Notícias


Dezenas de mortos na onda de frio na Rússia e 

Ucrânia, -50º na Sibéria

image fonte: www.syfybrasil.com

Dezenas de mortos na onda de frio na Rússia e Ucrânia, 50º na Sibéria . Uma onda de frio provocou a morte de dezenas de pessoas na Ucrânia e Rússia, onde as temperaturas na Sibéria se aproximam dos 50 graus centígrados abaixo de zero, segundo fontes oficiais e a imprensa.

Fonte créditos: www.noticiashoje.net


ATIVIDADE VULCÂNICA, E NÃO UM METEORO, TERIA EXTINTO OS DINOSSAUROS, DIZ ESTUDO



A atividade vulcânica na região onde atualmente está a Índia, e não um asteroide, teria causado a morte dos dinossauros, de acordo com um novo estudo. Ao logo de dezenas de milhares de anos, a lava escorreu do planalto de Deccan, uma região vulcânica perto de onde atualmente está a cidade de Mumbai. Esta atividade teria expelido toneladas de níveis tóxicos de dióxido de carbono na atmosfera e provocado a extinção em massa por conta de um aquecimento global e acidificação dos oceanos, segundo uma pesquisa da Universidade de Princeton.

Os achados, apresentados na última semana em São Francisco, EUA, durante o encontro anual da União Americana de Geofísica, serviram como munição para o debate que discutiu se um asteroide ou um vulcão teriam provocado a morte dos dinossauros há 65 milhões de anos.

De acordo com a outra teoria, um asteroide gigante teria se chocado em Chicxulub, no México, há aproximadamente 65 milhões de anos, e liberado quantidades tóxicas de poeira e gás na atmosfera, o que teria bloqueado os raios do sol e causado um esfriamento da Terra, sufocando os dinossauros e causando envenenamento da vida marinha. O impacto do meteoro também poderia ter desencadeado atividades vulcânicas, terremotos e tsunamis.

Contudo, este novo estudo mostra que o planalto de Deccan – uma das maiores províncias vulcânicas do mundo - já existia antes da extinção dos dinossauros e pode ter contribuído total ou parcialmente para a sua morte em massa. Em 2009, companhias de petróleo estavam perfurando a região da costa indiana e eles encontraram sedimentos enterrados a 3,3 quilômetros de profundidade. Os pesquisadores encontraram fósseis que datam do período Cretáceo-Terciário, quando os dinossauros foram varridos da face da Terra.

Junto com os fósseis, foram encontrados algumas pequenas espécies de plâncton, que estavam em conchas, após as camadas de lava, o que poderia indicar que isso aconteceu anos após as erupções. Os fósseis, tanto de animais terrestres quando de vegetais, sugerem que os vulcões causaram extinção em massa tanto na terra quando no mar.

De acordo com os pesquisadores que defendem que o vulcão teria provocado a extinção dos dinossauros, um meteoro não seria capaz de produzir níveis tóxicos suficientes de enxofre e dióxido de carbono para aniquilar os animais de vez, mas isso poderia ter contribuído para a sua extinção.

Artigo relacionado

Live Science
Fonte: The History Channel


Lago na Antártida pode guardar 'segredo' de vida alienígena 


Cientistas precisaram de cuidados especiais para não contaminar local isolado (Foto: Alison Murray via AFP)

Cientistas descobriram micróbios que sobrevivem em condições de alta salinidade e temperaturas abaixo de zero em um lago na Antártida, algo que dá indícios de que pode existir vida em luas congeladas do Sistema Solar.
Foram encontrados micróbios que viviam em um ambiente escuro, em temperaturas de até -13º C.


Além disso, eles afirmam que as formas de vida estão isoladas do resto do mundo há 2,8 mil anos.
Detalhes desta pesquisa foram publicados pela revista científica PNAS.
"É plausível que uma fonte de energia para essas formas de vida exista apenas devido à reação química entre a água salgada e as pedras", afirma Christian Fritsen, do Instituto de Pesquisas em Desertos (DRI, na sigla em inglês), dos EUA, que é coautor do estudo.
Alison Murray, líder das pesquisas, diz que se esta hipótese estiver correta, cria-se "uma estrutura completamente nova de pensamento sobre como a vida pode estar apoiada em crio-ecossistemas na Terra e em outros mundos frios do Universo".
A lua Europa, do planeta Júpiter, é um dos lugares que cientistas acreditam que pode ter condições semelhantes para que esse tipo de vida se desenvolva.
Vida em luas
O Lago Vida, o maior da região dos vales secos de McMurdo, na Antártida, não possui oxigênio, é ácido, congelado e tem os mais altos níveis de óxido nitroso do mundo.
Um líquido seis vezes mais salgado do que a água marinha permeia todo o ambiente.
Durante visitas a campo em 2005 e 2010, Alison Murray liderou um trabalho de perfuração, que retirou gelo do lago, coletou amostras do líquido salgado e analisou o potencial da água de hospedar organismos vivos.
Para evitar contaminações ao isolado ecossistema, eles adotaram procedimentos controlados e equipamentos especiais, trabalhando em tendas esterilizadas na superfície do lago.
A abundância de diferentes compostos químicos presentes no lago levou os cientistas a concluir que reações químicas estavam acontecendo entre a camada de líquido e os sedimentos mais profundos – produzindo óxido nitroso e hidrogênio molecular.
O hidrogênio pode ser a fonte de energia que alimenta os micróbios presentes no líquido salgado. Além disso, o baixo ritmo do metabolismo desta forma de vida faz com que as reservas de energia durem bastante tempo.
Para Cynan Ellis-Evans, do programa de pesquisas British Antarctic Survey (BAS), que não participou desta pesquisa específica, a descoberta de micróbios nesses lagos tão remotos é "muito interessante".
O pesquisador cita indícios recém-descobertos de que bolsões de gelo e água possam existir na lua Europa, com condições parecidas aos encontrados no estudo na Antártida.

Fonte: BBC
Paul Rincon
Editor de Ciência da BBC


Área em Marte pode abrigar criaturas fossilizadas




Pesquisadores identificaram rochas que poderiam ter sido formas de vida marcianas há muito tempo atrás. A equipe de cientistas estava analisando a área conhecida como Nili Fossae quando fez a descoberta.

O trabalho deles revelou que a área é muito similar a uma região da Austrália, onde algumas das mais antigas evidências do início vida na Terra foram encontradas, preservadas em forma mineral.

Os cientistas, do Instituto de Pesquisa de Inteligência Extraterrestre (Seti, na sigla em inglês) nos Estados Unidos, acreditam que o mesmo processo hidrotermal que acontece na Terra quando os fósseis são preservados poderia ter acontecido nesse local de Marte. As rochas “suspeitas” possuem mais de 4 bilhões de anos de idade.

Quando os cientistas descobriram carbonato nessas rochas em 2008 a comunidade científica ficou extasiada. Carbonato é, basicamente, a substância que é resultante da decomposição de material orgânico (vivo). E, por muito tempo, acreditou-se que essa substância provava que o planeta vermelho, algum dia, abrigou vida.

Nessa nova pesquisa, os cientistas do Seti levaram o estudo de carbonato em Marte um passo adiante. Adrian Brown, um dos pesquisadores responsáveis pela descoberta, usou luz infravermelha de um satélite da Nasa que orbita Marte para analisar melhor as rochas. Segundo o cientista, foram encontrados formatos na rocha chamados “stromatolitos” que só poderiam ter sido formados se micróbios agissem no material. Brown afirma que apenas criaturas vivas poderiam ter deixado esse tipo de rastro, já que não há nenhum processo geológico conhecido que conseguiria produzir o mesmo efeito.

A região de Nili Fossae deve ser visitada por uma sonda na Nasa, que pousará em Marte em 2011 e, só então, com uma melhor análise do material, a descoberta de fósseis marcianos poderá ser confirmada.

[BBC]


Satélite americano confirma a vida em Marte

O satélite americano Mars Reconnaissance Orbiter, que varre a superfície de Marte, identificou os locais que poderiam ter hospedado a vida. Fotos reprodução NASA













Se bem que parece ter muito do photoshop aí!!

Fonte:port.pravda.ru


Espanha mostra pela primeira vez tesouro de 1804


Ministério da Cultura da Espanha mostrou pela primeira vez  a parte do tesouro de 500 mil moedas  encontrado em 2007, na costa do Algarve. Espanha devolveu o tesouro por tribunal,  processando contra a empresa norte-americana Odyssey Marine 


Exploration que o tinha encontrado . "A inevitável verdade é que o Nuestra Señora de las Mercedes é um navio da Marinha espanhola e que os destroços deste navio de guerra, toda a carga e também vestígios humanos que existam são património natural e legal de Espanha", declarou então juiz Steven Merryday, do tribunal a Florida.
AP


Image Fonte:port.pravda.ru


Vulcão Plosky Tolbachik entra em erupção pela primeira vez


No final de 2012. Pela primeira vez desde 1976, o vulcão Plosky Tolbachik na Rússia, entrou em erupção despejando milhares de toneladas de lava incandescente sobre o seu entorno, na península de Kamchatka.


A erupção é a mais forte já registrada no vulcão. Uma base de pesquisas e um centro turístico próximos já foram destruídos.
A península de Kamchatka, que tem 29 vulcões ativos, é uma atração turística importante da Rússia e considerada patrimônio da humanidade pela Unesco.



Moradores da região descreveram o cenário, com colunas de lava expelidas a dezenas de metros de altura, como um “armagedom”.
Os serviços de segurança reduziram o alerta na região de vermelho para laranja, mas afirmam que a situação ainda é grave e pedem que os moradores mantenham a vigilância.





Fonte:www.emhortolandia.com.br

Imagens:port.pravda.ru


NASA REVELA, A LUA ESTÁ ENCOLHENDO

A Lua está encolhendo como uma maçã velha, revela Nasa

Imagens de sonda mostraram que a circunferência do satélite diminuiu 100 metros em cerca de 40 anos

Foto: NASA

Ondulações no terreno perto do local onde ficou a Apollo 17 aconteceram recentemente e indicam que a Lua encolheu.

A Lua encolheu como uma maçã velha, revelam imagens da Nasa, que explica esta contração pelo resfriamento interno do único satélite natural da Terra.

Essas imagens, publicadas nesta quinta-feira (19) na revista americana Science, mostram modificações na superfície da Lua não detectadas anteriormente, indicando que sua circunferência "retraiu cerca de 100 metros em um curto período de tempo", explicou Thomas Watters, do Museu Nacional do Ar e do Espaço e principal autor desse trabalho.

As conclusões foram tiradas graças às fotografias registradas pelas poderosas objetivas posicionadas a bordo da Sonda de Reconhecimento Lunar (LRO), um instrumento espacial que a Nasa colocou na órbita da Lua em junho de 2009.

As fotografias revelam a existência de "escarpas lobuladas" (ondulações) no solo da Lua. Estas formações se situam principalmente nas regiões lunares de média altitude, em volta de todo o satélite. A contração e o "enrugamento" da superfície lunar seriam, assim, consequências do resfriamento do interior da Lua.

Esses traços geológicos já haviam sido fotografados próximos ao equador da Lua por câmeras panorâmicas durante as missões Apollo 15, 16 e 17, no início dos anos 70. Mas 14 novas escarpas lobuladas desconhecidas apareceram nas imagens de alta definição do LRO.

"Um dos aspectos mais impressionantes dessas ondulações lunares, é o fato de que elas parecem relativamente recentes", observou Thomas Watters.

"Eles surgiram na superfície lunar provavelmente por causa do resfriamento interno da lua", explicou.

"As imagens de ultra-alta definição fornecidas pelas câmeras de ângulo estreito a bordo do LRO vão revolucionar nossa percepção sobre a lua", declarou Mark Robinson, do Instituto da Terra e da Exploração Espacial da Universidade Estadual do Arizona (sudoeste), co-autor desta pesquisa e principal cientista responsável pelas câmeras do LRO.
Fonte: IG


RATOS GIGANTES NOS EUA E INGLATERRA

Nova-iorquino encontra rato ‘monstro’ durante limpeza
Roedor tem cerca de 90 centímetros, incluindo o rabo.
Rato foi encontrado em conjunto habitacional no Brooklyn.

Um rato gigante que aterrorizava um conjunto habitacional no bairro do Brooklyn, em Nova York (EUA), foi morto pelo trabalhador Jose Rivera, segundo o jornal “New York Daily News”.

Jose Rivera exibe rato gigante. (Foto: Reprodução/NY Daily News)

Rivera contou que três roedores saíram de um buraco quando ele estava fazendo a limpeza de uma área.
Ele conseguiu atingir um deles com um rastelo.

Segundo o jornal, o rato tinha cerca de 90 centímetros de comprimento, incluindo o rabo.

FONTE-G1

Ratos gigantes assustam moradores no Reino Unido
Roedores invadiram casas em Bradford.

Morador capturou um rato de 76,2 centímetros.Moradores de Bradford, no Reino Unido, estão horrorizados por causa da invasão de ratos gigantes. O britânico Brandon Goddard, de 31 anos, chegou a capturar um roedor de 76,2 centímetros, que mais parece um gato, segundo o jornal inglês “The Sun”. FONTE-G1

Rato de 76,2 centímetros capturado por Brandon Goddard.
(Foto: Reprodução/The Sun)



GRIPE AVIÁRIA PODE SE TORNAR PANDEMIA

imagefonte:www.seuhistory.com (Instituto Nacional de Saúde dos EUA)
Ao que parece o virus criado em laboratório começou um processo de mutação descontrolada. (O grifo é meu)

Estudo censurado pelo conselho de biossegurança dos EUA revela que apenas cinco mutações do vírus levariam à contaminação, pelo ar, de mamíferos.
Alessandro Greco- especial para o iG | 21/06/2012 15:33:25- Atualizada às 21/06/2012 16:53:45
Quando um periódico científico do porte da Science, uma das mais prestigiosas do mundo, faz uma teleconferência com seis cientistas espalhados pelo mundo pode-se presumir que o trabalho a ser apresentado é de impacto. Agora ao ouvir o editor-chefe da revista, Bruce Alberts, um bioquímico de respeito mundial, abrir a conferência dizendo que a revista irá publicar dois artigos científicos de forma aberta - (qualquer pessoa pode acessar os textos livremente via internet, o que é extremamente incomum no caso dela) - é bom prestar atenção.
Estudo polêmico sobre mutação da gripe das aves é publicado
De acordo com Alberts, os artigos mostram que há um “potencial real para o vírus H5N1 (o vírus da gripe aviária) evoluir para uma forma que possa causar uma pandemia”. É importante, porém, escutar os detalhes para não cair na tentação de achar que é apenas uma frase de efeito – para o lado catastrófico ou para o sensacionalista.
O que dizem os artigos
O primeiro artigo científico, liderado por Ron Foulchier, do Centro Médico Erasmus, na Holanda, buscou entender como o H5N1 pode se tornar transmissível pelo ar em mamíferos. “Nossa principal conclusão é que o vírus da gripe aviária H5N1 pode adquirir a habilidade de ser transmitido via aerossol entre mamíferos; mostramos que um mínimo de 5 mutações e certamente menos de 10 delas são suficientes para torna-lo transmissível por via aérea”, explicou Foulchier durante a teleconferência.
Para chegar a esta conclusão a equipe liderada por ele primeiro identificou as mutações que levaram à emergência das pandemias de 1918, 1957 e 1968. Em seguida, modificou geneticamente uma cepa de H5N1 para que ele contivesse essas três mutações para verificar se isto tornava o virus transmissível pelo ar via pequenas gotas (aerosol) em doninhas – um pequeno mamífero largamente utilizado como modelo para transmissão de gripe.
O resultado foi negativo e os cientistas testaram então quantas vezes era necessário infectar e reinfectar uma doninha com o vírus modificado para que ele evoluísse e se tornasse transmissivel pelo ar. “Quando pegamos o virus após 10 passagens (dele) pelo nariz da doninha verificamos que tinha desenvolvido a habilidade de se transmitir via aerossol entre elas”, afirmou Foulcheir. E completou: “Ele não matou as doninhas que foram infectadas via aerossol.” Com este dado em mãos a equipe analisou quais mutações – além das três introduzidas por eles – haviam ocorrido no H5N1 para torna-lo transmissível via ar. O resultado foram que outras duas  mutações realizavam o serviço.
A descoberta não significa, porém, que as mesmas dez passagens são necessárias em humanos. “É difícil fazer uma relação direta entre as dez passagens em doninhas e o número de passagens em humanos... Uma cadeia limitada de transmissão em doninhas é suficiente para fazer o vírus se adaptar. Assumimos que este número também seria relativamente pequeno em humanos”, pontuou Foulchier. E continuou: “Devemos assumir que o que vimos nas doninhas é mais ou menos similar em humanos, mas não é uma correspondência direta. Há uma correspondência, mas há exceções à regra e sempre precisamos ser cuidadosos ao interpretar trabalhos com doninhas no contexto dos humanos.“
No segundo artigo, os cientistas tentaram descobrir as possibilidades de que um H5N1 desenvolvesse as cinco mutações necessárias à transmissão via aerossol entre mamíferos. A primeira constatação foi que diversas cepas do H5N1 já possuem duas das mutações. Ou seja: seriam necessárias apenas mais três delas – obviamente três específicas - para torná-lo transmissível por ar entre mamíferos. “Estudamos matematicamente e computacionalmente a evolução do vírus em um hospedeiro e em uma cadeia de transmissão entre hospedeiros. Descobrimos que é possível para um vírus fazer três mutações dentro de um hospedeiro. Fazer quatro ou cinco é mais difícil. E realizar as cinco parece realmente difícil. Não sabemos, porem, ainda o quão difícil é”, afirmou Derek Smith, principal autor do texto, da Universidade de Cambridge, na Inglaterra, na teleconferência.
Preparação para a pandemia
A constatação de que essas mutações podem, em teoria, ocorrer naturalmente no H5N1, e torna-lo transmissível entre mamíferos – possivelmente entre humanos também – levanta ainda uma outra questão importante relacionada à primeira frase de Alberts sobre disponibilizar os estudos para toda e qualquer pessoa com acesso à internet: uma pessoa tecnicamente habilitada e má intencionada não poderia pegar os dados e tentar fazer as mutações em laboratório? “Ao fazer pesquisa, você continuamente analisa o risco-benefício dela. Eu acredito que os benefícios são maiores do que o risco. Isto significa que não há risco? Claro que não. Não posso dizer de jeito nenhum isso, mas, para mim, os benefícios são maiores", afirmou Anthony Fauci, diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas, dos Estados Unidos, que também participou da teleconferência e fez um artigo na revista analisando as lições aprendidas com as pandemias passadas.
O pensamento de Fauci vai na mesma direção do que acredita Alberts. “Esperamos que a publicação ajude a tornar o mundo mais seguro, em especial ao estimular mais cientistas e formuladores de políticas públicas em focar para preparar as defesas. Isto irá requerer grandes inovações e tornar estes dados disponíveis aumenta grandemente as chances de que estas inovações ocorram”, afirmou ele.
Se uma pandemia vier, o mundo teria atualmente como se defender, segundo Rino Rappuoli, chefe global de pesquisas em vacinas da Novartis Vacinas e Diagnósticos. “Podemos em teoria estar prontos rapidamente para fazer uma vacina. Isto é possivel hoje do ponto de vista tecnológico. A questão seria apenas mudar o processo regulatório para garantir que ele pudesse ser utilizado para fabricar as vacinas que possam ser então distribuídas”, afirmou ele que também esteve presente à conferência e foi autor de um artigo na mesma edição sobre estratégias de curto e longo prazo para preparação para uma pandemia.
Segundo a Organização Mundial da Saúde, a mortalidade de seres humanos por gripe aviária está em 60%.


Terremoto de 4.7 no Brasil

                                                                                            foto;jornal mídia extra

Neste domingo (25), um terremoto de 4.7 graus de magnitude foi registrado em Rondônia. Internautas no Facebook relataram que o tremor foi sentido em várias cidades da região do Vale do Jamari e em Porto Velho.

Conforme o site de monitoramento da terra em tempo real, Painel Global, o abalo sísmico ocorreu a 30 km da cidade de Rio Crespo (RO), sendo a 19 km de profundidade.

O evento ocorreu as 20h57 pelo horário de Brasília (18h57 no horário local), e teve seu hipocentro localizado abaixo das coordenadas 9.46S e 63.01W, a 30 km de Rio Crespo e 44 km da cidade de Alto Paraíso. Até o momento não foram relatados danos a superfície terrestre.

Terremotos e tsunamis no Brasil

No Brasil não ocorrem terremotos catastróficos, só pequenos tremores de terra. O fenômeno acontece quando há movimentação das placas tectônicas (a crosta terrestre é composta por várias delas), que se mexem e se chocam principalmente nas bordas. Como o País fica no centro de uma placa, os tremores são fracos.

Já o Japão fica sobre a junção de três delas. Por isso, é muito atingido pelo fenômeno. Para diminuir os estragos e número de vítimas, os japoneses criaram avançado sistema de segurança.

Quando o terremoto ocorre no fundo do oceano pode causar o tsunami. O movimento desloca a água para cima e para os lados, provocando ondas na superfície com força e velocidade gigantescas (chega a 800 km/h). Como no Brasil não há grandes terremotos, o risco de ser atingido por tsunami também é pequeno.

Fonte: Jornal Mídia Extra



EUA: GEÓLOGOS ALERTAM SOBRE 

MEGATERREMOTO NA FALHA DE 

NOVA MADRID


O norte do Alabama se encontra na zona de impacto da linha de falha de nova Madrid, um gigante adormecido que é aproximadamente vinte vezes maior que a famosa falha de San Andrés na Califórnia.
Geólogos alertam sobre a atividade sísmica que poderia desencadear um megaterremoto.


O maior terremoto na história dos EUA passou na zona sísmica de Madrid em 1812, e nas últimas semanas, a linha de falha começou a apresentar sinais de atividade. Um terremoto centrado no leste de Arkansas sacudiu os residentes em vários estados a fins de outubro.
Um estudo recente realizado pela FEMA em 12 condados do Alabama como código crítico, concluiu que o noroeste do Alabama é a área de maior risco de um novo grande terremoto.
Geólogos e outros especialistas em previsão de terremotos avaliaram o impacto potencial no Alabama em Noticias WHNT 19 informe especial produzido pelo jornalista Nick Banaszak.
“Creio que a maioria das pessoas são conscientes de que os terremotos podem ocorrer aqui, mas não posso lembrar a última vez que este lugar sacudiu,” disse Gary Patterson, um geólogo do Centro de Investigação e Informação de Terremoto em Memphis.
“Se ocorrer um terremoto da mesma magnitude na Califórnia e outro aqui. O sismo daqui será dez a vinte vezes maior. Isso é incrível e preocupante. Sabemos que os terremotos de 1811, 1812 formam sentidos entre 1.000 e 1.200 quilômetros de distância.”
A zona sísmica de Madrid, às vezes chamada a New Line Fault Madrid, é uma das principais zonas sísmica e uma fonte prolífica de terremotos intra-placa (terremotos dentro de uma placa tectônica ) no sul e meio oeste dos Estados Unidos , que se estende ao sudoeste de New Madrid, Missouri.
Novos terremotos em Madrid podem ter o potencial para produzir grandes terremotos no futuro.
Um megaterremoto na nova zona sísmica de Madrid poderia ameaçar partes de sete estados dos Estados Unidos: Illinois, Indiana, Missouri, Arkansas, Kentucky, Tennessee e Mississippi.
                                                                                    fonte;celiosiqueira.blogspot.com.br



Guerra de Israel- Seria prenuncio de fim dos tempos?
Nestes últimos dias (novembro de 2012) temos vistos os ataques de Gaza a Israel e vice-versa. Já chegam 117 mortos nesses 4dias fora os conflitos antigos. Seria um sinal do fim dos tempos?
Toda vez que há um conflito em ou em torno de Israel, muitos veem isso como um sinal do fim dos tempos se aproximando rapidamente. O problema com isto é que talvez acabaremos eventualmente nos cansando dos conflitos em Israel, tanto que não vamos reconhecer quando os verdadeiros eventos profeticamente significativos ocorrerem. Um conflito em Israel não é necessariamente um sinal do fim dos tempos.


                                                                           image;noticias.gospelmais.com.br

''No entanto, a Bíblia diz que haverá terrível conflito em Israel durante o final dos tempos. É por isso que esse período é conhecido como a Tribulação, a Grande Tribulação e o "tempo de angústia para Jacó" (Jeremias 30:7). Isso é o que a Bíblia diz sobre Israel no fim dos tempos:''

  • Haverá um retorno em massa dos judeus à terra de Israel (Deuteronômio 30:3, Isaías 43:6, Ezequiel 34:11-13; 36:24; 37:1-14).
  • O Anticristo fará uma aliança de 7 anos de "paz" com Israel (Isaías 28:18; Daniel 9:27).
  • O templo será reconstruído em Jerusalém (Daniel 9:27, Mateus 24:15, 2 Tessalonicenses 2:3-4, Apocalipse 11:1).
  • O Anticristo quebrará a sua aliança com Israel, o que resultará na perseguição mundial de Israel (Daniel 9:27; 12:1, 11; Zacarias 11:16, Mateus 24:15, 21; Apocalipse 12:13). Israel será invadida (Ezequiel capítulos 38-39).
  • Israel vai finalmente reconhecer Jesus como o Messias (Zacarias12:10). Israel será regenerada, restaurada e reagrupada (Jeremias 33:8, Ezequiel 11:17, Romanos 11:26).



Fortes Chuvas castigam Rio e São Paulo

                                                                       imagefonte;R7
Podemos ver no momento em que vivemos... Olha o que está acontecendo em Nova Friburgo( Brasil)
Foi dado sinal de alerta (13/11/12) para sair de suas casas, pois a risco de deslizamentos á deslisamentos de pedras grandes que chegam a soterrar as residências. As pessoas estão indo para casa de parentes ou abrigos montados na região. Quem não se lembra que recentemente (2011) na mesma região do Rio mais de 900 pessoas morreram.


Parece mentira, mas não é! Capa da Invisibilidade.



Ulf Leonhardt, professor da Universidade da St. Andrews, pretende utilizar os chamados metamateriais , ''ou átomos projetados especialmente'', para criar um equipamento que torne um objeto invisível usando as Leis da refração.
Segundo ele ao ''dobrar a luz'', materiais transparentes como o vidro ou a água parecem distorcer a geometria espacial, o que é causa de muitas ilusões de óptica, inclusive a invisibilidade.
Nos EUA, cientistas das Universidades Cornel e Berkley também recentes passos para essa famosa capa, conseguiram criar uma nova versão que torna objetos tridimencionais invisível sobre a luz infravermelha.
Um estudo publicado pela revista científica ''Nature Materials'' Nathan Landy (Univercidade Duke) é autor de um estudo a capa criada inicialmente é feita de fios de fibra de vidro, entalhada com cobre. Na nova versão, os pesquisadores entrelaçaram fios de cobre com esses fios, criando um material mais complexo, que também é mais eficiente que o original.
Não se pode neguar o conhecimento humando esta dando saltos ou super saltos no conhecimento!


                                                                                        Fonte e image; BBC




Já chegou em 39 o numero de mortos, e já passa de 150 feridos, e vários desaparecidos.


                                                  image fonte;diemmatotal.over-blog.com
O terremoto alcançou 7,5 ponto de magnitude nesta quarta feira (7 de novembro de 2012) a uma profundidade de 41 km,e algum locais passaram de 50 km, este terremoto foi o pior desde 1976 já sofrido na Guatemala.

Terremoto de 1976
                                                                  image fonte;poptunforever.blogspot.com.br
                                                                                       image fonte;poptunforever.blogspot.com.br



Segundo cientistas só vai passar perto...


       image fonte;pt.wikipédia.org                                                                image fonte;NASA
Ele já visitou nosso sistema solar antes, em dezembro de 2004 ele passou á 0.0104 UA , apenas um milhão e setecentos mil quilômetros ou cerca de 4 vezes a distância até à Lua.
Esta distância é em padrões cósmicos, extremamente próximo para um objeto que pode causar devastação global. Toutatis tem cerca de 4.600 km de comprimento e 2.4 de largura.
O asteroide se aproxima da Terra de 4 em 4 anos.
Foi descoberto por Christian Pollas, um astrônomo frânces em 1989. Os cientistas não podem descartar uma possível colisão futura com a Terra. Por isso é considerado potencialmente perigoso. A Nasa diz que não ira colidir pelo menos nos próximos 600 anos.
Bem querem saber a data provável que Toutatis ira passar pela Terra?
  12/12/2012 É de assustar pois dizem que a possibilidade de erro nos cálculos!!


Apagão no Brasil!!

Deixou o noroeste, parte do centro-oeste e norte do brasil sem luz. A falta de energia foi confirmada nos primeiros minutos de sexta-feira em Alagoas, Pernambuco, Bahia, Rio Grande do Norte, Ceará, Sergipe, Maranhão, Paraíba, Piauí entre outros.
E a causa... falaram que estão investigando!
Seria uma Tempestade Geomagnética !!!


                                                             image fonte;portalternurafm.com.br


Darpa cria robô!

Já penso uma maquina dessas com alguns ajustes armada indo para guerra!o.O
Qual sera o segredo dessa criação seria um exterminador do futuro?
E se cai na mão de gananciosos!!!Ai ai...


video
                                                           video fonte; youtube; Darpa´s
 http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=FFGfq0pRczY


Surto de meningite nos EUA


                                         image fonte;biopsicosaude.blogspot.com.br

Chega a 25 o número de mortos afetados por um fungo, que causa meningite, o número de casos de meningite causado por fungo já passa de 300.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...