeroportos que estão sendo perturbados por causa disso, e como podemos ler uma dessas em 2.011 por exemplo que ocorreu nos: EUA
"Aeroporto Internacional de Tampa foi forçado a reajustar suas pistas na quinta-feira para explicar o movimento dos campos magnéticos da Terra, informações que os pilotos dependem de navegar aviões. Graças às flutuações da força, o aeroporto fechou sua pista principal até 13 de janeiro para alterar os sinais taxiway para explicar a mudança, disse a Administração Federal de Aviação.
Os pólos são gerados por movimentos dentro núcleos interno e externo da Terra, embora o processo exato não é exatamente compreendido. Eles também estão constantemente em fluxo, movendo-se alguns graus a cada ano, mas as mudanças são quase nunca de tal magnitude que requerem pistas ajustando, disse Paul Takemoto, porta-voz da FAA. "
Os aspectos mais arrepiantes do relatório do general Bondarev relativos a estes "eventos" são as equações que ele usa ao postular que o que está ocorrendo agora na América do Norte com essas "anomalias magnéticas misteriosas"que ocorre ao longo de um grande extensão das Montanhas Rochosas, e quando combinados com a rápida mudança do pólo norte magnético e crescente evidência de mudança climática global, dar "grande credibilidade" para o que é chamado de " A Teoria da Terra em Expansão ".
A hipótese da Terra expandindo ou crescente afirma que a posição e o movimento relativo dos continentes é, pelo menos parcialmente, devido ao volume de terra aumentando e está em contraste com o de placas tectônicas, mas que novas descobertas relacionadas com " teorias Aether "e matéria escura , General Bondarev resume, significa "grave consideração" deve ser dada às palavras da Universidade da Califórnia, Davis, ao cosmólogo Dr. Andreas Albrechtque advertiu: "Nós batemos alguns problemas realmente profundos com cosmologia Ð com matéria escura e energia escura, que nos diz que temos que repensar a física fundamental e tentar algo novo.""Podemos estar à beira de uma catástrofe norte-americana" um evento ", que pode mudar o mundo para sempre, devemos estar preparados."

Fonte: http://undhorizontenews2.blogspot.pt/

domingo, 11 de maio de 2014

Todos os meses morrem 5 mil pessoas na Síria

Todos os meses morrem 5 mil pessoas na Síria

Foto: REUTERS/GEORGE OURFALIAN

As agências humanitárias na Síria chegaram ao limite de suas capacidades e, devido à ausência de uma solução política da crise, preveem o agravamento da situação.
"Chegamos ao limite de nossas capacidades", declarou em uma conferência de imprensa o diretor de Operações do Escritório das Nações Unidas de Coordenação dos Assuntos Humanitários, John Ging.
Ele sublinhou que a ajuda não chega a quase um terço dos 9,6 milhões de sírios, que, de acordo com a organização global, precisam do apoio humanitário. "Nós não temos acesso a 262 cidades, onde moram mais de 3,5 milhões de pessoas que precisam desesperadamente de comida, medicamentos", disse Ging.
Segundo ele, todos os meses, no país, onde há mais de 3 anos continua a guerra civil, morrem 5 mil pessoas.
"Infelizmente, não vemos uma solução política, e tudo isso nos faz entender que a situação no local de conflito está piorando para os moradores", disse Ging.

fonte;
Leia mais: http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_05_09/Cada-m-s-na-S-ria-morrem-5-mil-pessoas-3166/

Mais de cem mil sírios tornaram-se refugiados

Mais de cem mil sírios tornaram-se refugiados

Foto: East News/AP Photo

Mais de cem mil civis da província de Deir ez-Zor, no nordeste da Síria, tornaram-se reféns devido aos combates intensos entre grupos islamistas radicais adversários, informa, hoje, a agência France Press, citando o Centro Sírio de Monitorização dos Direitos Humanos.
No início de maio, os defensores de direitos humanos falavam de 60 mil refugiados.
Em abril, na região, começaram confrontos entre os grupos Jabhat al-Nusra (ramo sírio da Al-Qaeda) e Estado Islâmico do Iraque e do Levante (EIIL).
Nos últimos dias, durante os confrontos entre esses grupos morreram cerca de 230 guerrilheiros.
Antes, Ayman al-Zawahiri, dirigente da Al-Qaeda, apelou a ambos os grupos a porem fim aos confrontos.

fontes;
Leia mais: http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_05_10/Mais-de-cem-mil-s-rios-tornaram-se-refugiados-4915/

EUA fornecem armas antitanque a rebeldes sírios

EUA fornecem armas antitanque a rebeldes sírios

Foto: East News/AP Photo/Rodrigo Abd

Os rebeldes sírios recebem mísseis antitanque de fabricação americana no quadro do programa-piloto de apoio a forças que lutam contra o Exército Sírio, informa o periódico USA Today.
O periódico faz saber que o mencionado programa visa aumentar o apoio aos rebeldes sírios mas parte do princípio que as armas não irão parar nas mãos de grupos islamitas radicais.
O congressista Mike Rogers informou, por sua vez, que na realidade se verifica o “crescimento limitado” do apoio aos insurretos.
Antes disso a agência France Presse havia informado que o movimento oposicionista sírio Hazm, que faz parte do chamado Exército Livre da Síria, recebeu no mínimo vinte complexos de mísseis antitanque de fabricação norte-americana. Um representante do movimento apontou também que os rebeldes treinaram o seu uso e já utilizaram estes engenhos contra as forças do governo.

fonte;
Leia mais: http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_05_10/Rebeldes-s-rios-recebem-armas-antitanques-dos-EUA-2244/

Tragédia de refugiados sírios vista da Turquia

Tragédia de refugiados sírios vista da Turquia

Foto: Flickr.com/FreedomHouse/cc-by

Na Jordânia teve lugar mais um encontro de chefes dos Ministérios das Relações Exteriores dos países que recebem a principal corrente de refugiados sírios. Durante o encontro foi várias vezes assinalado que, hoje, os sírios enfrentam uma catástrofe sem precedentes.
Selin Unal, porta-voz da Direção do Supremo Comissário da ONU para os Refugiados da ONU, revelou, em declarações à Voz da Rússia, a sua opinião sobre o encontro dos ministros das Relações Exteriores na Jordânia e sobre as dificuldades que enfrentam os sírios na Turquia:
"O encontro de ministros na Jordânia é, no fundo, a continuação da conferência que recentemente se realizou na Turquia. Durante o encontro, os participantes manifestaram-se novamente pela rápida regularização política na Síria. Porém, por enquanto, nada mudou. Atualmente, cerca de 3 milhões de pessoas encontram-se nos países vizinhos, cerca de 2,7 milhões de sírios pediram refúgio e receberam o estatuto de refugiados."
Hoje, grande parte dos refugiados encontra-se em cinco países vizinhos. Quanto ao número de sírios que deixaram a sua pátria, a Turquia encontra-se em segundo lugar. Atualmente, a quantidade de refugiados registados é de mais de 720 mil pessoas. Deles, 220 mil pessoas vivem em 22 campos montados em 10 províncias do país. Mais de 500 mil sírios encontram-se fora desses campos.
Um dos principais problemas dos refugiados na Turquia consiste em que metade deles são menores. Ou seja, de fato, trata-se de uma comunidade de refugiados fundamentalmente constituída por crianças. Elas necessitam de instrução. Na sua infância, elas enfrentam doenças sérias. Se nos campos, estes problemas se resolvem de uma ou de outra forma, lutar contra essas dificuldades é praticamente impossível fora deles.
Durante o encontro na Jordânia, foi novamente defendida a necessidade da regularização mais urgente da crise síria. Sublinhou-se que a solução política é a única via para o fim da catástrofe humanitária na república síria.
Ozturk Turkdogan, presidente da Associação de Direitos Humanos da Turquia, falou da sua visão sobre a situação dos refugiados sírios e das perspetivas de regularização da crise síria:
“Hoje, estamos perante uma grande tragédia. Em diferentes cidades da Turquia vivem cerca de 800 mil refugiados sírios, estando praticamente abandonados ao seu destino. Muitos deles dedicam-se à mendicidade e vivem em condições inadmissíveis. O governo turco paga apenas as despesas com os medicamentos. Diferentes organizações de caridade e municipais prestam ajuda, mas isso é insuficiente. É necessário garantir-lhes o regresso seguro à pátria e, para isso, é preciso pôr fim ao derramamento de sangue na Síria.
Alguns países têm particular responsabilidade no que respeita à solução da crise síria. É sabido que os grupos que combatem na Síria do lado da oposição, recebem apoio da parte de estados estrangeiros. Por isso, países como a Turquia, a Arábia Saudita, o Qatar, etc. devem, finalmente, dar um passo no sentido do cessar de fogo na Síria. As pessoas não regressarão a lugares onde continuam os bombardeamentos.
A guerra na Síria dura há mais de três anos. Porém, o poder sírio mantém-se. Isso mostra que a solução da crise é impossível sem a participação do governo de Assad. Por outro lado, nas regiões setentrionais da Síria, onde vivem fundamentalmente curdos, foi organizada autonomia local. Juntando os seus esforços, eles rechaçaram uma série de ataques da parte dos extremistas e não emigraram para outros países.
Significa que é possível a regularização do problema sírio. Mas a sua realização deve ter lugar no quadro da integridade territorial da república árabe e com a participação da direção da Síria. A estratégia com vista ao derrube de Assad e as tentativas de levar a oposição ao poder falharam definitivamente. Isso significa que é necessário elaborar uma nova estratégia, com a ajuda da qual na Síria se poderá realizar reformas democráticas com a participação de todas as forças políticas do país. Só desse modo se poderá travar a tragédia síria e fazer regressar os sírios a casa”.

fonte;
Amur Gadzhiev
Leia mais: http://portuguese.ruvr.ru/2014_05_11/tragedia-de-refugiados-sirios-vista-da-turquia-6055/

Peru: vulcão expele pedras incandescentes do tamanho de um carro

Peru: vulcão expele pedras incandescentes do tamanho de um carro

Foto: RIA Novosti

Pesquisadores do Observatório Vulcanológico da cidade de Arequipa (sul do Peru) informaram neste sábado que o vulcão Ubinas expulsou rochas de grande tamanho nos últimos dias e recomendaram às autoridades que apressem a retirada dos habitantes da região.
"Algumas rochas são do tamanho de um automóvel e, ao se chocarem com a superfície terrestre, deixam grandes buracos, de até um metro e meio de profundidade, a uma distância de dois quilômetros do vulcão", disse à imprensa o coordenador do Observatório, Jersy Marino.
Ele explicou que são rochas incandescentes e que as explosões vão continuar, motivo pelo qual se recomenda às autoridades evacuar a população próxima ao vulcão.
Segundo Marino, a lava fundida sai como um projétil e pode alcançar zonas povoadas.
Há algumas semanas, brigadas de socorristas retomaram a retirada dos moradores do povoado de Querapi, que fica perto do vulcão Ubinas (cerca de 4 km), na zona andina da região de Moquegua.
Muitos moradores resistem, porém, a deixar suas casas, afirmou Marino.

fonte;
Leia mais: http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_05_04/Peru-vulc-o-expele-pedras-incandescentes-do-tamanho-de-um-carro-2928/

Vulcão japonês entra na 126ª erupção desde o início do ano

Vulcão japonês entra na 126ª erupção desde o início do ano

Foto: Vesti.ru

O vulcão Sakurazima, localizado na ilha meridional japonesa de Kyushu e considerado um dos mais ativos no país, voltou a entrar em erupção.
Conforme relata o serviço meteorológico nacional do Japão, uma coluna de cinzas subiu a mais de 4,5 km de altura.
De acordo com os meteorologistas japoneses, esta erupção é a mais forte do ano em curso. Um rio de lava e cinzas está se movendo em direção a cidade de Ibushiki. Informação sobre destruições ou feridos não foi referida.
O Sakurazima costuma entrar em erupção até várias centenas de vezes por ano, sendo a de hoje já a 126ª erupção desde o início de 2014. A atividade do Sakurazima afeta sobretudo a vizinha prefeitura de Kagoshima, em cujo território está o único cosmódromo japonês de Utinoura.

fonte;
Leia mais: http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_05_11/vulcao-japones-entra-em-126-erupcao-desde-o-inicio-do-ano-3229/

Matemático cazaque resolve "problema do milênio”

Matemático cazaque resolve "problema do milênio”

Foto: Flickr.com/trindade.joao/cc-by

O matemático do Cazaquistão Mukhtarbai Otelbaev encontrou uma solução parcial para um dos “problemas do milênio”.
Se trata das equações Navier-Stokes sobre a mecânica de fluidos, usadas, em particular, na indústria aeronáutica. Os trabalhos de Otelbaev estão disponíveis abertamente. No entanto, antes de ser considerada correta, a solução do matemático será verificada por seus colegas cientistas.
O Instituto de Matemática Clay oferece $1 milhão pela solução de cada um dos sete “problemas do milênio”. Um deles – a hipótese de Poincaré – foi resolvido pelo russo Grigori Perelman, que recusou a premiação.

fonte;
Leia mais: http://portuguese.ruvr.ru/2014_01_11/258898674/

Rússia planeja começar a colonizar a Lua em 2030

Rússia planeja começar a colonizar a Lua em 2030

Foto: Flickr.com/mikebaird/cc-by

Em 2030, a Rússia começará a colonizar a Lua, segundo afirma em sua edição de 08 de maio o jornal russo Izvestia, que conseguiu tomar conhecimento do projeto de conceito do programa lunar russo desenvolvido por empresas da Roscosmos, Institutos da Academia das Ciências da Rússia e a Universidade Estatal de Moscou.
De acordo com o jornal, o projeto prevê, entre outros alvos, "criar uma base lunar com um polígono de mineração".
Mais cedo, em 11 de abril, o vice-primeiro-ministro russo, Dmitri Rogozin, observou em um artigo publicado no jornal Gazeta Russa que os objetivos estratégicos da Rússia na exploração do espaço se centram em elevar a presença do país em órbitas baixas da Terra, colonizar a Lua e começar a explorar Marte e outros corpos no Sistema Solar.
"Os autores do projeto não descartam que os programas lunares possam ser apoiados por investidores privados", especifica o Izvestia, acrescentando que "as primeiras expedições e o desembarque de cosmonautas, cuja missão consistirá em estabelecer uma base lunar permanente, são planejados para 2030".
"Nos próximos 20 ou 30 anos, as principais potências espaciais irão explorar e estabelecer seu controle sobre as áreas estratégicas da superfície lunar com vista de assegurar para si futuras oportunidades de sua utilização prática", concluem os autores do artigo.

fonte;
Leia mais: http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_05_08/R-ssia-planeja-come-ar-a-colonizar-a-Lua-em-2030-5098/

Cientistas acreditam que no satélite de Júpiter há vida

Cientistas acreditam que no satélite de Júpiter há vida

Foto: Flickr.com/Gray Lensman QX!/cc-by-nc-sa 3.0

Os pesquisadores do laboratório da NASA apresentaram uma suposição fundamentada que o maior satélite de Júpiter e de todo o sistema solar – Ganímedes – pode ter condições para a vida.
Ganímedes é composto por rochas e gelo, que forma um oceano gigante de várias centenas de quilômetros de profundidade. É o único satélite do sistema solar que tem a sua própria magnetosfera e uma fina atmosfera, que inclui oxigênio.
Analisando o oceano do satélite, os cientistas concluíram que ele é desigualmente congelado – as camadas de gelo se alternam com as camadas de água que permanece no estado líquido devido à grande quantidade de sal.
Os cientistas acreditam que a água salgada pode descer até o fundo do oceano e ter contato com as formações rochosas, o que cria condições importantes para o desenvolvimento da vida orgânica.

fonte;
Leia mais: http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_05_03/Cientistas-acreditam-que-em-satelite-de-Jupiter-ha-vida-0979/

Cientistas descobrem causas da inundação antiga em Marte

Cientistas descobrem causas da inundação antiga em Marte

Foto: NASA/JPL-Caltech/MSSS

Os cientistas holandeses e alemães apresentaram evidências da existência de um lago com água líquida em Marte.
Os autores do estudo publicaram seu trabalho na revista Icarus, cuja versão reduzida pode ser encontrada no site New Scientist.
Os cientistas se interessaram pela origem de canais ao redor da cratera Aram Chaos. Eles concluíram que durante o chamado período Hesperiano, na cratera, se encontrava um lago coberto pela camada de gelo. Uma vez que a cobertura de gelo começou a degelar-se, grandes correntes de água se derramaram, formando canais. Os especialistas mostraram que o alargamento do lago ocorreu em várias etapas. Primeiro, se formaram dois pequenos canais que provocaram a destruição das paredes do cárter, em seguida, formou-se o maior canal.
Os peritos acreditam que o lago existia, quando a atmosfera de Marte era mais quente. O arrefecimento do planeta formou as camadas superiores de gelo que cobriam a água aquecida por várias fontes termais por baixo. As precipitações sólidas da atmosfera que se acumularam na camada de gelo levaram ao seu desabamento e às cheias.
O referido estudo permite acreditar que o lago da cratera Aram Chaos tinha, durante alguns milhões de anos, boas condições para a vida microbiana. Os cientistas esperam que esse lago morto ainda guarda seus vestígios.

fonte;
Leia mais: http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_05_01/Cientistas-descobrem-causas-da-inunda-o-antiga-em-Marte-0169/

Pulsar "viúva negra" é a mais mortífera e assassina de estrelas

Pulsar "viúva negra" é a mais mortífera e assassina de estrelas

AFP

Uma missão astronômica recorrendo a dados do Fermi, o telescópio da NASA, surpreendeu os cientistas que se depararam com uma estrela a girar 390 vezes por segundo.
A estrela pulsar não está sozinha. A sua companheira é uma densa estrela oito vezes maior do que Júpiter. Os astrônomos acreditam que esta última, 30 vezes mais densa do que o Sol, é um dos objetos estelares mais densos a orbitar um pulsar.
O novo pulsar, batizado de PSR J1311−3430, tem estado a vaporizar matéria da sua vizinha, gradualmente aproximando a estrela para junto de si.
O par movimenta-se um à volta do outro em apenas 93 minutos – mais rápido do que algum pulsar alguma vez descoberto.
PSR J1311−3430 é um tipo de pulsar conhecido como "viúva negra", porque, à semelhança das aranhas viúvas negras, que matam os machos mais pequenos depois de acasalar, o pulsar acabará eventualmente por exterminar a sua companheira.
Os resultados foram publicados na edição desta semana da revista Science.

Fontes;
-- Diário Digital
Leia mais: http://portuguese.ruvr.ru/2012_10_26/pulsar-viuva-negra-assassina-de-estrelas/

Astrônomos podem ter descoberto “estrela da morte”

Astrônomos podem ter descoberto “estrela da morte”

Foto: NASA

A sete anos-luz do Sol existe uma estrela fria e apagada, uma anã marrom, que foi detetada pelos telescópios orbitais de infravermelhos da NASA.
Não é de excluir que se trate de mais uma candidata a “estrela da morte”, a Nêmesis. O nome da antiga deusa grega do castigo foi atribuído a um objeto hipotético que provoca periodicamente a extinção de espécies na Terra.
A história dessa estrela misteriosa data de 1984, quando paleontologistas dos EUA chegaram à conclusão, com base em fósseis de organismos marinhos, que na Terra ocorre uma extinção em massa de espécies vivas a cada 26 milhões de anos. Como esses ciclos não podiam ser explicados por causas terrestres, esse mistério interessou os astrônomos. Segundo a versão destes, uma das estrelas vizinhas do Sol, na nossa galáxia, por vezes se aproxima demasiado do Sistema Solar. Isso provoca perturbações na Nuvem de Oort, que é uma esfera composta por bilhões de cometas em torno do Sistema Solar. Perdendo o equilíbrio, os cometas se precipitam dentro do sistema, provocando um bombardeamento intenso da Terra e de outros planetas.
A “estrela da morte” foi ativamente procurada, explica o investigador principal do Instituto de Astronomia da Acadêmia de Ciências da Rússia, Dmitri Vibe:
“Repetidamente os cientistas tentaram definir a periodicidade das alterações do estado geológico da Terra, do clima e das propriedades da atmosfera. Essas tentativas têm como resultado as afirmações que existe uma periodicidade de 26 milhões de anos, ou ainda mais longa. Existem tentativas para associar essa periodicidade a algum processo exterior ao Sistema Solar. Uma dessas explicações é a existência de uma estrela-satélite do Sol. E esse satélite giraria em torno do Sol a cada 26 milhões de anos”.
O que se sabia sobre a vizinhança imediata do Sol? Que a quatro anos-luz do mesmo se encontra o sistema estrelar de Alfa Centauro e a seis anos-luz – a Estrela de Barnard. Os outros “vizinhos” começaram a ser descobertos apenas nos últimos anos, quando se começou a processar o gigantesco banco de dados dos telescópios de infravermelhos. Assim, em 2013, o mundo científico soube de uma pouco quente, ou seja, de baixa luminosidade, anã marrom, que começou a ser referida como uma possível candidata ao papel de Nêmesis. Mas eis que se descobriu uma sua “irmã”, mas uma “irmã” fria.
Mas a partir daí os astrônomos ficaram num impasse. Para determinar se algum desses objetos é a Nêmesis, é necessário determinar com rigor como ela se deslocava relativamente ao Sol há milhões de anos. Por enquanto é impossível calcular as órbitas das estrelas, como se faz com os planetas, para períodos tão longos. Não é de excluir que um dos objetos seja realmente um satélite distante do Sol. Por outro lado, não está provado que ele seja o responsável pelas extinções de espécies na Terra.
Enquanto as disputas continuam, parte dos astrônomos sugeriu não provocar o pânico e batizar o objeto descoberto com um nome mais “pacífico” – Tyche. Como o da antiga deusa grega da fortuna.

Fonte;
Boris Pavlischev
Leia mais: http://portuguese.ruvr.ru/2014_04_30/Astronomos-descobrem-estrela-da-morte-9301/

Vulcão Yellowstone poderá provocar fim do mundo

Vulcão Yellowstone poderá provocar fim do mundo


Nos EUA está cada mais ativo o vulcão Yellowstone, cotado como um dos mais potentes na Terra.
Desde 28 de março foram registados 25 abalos, tendo o último tremor bem forte, com uma magnitude de 4,5 pontos, ocorrido em 30 de março.
O parque nacional do mesmo nome está sendo abandonado por animais que parecem estar pressentindo a iminência de um perigo real. De notar que a temperatura de água nos lagos locais também evidenciou uma progressiva subida, o que indica a chegada do magma.
Os cientistas acreditam que uma erupção do Yellowstone poderá ser equiparada ao cataclismo que aconteceu nos alvores da vida no nosso planeta.

Fonte: http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_04_02/Vulc-o-Yellowstone-poder-provocar-fim-do-mundo-3332/.UzzDZBH__Us.gmail

sábado, 15 de março de 2014

Fundador do Facebook telefona a Obama para reclamar sobre espionagem

Fundador do Facebook telefona a Obama para reclamar sobre espionagem

Em sua página pessoal, Zuckerberg disse que o governo dos EUA 'deveria ser o campeão da Internet, não uma ameaça'.

O fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, disse ter telefonado para o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, para "expressar frustração" sobre novas denúncias de espionagem digital por parte do governo.

O executivo de 29 anos afirmou em um post na rede social que o governo dos Estados Unidos "deveria ser o paladino da internet, não uma ameaça".

As declarações de Zuckerberg ocorrem um dia depois de documentos secretos revelarem que a Agência de Segurança Nacional (NSA, na sigla em inglês) se disfarçou de um servidor do Facebook para infectar milhões de computadores de usuários suspeitos.
Os documentos foram vazados pelo ex-funcionário da NSA Edward Snowden, o mesmo que revelou o esquema de espionagem do governo americano no ano passado.
A NSA alegou que as informações contidas nos documentos eram "imprecisas".
Zuckerberg já havia afirmado em setembro que os Estados Unidos "estragaram tudo" ao espionar a internet.
O fundador do Facebook escreveu em sua página pessoal na quinta-feira que "parece que demorará ainda muito tempo para uma verdadeira reforma completa [do programa de espionagem dos EUA]".
Quebra de confiança?
"Quando nossos engenheiros trabalham incessantemente para oferecer segurança, imaginamos que estamos protegendo nossos usuários contra criminosos, não contra nosso próprio governo", disse ele em sua página pessoal.
"O governo dos Estados Unidos deve ser o campeão da internet, não sua ameaça".
"Eles [o governo] precisam ser muito mais transparentes sobre o que estão fazendo, do contrário as pessoas vão acreditar no pior".
As informações vazadas por Snowden no ano passado sobre a NSA revelaram a gravação de chamadas telefônicas e o grampeamento de cabos de fibra ótica que transmitem comunicações globais e de redes locais.
Segundo os documentos, as agências do governo americano tinham acesso a servidores de nove grandes companhias de tecnologia, incluindo Microsoft, Yahoo, Google, Facebook, PalTalk, AOL, Skype, YouTube e Apple.
As empresas, entretanto, negaram envolvimento no esquema.
Em um comunicado, a NSA afirmou que "usa suas capacidades técnicas apenas para dar suporte a operações de inteligência internacional apropriadas e de acordo com a lei, todas realizadas em estrita concordância com as autoridades".
A porta-voz da Casa Branca Caitlin Hayden confirmou que o presidente conversou com Zuckerberg na noite de quarta-feira a respeito de "informações recentes na imprensa sobre supostas atividades das agências de inteligência dos EUA".
Hayden não deu mais declarações sobre o caso.
Aliança
Quando começaram a surgir os rumores de que os serviços de segurança estavam usando as mídias sociais e as companhias de tecnologia para monitor pessoas, o Facebook se juntou com Google, Apple, Microsoft, Twitter, AOL, Linkedin e Yahoo para formar uma aliança chamada Reforma da Vigilância do Governo.
O grupo reivindicou "mudanças de largas escalas" em relação à espionagem do governo americano.
Em seu último post, Zuckerberg disse que, para deixar a internet forte, "precisamos mantê-la segura".
No início da semana, Snowden afirmou em entrevista coletiva que a espionagem conduzida pelos Estados Unidos e por outros governo estava "incendiando o futuro da internet".

fonte;http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2014/03/140314_facebook_mark_zuckerberg_telefonema_obama_lgb.shtml

NASA anuncia concurso de caçadores de asteroides

NASA anuncia concurso de caçadores de asteroides

Foto: EPA

A direção da NASA, agência espacial dos EUA, lançou uma iniciativa muito incomum e interessante, apelando a  “salvar a Terra”.
Como se sabe, o Sistema Solar conta com milhões de asteroides, uma boa parte dos quais representa um perigo real para a existência do nosso planeta. Para afastá-lo foi criado um programa especial, designado Asteroid Data Hunter (Caçadores de Asteroides). No seu âmbito, a NASA se prontifica a pagar uma soma de $35000 aos que conseguirem inventar um algoritmo eficiente de detecção rápida destes corpos celestes.
O concurso, acessível a todos sem excepção, terá início em 17 de março, devendo se prolongar até agosto de 2014.

fonte; http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_03_12/NASA-anuncia-concurso-de-ca-adores-aos-asteroides-4911/

NOTA DA ADMINISTRADORA: SERÁ QUE ELES ESTÃO FAZENDO ISSO PARA NENHUM ASTEROIDE PASSAR DESPERCEBIDO, COMO O CASO DAQUELE QUE CAIU NA RUSSIA? MEDITEMOS ...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...