Mistérios

Assuntos sem explicação, e o mais interessante é que nem a ciência explica ou se explica é meio vago...

As pedras de Ica

                                                            imagem fonte google:evidencias-2012.blogspot.com.br

Será que os humanos conviveram com dinossauros? Será que eram gigantes, como a Biblía fala do gigante Golias?
 As famosa pedras de ica, contem gravadas, esculpidas desenhos de humanos com dinossauros, tecnologias avançadas como telescópio entre outros. Foram encontradas no Peru, as gravuras de dinossauros são super realísticas como de dinossauro Stegosaurus, Tyrannosaurus Rex entre outros. Acredita-se que essas obras foram criadas há mais de 200 milhões de anos atrás. A ciência diz ser impossível...
O fato é que elas existem!

Onde está a Arca da Aliança?

O Mistério: Onde está a Arca da Aliança?

A Arca da Aliança é um recipiente descrito na Bíblia como contendo as  tábuas de pedra sobre a qual estavam escritos os Dez Mandamentos, bem  como a vara de Arão e o maná. A Arca foi mantida em Jerusalém até que os  babilônios saquearam e destruíram o templo. A partir de então, a Arca  passou a ser considerada lenda e desapareceu para sempre. Uma teoria  sobre o onde a Arca pode estar escondida é que ela foi ocultada pelos  sacerdotes sob o Monte do Templo. Escavações modernas perto do Monte do  Templo em Jerusalém descobriram túneis, mas as escavações neste local  são muito restringidas. Um dos mais importantes santuários islâmicos, o  Domo da Rocha, encontra-se no local aonde é cogitado que o Primeiro  Templo de Salomão tenha estado de pé. Segundo a Bíblia, o rei Salomão,  ao construir o templo, tinha a Arca da Aliança colocada sobre uma  plataforma que poderia ser baixada a um sistema de túneis, isso o  tornaria uma localização plausível para esconder a Arca da Aliança.

Fonte;grandes-misterios.webnode.pt

Montanha da morte: mistérios da Russia

Em fevereiro de 1959, dez amigos resolveram fazer uma trilha de inverno, na montanha de Urais(Russia), porem nenhum deles retornou com vida.
Suas barracas estavam rasgadas de dentro para fora e seus corpos foram encontrados 3 meses depois a 80 m do local em que estavam, segundo relatos os corpos estavam sem suas linguas, sem sinais de luta e em suas roupas tinham alto nível de radiação.
Há varios relatos de luzes fora do comum nessa montanha todos os anos, que ficou conhecida como ''Montanha da morte''.


fonte;google


Egito: Esfinge e o Eixo da Terra que foi violentamente inclinado

A idade verdadeira para a Esfinge e a violenta inclinação outrora ocorrida do Eixo da Terra em 2345 aC

Você provavelmente já ouviu falar de "o mistério da esfinge egípcia"?

Jonathan Gray compartilha alguns segredos fascinantes sobre a sua verdadeira idade.

Então, quantos anos tem a Esfinge - realmente?

No planalto de Gizé, a oeste do Cairo, Egito, fica a Grande Esfinge de Gizé, uma estátua de 240 pés de comprimento, com o corpo de um leão e uma cabeça humana usando o cocar dos faraós.


Água fez isto

É cercada por areia do deserto. Mas não há evidência de erosão.Erosão por areia trazida pelo vento ? Não. Ao água! diz Gray.

As bordas da rocha são arredondadas . E não há , aparentemente, fissuras profundas nas impressões na rocha. E as pedras estão horizontais , como seria causada pela areia e pelo vento ( como as pirâmides na área) , em vez disso , eles são vertical.Isto sugere que a Esfinge foi submetida a chuvas fortes.

A erosão é mais forte sobre as partes superiores da Esfinge e as paredes dos compartimentos do que em torno da base .

Esta erosão destas superfícies " superiores" exibe um padrão de intemperismo comumente associado com a exposição ao escoamento das águas pluviais .

Existe um perfil vertical de rolamento e ondulante, com muitos canais verticais e inclinados , onde articulações no alicerce foram abertos .

Estudioso francês RA Schwaller , independente egiptólogo John West , e o geólogo Robert Schoch examinou. Schoch contrastou essa situação na esfinge com o estado de intemperismo visto em outros recursos de rochas cortadas do planalto de Gizé .

Por exemplo, em vários túmulos do Reino Antigo , a erosão por areia trazida pelo vento tenha escolhido áreas de qualidade de rock mais pobre, mas deixou as fachadas antigamente cortadas e portas não marcadamente danificadas. Mas o intemperismo fortemente arredondada na Esfinge e seu gabinete indica a ação da água da chuva por um longo período .

Foi inundação ou chuva?

Você pergunta , a erosão poderia ter sido causado pelas inundações do Nilo e lavagem em torno da Esfinge , em algum tempo remoto? A resposta é que a corroer o monumento até o pescoço teria exigido inundações de vinte metros ou mais sobre o Vale do Nilo. Não, se essa era a erosão pela água , então ele tinha que ser a água da chuva .

CHUVA tão pesada !

Você sabe , há boas evidências de que o Egito experimentou chuvas muito pesadas no período mais antigo .

De acordo com a visão popular , a transição da era do gelo para o atual ambiente deserto ocorreu entre 10.000 e 3000 aC .

Então chuvas afunilaram para o seu nível atual de cerca de 20 cm por ano em cerca de 2200 aC .

CONSTRUÍDA 7000 aC ?

Então, se nós temos que voltar 9.000 anos para a precipitação suficiente para causar esse padrão de erosão hídrica em calcário, pensei Oeste e Schoch , em seguida, a Esfinge deve ter sido construída durante ou antes dessa transição - digamos, de 7000 aC.
Isso significava , ele poderia ser o dobro da idade como " oficialmente ", afirmou .

OU 10.500 aC ?

Digite Robert Bauval e Graham Hancock. Estes dois escritores acreditam que a Esfinge foi construída por volta de 2500 aC, não ... não em 7000 aC ... mas em 10.500 aC

De acordo com sua teoria, as estrelas do cinturão de Orion e Leo ou leão , como combinado no céu, quase coincidir com as posições das pirâmides de Gizé . E eles acreditam que o momento em que as pirâmides estavam em perfeito alinhamento com o Cinturão de Orion foi quando ele estava em seu ponto mais baixo , em 10.450 aC

Eles acreditam que a Esfinge foi provavelmente construída durante este tempo.

É claro , no entanto atraente isso possa parecer, é uma teoria não comprovada. Gray diz que não há fundo estável de fato para apoiar 10.500 aC. Gray diz: " Por mais que gostaríamos que fosse, tenta estabelecer vastas idades para civilizações com base em dados astronômicos , deve falhar - pela simples razão de que a terra foi violentamente derrubado fora de seu eixo em 2.345 aC. "

Astrônomo australiano G.F. Dodwell analisou os registros de observação com- empilhados para os muitos gnômons erguidas em todo o mundo civilizado durante os últimos 4.000 anos. Gnômons são marcadores verticais que lançam sombras a partir do qual as latitudes locais podem ser computados. ( Tudo o que precisa são as medidas dos comprimentos de sombra nos dias mais longos e mais curtos do ano. ) Inclinação ou obliquidade -of -the- eclíptica da Terra também pode ser calculado a partir de dados gnomon - e é aí que reside a anomalia . A inclinação do eixo da Terra deve variar ciclicamente entre 22 e 24,5 ° durante um período de cerca de 40.000 anos, devido aos puxões da lua, o sol e os planetas na protuberância equatorial da Terra ...

Crédito: Bowden , M.; " A recente mudança na inclinação do eixo da Terra",

Ângulos de inclinação computados a partir de observações gnomon antigos desviar acentuadamente a partir da curva teórica. O alinhamento do antigo templo egípcio em Karnak e outros locais orientados a estender o desvio em direção à data 2.345 aC Ou as observações antigas eram sistematicamente no erro de todo o mundo ou o ângulo de inclinação da Terra mudou em tempos históricos.

De acordo com o paraíso cartão , a conclusão de Dodwell significa que o eixo da Terra tinha sido quase vertical , mas de repente mudou para um 26 ½ graus de inclinação , da qual tinha sido cambaleando de volta à sua atual inclinação média de 23 ½ graus. A pesquisa de Dodwell foi confirmada pelo Dr. Rhodes W. Fairbridge , da Universidade de Columbia, na revista Science , 15 de maio de 1970.


Dodwell concluiu que algo " bateu " a terra naquela época. Ele percebeu que isso teria resultado em massa, enchentes em todo o mundo e os efeitos geológicos catastróficos . A data do evento, a partir de sua curva de observações , é 2.345 aC - cerca de 4.355 anos atrás. Não há um padrão claro de recuperação desde 2345 aC, que não foi interrompido.(http://www.setterfield.org/Dodwell_Manuscript_1.html”)
De acordo com Barry Setterfield , em Dodwell a obliquidade da eclíptica assumido que a inclinação do eixo original da terra , antes de 2345 aC, era quase vertical. Por essa razão, ele supôs um impacto muito forte era necessário para sacudir a terra a partir dessa posição a sua atual inclinação de 23,5 graus. É por isso que um número de astrônomos têm rejeitado o trabalho de Dodwell nesta área. No entanto, se a inclinação do eixo foi maior do que sua atual inclinação do eixo antes de 2345 aC, em seguida, um impacto de muito menos força teria sido necessária para restaurar a Terra para uma posição um pouco mais ereta. A evidência para esta maior inclinação do eixo pode ser visto na evidência da idade do gelo que cobria a maior parte da Europa antes de 2345 aC

" Os locais das estrelas como visto de todos os pontos fixos em terra eram radicalmente alterados. Então você não pode contar para trás usando apresentam estabilidade da Terra como um ponto de referência. Afirmar que você pode é wishful thinking " , afirma Gray.

A confirmação notável da obliquidade no ano de 2045 aC é dada pelo Templo Solar orientada de Amen Ra em Karnak , no Egito, o maior templo que já foi construído. Isto é descrito no Capítulo 8 do a obliquidade da eclíptica . Inscrições hieroglíficas , gravadas em granito , mostram que os antigos egípcios fez um grande esforço para orientar seus templos solares. Os raios do sol nascente ou poente , em determinadas datas importantes , então brilhou diretamente para baixo da longa avenida central, ou eixo templo, no santuário escuro e iluminado a imagem do deus-sol dentro dele.

Um panorama de um friso na Delegacia de Amon Re


No grande Templo Solar em Karnak, isso ocorreu ao pôr do sol no dia do solstício de verão. Será mostrado que em 2045 aC, a data de fundação do Templo, declinação solstício do sol, ou distância máxima do equador celeste, era de 25 graus, 9 minutos, 55 segundos. Este valor está de acordocom exatamente o prolongamento da curva das observações antigas, e excede o valor de Newcombpara essa data em 1 grau 14 minutos. Outra confirmação, em outros pontos da curva, é dada pelos famosos monumentos solares em Stonehenge, na Inglaterra, e Tiahuanaco, Peru.
Fotografia do Karnak, complexo do templo tomado em 1914


Crédito: Cornell University Library
E QUANTO 2000 + BC ?

As teorias de 10.500 aC e 7000 aC , são rejeitadas por outros cientistas , por várias razões : 1. Não há nenhuma evidência de uma civilização egípcia tão velha .

2 . Evidência Arquitetural data da Esfinge para em torno do mesmo tempo que a pirâmide vizinha de Quéfren . E essa pirâmide agora pode ser datada de 2144 aC. (Veja recente livro de Gray The Corpse Came Back , p.251 )

( a) Quéfren tinha quatro vinte e seis pés de comprimento esfinges construídas. Dois estavam em frente de cada entrada de sua Templo do Vale . Um canal de drenagem da estrada para a pirâmide de Quéfren deságua no recinto da esfinge , que presumivelmente teria profanado o gabinete se ele já tivesse existido.

( b) A quadra central do Templo Esfinge é idêntica à quadra central no Templo da morgue da Quéfren ao lado de sua pirâmide .

( c) Os blocos centrais do Templo Esfinge coincidir com algum dos estratos de rocha no recinto Esfinge e mostram que o templo foi construído como o recinto estava sendo escavado. Pode-se inferir que, se outras estruturas khafra e Templo Sphinx datado ao mesmo tempo , em seguida, a escavação da própria Sphinx datado de tempo que também.

3 . A esfinge , uma estrutura rapidamente intemperismo , parece mais velha do que é.

4 . Drenagem da água subsuperficial ( molhar periódica do calcário por areia saturada de água) ou Nilo inundações poderiam ter produzido o padrão de erosão. A água na areia circundante teria sido elaborado para altitudes mais elevadas do que os níveis de inundação devido à ação capilar. ( Os templos da Esfinge e Vale foram cobertos por areia na maior parte do tempo de sua existência. )

5 . Não são considerados duas razões pelas quais a erosão das maiores elevados Pirâmides de Gizé é diferente da erosão da altitude menos menor Esfinge : (a ) As cheias do Nilo eram , em parte, a fonte da água da inundação enchendo o recinto Esfinge ( que é menor do que as pirâmides ) .

( b) Se a erosão Esfinge foi causado pela chuva 7000 anos e se as outras estruturas no Giza
Planalto (construído há 4000 anos ) mostram erosão eólica com base normal, por que não o desgaste pelo vento destruir a resistência à base de água mais velho? ( Você tem que admitir , isso é bom lógica !)

6 . A esfinge é acreditado para se assemelhar a Khafre , o faraó que construiu uma das pirâmides de Gizé, próximas . Ele não viveu muito tempo antes de 2000 BC. E também tem sido sugerido que a intempérie no Sphinx depende mais as propriedades da própria rocha . A camada do meio da Esfinge mostra a mais erosão , porque ela é feita de poros limestone. As mais porosas das pedras sendo maior , eles convidam um processo chamado de " cristalização sal".

Isso ocorre quando a umidade condensa na manhã e na rocha, dissolvendo o presente sal natural na rocha. Durante o dia, a umidade se evapore. O sal cristaliza em seguida, pressiona contra as paredes dos poros. Esse processo geralmente enfraquece a pedra e amplia fissuras pré-existentes.

NOVA EVIDÊNCIA RADICAL

O clima do Egito até a 2000 aC foi de chuva ... chuva ... chuva.

Espécies vegetais e animais representados nas pinturas de túmulos iniciais mostram que o tempo do Egito era então mais úmido do que é agora.

Sim, fez chuva no Reino Antigo , mais do que hoje .Gray agora joga um gato entre os pombos . Não há novas evidências surpreendentes de que o Egito não surgiu até depois do Grande Dilúvio de 2345 aC.

É isso mesmo! Houve um erro enorme namoro! ( Mas isso é para outra hora. ) E da transição da era do gelo para o atual ambiente deserto não ocorreu entre 10.000 e 3000 aC , mas recentemente, em 2250-2000 aC.
E por volta de 2200 aC, Menes ( Mizraim ) e seus seguidores chegaram, embarcados do Nilo e estabeleceram a civilização ; Quando as pirâmides e a Esfinge foram construídas ! Algum tempo atrás Gray enviou um e-mail que chocou muitos. Porque, ele afirmou (entre outras coisas ) que os cientistas rejeitam a maioria dos resultados nos encontros de carbono.

UM ESCÂNDALO EMBARAÇOSO

Em outras palavras, nós temos tido. Então você pode esquecer quase tudo o que foi dito na escola e nos meios de comunicação sobre os restos antigos .

Mas nós também anunciamos o especial conjunto de 7 ebook em uma grande redução. E em poucos minutos, os pedidos começaram a derramar dentro (eles são um download imediato ) .

Para mais informações :
Fonte e Creditos;
Jonathan Gray
http://www.beforeus.com/secrets-exposed.php



GOSMA MISTERIOSA VERDE-AMARELA CAIU DOS CÉUS DE NOVA YORK


Uma gosma verde-amarela misteriosa caiu do céu e respingou em casas em Snyder, Nova York.


Casas ao longo Rodovia Washington e Drive Berryman estão revestidas empingentes amarelos ou verdes. Paredes e pavimentos estão salpicados com uma substância marrom profunda bizarra.

Vizinhos disseram que a substância misteriosa apareceu no horário entre as 09:00 ea meia-noite de terça-feira.

A cor e a textura da gosma imediatamente provocou temores de ”gelo azul” - ou seja, excrementos humanos congelados que caem de aviões passando lá em cima, relatou a ABCNews.

No entanto, a FAA (Administração de Aviação Federal dos EUA) iniciou uma investigação rápida e descartou essa possibilidade.

Um porta-voz disse à ABC: “Os inspetores de normas de vôo locais investigaram a situação e determinaram que aquilo não era de uma aeronave.”

Então, o que poderia ser?

O coordenador de resíduos da cidade disse que estão olhando para isso – e já encontraram algumas teorias bastante desagradáveis.

Surgiu a especulação de que seriam dejetos de pássaros que comeram as sobras de um McDonalds. Mas especialistas em pássaros disseram que poderia ser também os dejetos de pássaros que imigram para a Europa e que estavam ali de passagem.

Mas com os engenheiros da cidade ainda estão fazendo testes, e os moradores terão, por agora, simplesmente têm que esperar um pouco mais - e talvez investir emum ou dois bons guarda-chuvas.

Fonte: http://noticias-alternativas.blogspot.com/
Fonte: Mail Online



Mistério de Tiamat - O outro nome da Terra.

Choque Entre Tiamat e Umas das Lua de Niribu.

Segundo a alguns há 500 mil anos atrás, o planeta Terra se chamava Tiamat  era todo coberto de agua se localizava entre Marte e Júpiter. Tiamat estava mais próximo da estrela Sirus, Ou sothis como chamam os egipcios.Tiamat tinha onze satélites Niribu/Marduk Tinha sete satélites, com a passagem de Niribu pelo nosso sistema solar acabou havendo um choque entre os satélites de Niribu com Tiamat  com o choque Tiamat foi arrebentada em duas partes uma parte formou-se a  Terra e a outra foi pulverizada criando o cinturão de asteróde entre Marte e Jupiter. Durante esse processo umas das luas de Niribu foi capturada pela gravidade da Terra, e se tornou o nosso satélite ( a Lua).

Membros da NASA, Pentágono, Departamento de Defesa americana, Serviços de Inteligência Militar internos, SETI (Search for Extra-Terrestrial Inteligence) e CIA especulam que 2/3 da população do planeta podem morrer durante cataclismos planetários que culminará com a inversão dos pólos; causados pela passagem de Nibiru.
Essas mesmas agências governamentais e públicas também estimam que outros 2/3 dos sobreviventes poderão morrer de fome, sede, frio e outros agentes climáticos, nos 6 meses após a passagem de Nibiru.


Cofre do Fim do Mundo.

Apelidada de cofre do fim do mundo, este cofre que visa abrigar sementes de todas as variedades conhecidas no mundo de plantas com valor alimentícios foi inaugurado na Noruega, já no Circulo Ártico Há uma profundidade de 120 metros dentro da montanha de Spitsbergen, uma das quatro ilhas que compõem Svalbard. A caixa forte internacional de sementes é composta por três câmaras com capacidade de guardar 4,5 bilhões de amostra de sementes.

Obs: As informação de Tiamat e Niribu/Marduk, Maldek estão nos tablete cuneiformes Sumérios.
Porque o nosso clima esta mudando tão rapidamente, furacões, vulcões, terremoto enchentes tudo acontecendo ao mesmo tempo.

Será que Niribu já esta interferindo em nosso planeta? Será que Niribu é real?

      Fonte Internet



A Paisagem Oculta da Antártida


São mais de 70 os lagos escondidos sob o manto de gelo da Antártida. O maior deles é o Vostok, descoberto em 1996. O Vostok tem 14 mil km² e profundidade irregular, entre 200 e 800 m. Isolado da superfície a pelo menos 15 milhões de anos, o lago manteve, assim, em igual isolamento, os organismos que ali habitam desde aquelas eras remotas e que por tais circunstâncias são, possivelmente, completamente desconhecidos da ciência atual.

Longas linhas de montanhas irregulares, vales profundos, lagos majestosos, vulcões, rios, cachoeiras e formas de vida desconhecidas: a Antártida tem um dos cenários mais belos do planeta... mas ninguém pode ver. Por mais de 25 milhões de anos o quinto maior continente do mundo [14 milhões de km²] tem estado sepulto embaixo de uma grossa camada de gelo [entre 2 a 5 quilômetros de espessura].

Agora, novas expedições coordenadas de exploração prometem desvendar estes segredos geográficos. Tecnologias avançadas permitirão aos pesquisadores penetrar virtualmente nas profundezas glaciais onde os equipamentos poderão efetuar o mapeamento da área. Robôs submarinos serão enviados através de aberturas produzidas na superfície em busca de bactérias e microorganismos.

Martin Siegert, líder do projeto British Antarctic Survey, da University of Edinburgh comenta: "Nós sabemos mais sobre Marte do que sobre a terra escondida debaixo do gelo antártico. As pessoas freqüentemente esquecem que na Antártida existe terra sob o gelo e é fundamental entender como esse gelo se acumulou e como, se ou quando vai ou pode derreter com os conseqüentes impactos sobre o nível das águas oceânicas".

A Antártida nem sempre foi gelada. Há 40 milhões de anos o clima ali era mais quente que a Inglaterra atual. A temperatura começou a cair há 30 milhões de anos até todo o continente ficar coberto pelo gelo que se mantém na temperatura média de 89 graus centígrados negativos. Outro projeto, coordenado com o Antarctic Survey, vai utilizar aeronaves equipadas com poderosos radares capazes de produzir as imagens que possibilitarão mapear mais de 9 milhões de quilômetros quadrados, cerca de um terço do continente.

Medidores de gravidade e e campos magnéticos permitirão, também, definir os tipos de rocha que lá estão, ocultas e esmagadas pela pressão da grossa manta gelada.Outros projetos seguem paralelos; como a exploração do mais profundo lago já encontrado na superfície oculta da Antártida. Esses lagos são chamados subglaciais tal como rios que, apesar da água petrificada acima deles, conservam água líquida em virtude de um fenômeno de aquecimento provocado pelo jogo de pressões entre terra e gelo. Um dos mais conhecidos desses lagos é o Vostok, no leste antártico; mas um primeiro robô submarino será enviado para pesquisar outro lago, o Ellsworth, no oeste. Enquanto isso, do outro lado do mundo...

Verão Sem Gelo no Pólo Norte: Cientistas do US National Snow and Ice Data Center, Colorado, alertam: entre 2008 e 2009, neste verão, pela primeira vez na História desta Humanidade, o gelo pode desaparecer do mar Ártico, no Pólo Norte e, então, será possível alcançar o Pólo navegando em mar aberto. Este pode ser um marco importante do aquecimento global, em um processo de mudanças radicais no cenário geo-climático do planeta com evidentes e importantes conseqüências para as relações socioeconômicas entre as nações. Um exemplo, além da navegação livre até o Pólo, é a possibilidade de abertura de uma nova frente de exploração de petróleo e minério nas águas polares, antes inacessíveis por causa da camada de gelo.


Modelos de simulação do clima global mostram o degelo no Ártico desde 1955 e sua projeção até 2050.
Na Rússia, desde 2004, o Calculus Mathematics Institute of the Russian Academy of Sciences, que trabalha com modelos de evolução do clima simulados em computador, vem divulgando prognósticos de um drástico aquecimento planetário nos próximos 90 anos.

Existem 17 modelos como o dos russos e norte-americanos "rodando" em processadores de vários países, metade deles, nos Estados Unidos. Todos trabalhando com informações comparadas e índices de emissão de gases como o Carbono, o Metano, os gases vulcânicos e outros produtos de origem humana. Os números indicam que a temperatura pode subir até seis graus centígrados no Hemisfério Norte. No Hemisfério Sul, apenas dois ou três graus. Profetizou o místico russo Rasputin [1864-1916]:

Na Sibéria crescerá a videira
e muitos palácios de São Petersbugo
serão embelezados com pés de limão...

FONTES:Hidden area beneath Antarctic ice revealed por Richard Gray
IN Telegraph/UK publicado - em 22/06/2008
Polar scientists reveal dramatic new evidence of climate change por Steve Connor
IN Independent/UK - publicado em 27/06/2008


O Mistério de Stonehenge


                                                             image;moiseslima.wordpress.com.br
Stonehenge é um mistério, sua construção e propósito até hoje não foi claramente desvendado. Existem diversas lendas e mitos a respeito, houve quem atribuísse sua construção aos Druídas e também aos Romanos, mas são hipóteses descartadas. Quanto aos Druídas, foram encontradas evidências de que eles encontraram pronto e utilizaram o monumento megalítico de Stonehenge para fins religiosos.
Os mistérios deve-se a curiosidade de saber como os homens primitivos puderão ter colocado os blocos naquelas posições, existem pedras que pesam 50 toneladas. Qual seria também o verdadeiro propósito da construção de Stonehenge?



                                                      image;moiseslima.wordpress.com.br
O astrônomo Sir Fred Hoyle, acredita que Stonehenge é um computador pré-histórico, que servia para prever os eclipse do sol e da lua.
A estrutura de Stonehenge, formada por círculos concêntricos de pedra, foi construída em três períodos distintos que, começou por volta de 3100 a.C, período em que foi construída a vala circular de 97,54 metros de diametro; passou por um segundo período de construção em 2150 a.C; o terceiro período de construção começou em 2075 a.C e terminou por volta de 1500/1100 a.C. Estimaram estudos arqueológicos.


                                                            image;moiseslima.wordpress.com.br
Segundo estudos arqueológicos, Stonehenge foi construído na idade do bronze, por volta de 3000 a.C, quando os construtores trouxeram as pedras das montanhas de Presili, a quilômetros de distância de Salisbury. Recentes descobertas, diz que a construção de Stonehenge está relacionada com a existência do povoado Durrington, situada perto de Salisbury, uma aldeia neolítica do Reino Unido, onde os arqueólogos encontraram uma espécie de réplica de Stonehenge, em madeira.
os construtores do monumento Stonehenge tinham um conhecimento matemático surpreendente que envolveram o conceito matemático de (Pi) na construção dos círculos concêntricos.



                                                      image;moiseslima.wordpress.com.br
A ciência ainda não consegue responder a mais um grande mistério da humanidade.
Fotos de Stonehenge - Google Imagens.
Fontes de Pesquisa:
- Revista Galileu, Outubro de 2005.
- Revista Seleções de 1997.



IMPACTO DE TUNGUSKA AINDA CAUSA POLÊMICA ENTRE CIENTISTAS


Impacto de Tunguska ainda causa polêmica entre cientistas
 Batizado como Evento de Tunguska, o impacto na atmosfera ocorreu às 07h17 da manhã.

Devido à rotação da Terra, se o meteoro tivesse atingindo a atmosfera cinco horas mais tarde destruiria por completo a cidade de São Petersburgo, na época capital do Império Russo.
Editoria: 
Sexta-feira, 15 jul 2011 - 06h26 

Na manhã de 30 de junho de 1908, uma gigantesca bola de fogo penetrou na alta atmosfera na região centro-norte da Sibéria. Na ocasião, mais de 2 mil quilômetros de florestas foram completamente devastados por um meteoro de 110 toneladas, que criou uma bola de fogo com energia similar à explosão de 185 bombas atômicas similares à de Hiroshima. 

Batizado como Evento de Tunguska, o impacto na atmosfera ocorreu às 07h17 da manhã. Devido à rotação da Terra, se o meteoro tivesse atingindo a atmosfera cinco horas mais tarde destruiria por completo a cidade de São Petersburgo, na época capital do Império Russo.

De acordo com Don Yeomans, cientista-chefe do NEO, Laboratório de Objetos Próximos à Terra, da Nasa, a bola de fogo foi provocada por um objeto de cerca de 110 toneladas, que entrou na atmosfera a 54 mil km/h. Durante a rápida imersão o bólido aqueceu o ar ao seu redor a uma temperatura de 24 mil graus Celsius.


Por ser uma região totalmente inóspita, a explosão foi ouvida por poucos moradores locais, mas de acordo com relatos da época a luminosidade foi tão intensa que durante os dois dias seguintes era possível ler livros na cidade de Londres, há mais de 10 mil quilômetros de distância. Modelos matemáticos recentes mostram que a onda de choque gerada pelo impacto circundou a Terra por duas vezes através da atmosfera.

Apesar da explosão ter ocorrido em 1908, os primeiros estudiosos chegaram ao local somente 19 anos depois, após uma série de tentativas frustradas de se atingir a região, dificultadas pelas severas condições siberianas e pala falta de interesse do regime czarista.

Devido o impacto ter ocorrido a aproximadamente 9 mil metros de altitude, não houve marcas ou crateras deixadas na superfície, mas pelo menos 2 mil quilômetros de florestas foram completamente destruídas abaixo do local do ponto de entrada. O fato gerou uma grande quantidade de opiniões divergentes e conspiratórias, entre elas a possibilidade da queda de uma nave espacial e até mesmo a explosão de uma bomba alienígena.

Estudos
Em julho de 2008, um grupo de cientistas europeus confirmou terem encontrado evidências de alta concentração de chuva ácida na região do desastre siberiano, o que fortaleceu a teoria do impacto espacial.

A conclusão estava baseada no estudo do perfil de amostras de turfas retirados da região do desastre, que foram mantidas intactas pelo gelo permanente da região. Nas amostras foram encontrados elevados níveis de nitrogênio pesado e isótopos de carbono 15N e 13C, sendo que as maiores concentrações foram medidas nas áreas do epicentro da explosão e ao longo da suposta linha de entrada do objeto cósmico.

Chuva Ácida

O estudo mostrou que pelo menos 200 mil toneladas de nitrogênio foram precipitadas sobre a região de Tunguska no momento do impacto. "A fulgurante entrada espacial produziu temperaturas extremamente altas. O oxigênio na atmosfera reagiu com o nitrogênio produzindo uma grande quantidade de óxidos de nitrogênio", disse a pesquisadora Natalia Kolesnikova, autora do estudo e ligada à Universidade de Moscou.

Processos Extraterrestres

De acordo com Evgeniy Kolesnikov, especialista em isótopos e estudioso do Evento Tunguska há mais de 20 anos, o nível de acumulo de carbono 13C registrado nas amostras de trufas de 1908 não pode ser explicado por processos terrestres naturais e sugere que a catástrofe de Tunguska tenha realmente origem cósmica.

Tatjana Böttger, ligada ao centro Helmholtz, concorda Kolesnikov. Segundo ela, a causa mais provável seria o impacto de um asteroide do tipo-C como 253 Mathilde ou até mesmo um cometa, como Borelly.

Até hoje, não existe um consenso entre os cientistas sobre o que teria provocado o evento de Tunguska, com as teorias divididas entre a colisão de um meteoro ou choque de um cometa contra a alta atmosfera, mas os estudos mais recentes do episódio fortalecem a hipótese de que o agente causador do impacto tenha sido de fato um pequeno cometa.

Fotos: Imagens registradas em 1927 pelo mineralogista soviético Leonid Kulik, especialista em meteoritos e líder das primeiras expedições à região de Tunguska. As cenas mostram a localidade siberiana abaixo do impacto do objeto, caracterizada pelo efeito de "entortamento" das árvores. Efeito semelhante só seria visto novamente em 1945 na cidade japonesa de Hiroshima. Crédito: Wikimedia Commons e Museu Natural de São Petersburgo.



As Estatuas da Ilha de Páscoa

                                                                              imagens fonte:www.e-farsas.com

São enormes esculturas de pedra, elas estão por toda a Ilha de Páscoa(Chile), mas recentemente descobriu-se que as cabeças tem corpos!!
Acredita-se que foram construídas por volta de 1200 a 1500 D.C pelo povo Rapanui, mas como o povo rapanui moviam tanto peso? Como moldava as pedras vulcânicas(Duras)?
A estatística é que eram 900, para um povo de 4.000 habitantes?


Portais Magnético ao Redor da Terra.


Recentemente, uma curiosa singularidade foi descoberta, contrariando todos os conceitos antes imaginados pelos cientistas. Apesar de parecer ficção científica, não é. Trata-se de um estranho fenômeno onde portais magnéticos se abrem a cada oito minutos para conectar o planeta Terra e o Sol! Quando esses portais se abrem, uma enorme quantidade de partículas, muito energéticas, viajam por até 150 milhões de km/h pela passagem. O nome intitulado a singularidade é “evento de transferência de fluxo”.


É importante ressaltar que isto foi descoberto há pouco tempo pelos cientistas, que antes, não faziam ideia da existência desses portais, embora já acreditam que nosso planeta e o Sol estavam de alguma forma conectados. Eles perceberam que partículas emitidas pelo vento solar seguem as linhas do campo magnético que conectam atmosfera solar com o escudo magnético que envolve a Terra.

A teoria mais provável para o fenômeno que é o lado do planeta iluminado pelo Sol pressiona o campo magnético terrestre contra o solar, e a cada 8 minutos, esses campos se conectam por entre 15 a 20 minutos, formando um portal onde partículas podem fluir. Os portais possuem a forma de um cilindro e possuem um tamanho 4 vezes maior que nosso planeta. Os pesquisadores se basearam em simulações computadorizadas com dados obtidos e concluíram que esses portais tendem a se formar sobre a região equatorial do planeta até que em dezembro eles deslizam para o Polo Norte, e em julho, para o Polo Sul, mas não sabem ainda o motivo desses portais se abrirem a cada oito minutos.

Os pesquisadores já sabiam que a Terra e o Sol deveriam estar conectados. Por exemplo, partículas solares incidem na Terra constantemente por causa do vento solar e freqüentemente seguem as linhas do campo magnético que conectam a atmosfera do Sol com a terra firme. As linhas do campo permitem que as partículas penetrem a magnetosfera da Terra; o escudo magnético que envolve nosso planeta.


Mais de um FTE podem se abrir em um mesmo momento e eles ficam abertos entre 15 e 20 minutos. Algumas medições foram feitas com sondas da Agência Espacial Europeia e da NASA que voaram através destes cilindros e nas suas bordas. Apesar das sondas terem conseguido medir a largura de um FTE o seu comprimento ainda é incerto. Mas uma medida preliminar concluiu que teria mais de 5 raios da Terra (um raio da Terra tem cerca de 6.400 km).

O evento conhecido como ETI (Transferência de Fluxo de Eventos) ocorre no momento em que é gerado pela abertura do portal.

Fonte: Internet, Google

CONHEÇA UM DOS OBJETOS MAIS INTRIGANTES DO MUNDO, A "TURBINA DO EGITO"



Um dos objetos mais intrigantes do mundo, que ainda não foi explicado pelas teorias convencionais da história humana, é a chamada “turbina do Egito”. A peça, atualmente em exibição no Museu Egípcio do Cairo, foi encontrada na localidade de Saqqara, em 1936. Brian Walter Emery, um respeitado egiptólogo, estava no local, fazendo escavações na tumba do príncipe Sabu, nas margens do delta do Rio Nilo, quando encontrou o objeto. A “turbina” foi feita com material desconhecido, de difícil manipulação, até mesmo para as ferramentas modernas, por contar com três camadas superpostas, bastante rígidas.

Esta improvável “turbina” foi construída, de acordo com sua catalogação científica, há mais de 5.000 anos no Egito, ou seja, segundo a história, 1500 anos antes da invenção da roda. Ela possui 61 centímetros de diâmetro e um desenho bastante aerodinâmico. Sua disposição trilobular é a mesma usada atualmente na engenharia naval, em turbinas de navios e usinas de energia. Mas a questão é: como é possível explicar esse objeto, construído milhares de anos antes de qualquer evolução tecnológica? Teria o mundo um passado remoto semelhante ao nosso presente, com barros, motores e indústrias? E, se esse passado existiu, o que aconteceu com ele? E se não, como foi possível a construção deste objeto, uma turbina de dimensões tão precisas, com um material tão complexo? E mais curioso ainda: por que existe apenas uma?

Algumas hipóteses tentam explicar o conflito histórico. Dentre elas, há quem defenda que o objeto era utilizado como um artefato para queimar incenso, e sua forma seria apenas uma feliz coincidência. Se é assim, por que este objeto foi colocado perto do túmulo de um faraó? Diante de tantas perguntas e poucas explicações, as teorias sobre alienígenas ancestrais também são apresentadas como respostas por muitos que acreditam na vinda de civilizações extraterrestres ao nosso planeta.

FONTE: UFOPOLIS


O Fim de um Tempo Segundo... O Código da Cruz de Hendaye


OCULTISMO/PAÍS BASCO. Poucos reparam nela, um monumento modesto, um cruz de pedra esculpida ladeada por cipestres, datada entre os séculos XVII e XVIII (anos de 1600 e 1700). 

Originalmente instalada no cemitério de Bidasoarra (ou Bidasoa), em 1842, foi transferida para a área externa da Igreja de São Vicente de Hendaye, na Place de La Republique, em frente à Câmara Municipal.

* HENDAYE. Comuna francesa da região administrativa da Aquitânia, região fronteiriça entre Espanha e França.

A base do monumento contém misteriosas inscrições que foram decifradas pelo não menos misterioso alquimista francês Fulcanelli (1839-1923), autor de O Mistério das Catedrais entre outras obras ocultistas. Segundo Fulcanelli a mensagem aos pés da cruz indicam a data do Fim de um Tempo e esta data é... coicidentemente 21 de dezembro de 2012. 

Sobre a cruz, Fulcanelli escreveu, em O Mistério das Catedrais (1926): Os ornamentos (os símbolos) no pedestal cruz são milenares e primitivos, os mais raros que já encontrei. O obscuro artesão dessas imagens possuía uma ciência profunda, um conhecimento real de cosmografia.

É no penúltimo capítulo daquele livro que Fulcanelli descreve a cruz de Hendaye e seus esforços para traduzir o simbolismo criptografado que anuncia o fim de um Tempo. O tema foi retomado no fim do século passado por dois pesquisadores norte-americanos, Jay Weidner e Vincent Bridge no livro Os Mistérios da Grande Cruz de Hendaye, 1999. 

SIMBOLISMOS


A base da cruz, retangular, contêm inscrições em suas quatro faces. Uma deslas mostra um sol com um rosto humano cercado por 16 raios que lembram a representação solar típica dos Incas. 

O número 16, nas cartas do Taro, considerado um livro ocultista codificado, corresponde à figura da Casa de Deus, considerada a pior lâmina do conjunto, indicativa de desastres e mortes, cuja ilustração mostra uma torre desmoronando matando cujas pedras atingem dois personagens. 

Em outra face aparece uma lua minguante com rosto humano. No Taro, a carta da Lua minguante, lâmina 18, representa ilusões, doenças, feitiços. Reduzida a um dígito, é o número 9, O Ermitão, indicando uma solidão necessária para a reflexão, figurada por um velho envolto em um manto carregando uma lâmpada em uma das mãos enquanto a outra oculta um livro, a Sabedoria proibida aos profanos. 

Um terceiro lado ostenta uma única estrela com oito pontas. O número oito entre seus muitos signignificados, é um símbolo chamado Leminiscato, representando a serpente que morde a própria cauda ou os infinitos ciclos de renovação do Universo. No Taro, é personificado pela balança da Justiça.

A quarta parte da mensagem é um círculo ovalado dividido em quatro partes. Em cada uma uma dessas partes aparece a letra A que Fulcanelli interpretou como representativas das quatro idades da Humanidade: Idade do Ouro, quando as pessoas viviam em harmonia com a Natureza; a Idade de Prata, quando o Homem caiu na senda do sofrimento, entre trabalhos penosos e uma vida cheia de temores; a Idade do Bronze, marcada pela ferocidade mútua entre os Homens e se especilizaram em matar-se mutuamente; e, finalmente, a Idade doo Ferro (na Doutrina Secreta budista - o Kali Yuga atual) uma época marcada por todo tipo de violência: guerras, dominação, ganância, embrutecimento do espírito.


A CRUZ É A ÚNICA ESPERANÇA


Para Fulcanelli as inscrições da cruz de Hendaye indicam um alinhamento entre sol, lua e estrelas (sendo que os ocultistas antigos chamavam planetas de estrelas e vice-versa em sua linguagem cifrada) que anunciam o fim de um Ciclo (ou Idade). 

Escrevem Weidner e Bridge: Seu simbolismo revela um tempo de destruição ao longo de 20 anos antes do Equinócio de outono de 2012, quando o alinhamento planetário e solar formarão uma cruz em ângulos retos. 

O auge dessa formação ou sua completude deverá ocorrer no solstício de inverno de 2012, concluem os pesquisadores a partir de complexos cálculos astronômicos.

As inscrições são complementadas com uma frase em latim, gravada no braço horizontal da cruz, no alto da coluna. A frase foi escrita de modo estranho, como se fosse um anagrama: O crux ave spes unica (A cruz é a única esperança). Porém, no monumento de Hendaye as palavras estão agrupadas em dois blocos: OCRUXAVES e PESUNICA. Fulcanelli acreditava que esse erro foi proposital e esconde várias chaves de significado.

No reverso deste braço horizontal está escrito: INRI, que poderia ser facilmente entendido como referência ao Cristo Jesus (Iesus Nazarenus Rex Iuedorum) mas, para Fulcanelli esse anagrama tem outro significado: Natura Renovatur Igne Integra ou seja - (A) Natureza Renova-se Integralmente no (pelo) Fogo.

FONTES:
La cruz que anuncia el fin del mundo.
NOTICIAS DE GIPUZKOA/PAÍS BASCO, publicado em 16/12/2012.
[http://www.noticiasdegipuzkoa.com/2012/12/16/sociedad/euskadi/la-cruz-que-anuncia-el-fin-del-mundo]
La Cruz de Hendaye.
EL ULTIMO CODICE, PUblicado em 30/06/2009.
[http://goaraya.blogspot.com.br/2009/06/la-cruz-de-hendaye.html]


Puma Punku foi construído por extraterrestres?


Puma Punku é um conjunto de ruínas na Bolívia que tem atraído a atenção de arqueólogos e ufólogos. Por que estas pedras atrairam dois grupos aparentemente opostos?
As ruínas são o que resta da pirâmide Pumapunku, um templo que ficava pelo menos 56 metros de altura. Ele está localizado em Tiahuanaco, perto do Lago Titicaca, uma região associada com a cultura  pré-inca. Os arqueólogos acreditam que o templo pode ter sido construído para adorar o deus Viracocha, mas não há evidência definitiva de qualquer maneira.
Mas o mistério real está em como Puma Punku foi construída. Muitos dos blocos pesava 200 toneladas e alguns com 450 toneladas! Como esses blocos foram trazidos para um local com 13.000 pés de altura?

Enquanto o método de Stonehenge é muitas vezes explicado como sendo pedras que rolaram acima de troncos de árvores, Puma Punku está num planalto estéril. A roda não tinha supostamente sido inventado por esse ponto, deixando os arqueólogos sem uma explicação.
Uma vez que as pedras foram trazidos para o local, eles foram cortadas com tanta precisão que poderiam ser se encaixar como peças de quebra-cabeça.
Algumas dessas pedras têm ranhuras perfeitamente retas com apenas 1 cm de profundidade. Há também buracos que foram perfurados perfeitamente no granito. Uma tribo antigo seria capaz de fazer essas marcas nas pedras? Quais as ferramentas que eles tinham à sua disposição, e de onde eles vêm?



Especialistas estrangeiros acreditam que as pessoas que construíram estas pedras tinham contato com seres extraterrestres. Isso é muitas vezes referida como a "teoria de antigos astronautas". Estes seres teriam completamente construído o templo ou ajudado os humanos em sua construção, fornecendo instruções e ferramentas avançadas.
Os cientistas chamam estas ideias de teorias, mas não podem fornecer qualquer explicação melhor de como os seres humanos primitivos poderiam cortar e levar pedras de 200 toneladas sem a capacidade de ler ou escrever.



Escrito por M.F. Luder
Fonte: http://arquivoufo.com.br/2013/04/06/puma-punku-foi-construido-por-extraterrestres/


Antártida: O Mistério do Portal do Tempo

A escavação top secret

ANTÁRTIDA – Cientistas russos de uma estação de pesquisas instalada no Pólo Sul próxima ao giganteso lago sub-glacial Vostok vêm relatando misteriosas anomalias e incidentes. Em abril de 2001 um satélite espião norte-americano teria feito uma descoberta espantosa: detectou a existência de uma estrutura antiga, algo semelhante a uma máquina, oculta sob uma densa camada de gelo. O caso foi abafado nos midia mas, secretamente, militares norte-americanos começaram uma escavação no local.

Na época, um assessor do então presidente da França, Nicole Fontaine, comentou: Se é algo que os EUA construíram lá então isso seria violação do Tratado Internacional da Antártida. Se não é, então é algo que está lá há pelo menos 12 mil anos, tempo estimado em aquele local está coberto de gelo. Isso tornaria tal artefato a estrutura mais antiga construída pelo homem neste planeta.

Observadores militares acreditavam que os norte-americanos haviam enviado ao Pólo Sul uma poderosa máquina de escavação movida a propulsão nuclear, a Subterrene. Esta super-escavadeira é um enorme veículo cilíndrico que pode conter uma tripulação de 4 a 6 pessoas. Testada em Nevada, no Colorado e no Novo México, foi projetada para perfurar estratos de rocha dura e gelo. As autoridades norte-americanas ignoraram os questionamentos e não deram nenhuma informação.

Pouco tempo depois a Antártida Oriental foi abalada por um terremoto incomum. Os sismólogos localizaram o epicentro exatamente no local onde estava enterrada a misteriosa estrutura. Ao mesmo tempo, uma anomalia magnética foi registrada na região extendendo-se até a base russa de Vostok. Os cientistas russos ficaram chocados e confusos.


2002: DESAPARECEM OS REPÓRTERES

Quando aconteceu o ataque terrorista às torres gêmeas, em Nova Iorque, o foco a atenção mundial voltou-se para o episódio e os midias deixaram de lado o mistério da Antártida. Em novembro de 2001, uma equipe de televisão da Califórnia que foi fazer uma reportagem na Antártida, desapareceu. Porém, a equipe de resgate enviada pela Marinha dos Estados Unidos conseguiu recuperar, entre os pertences dos jornalistas, um video onde aparecia uma máquina que parecia ser alienígena. O video foi boicotado e jamais exibido pela emissora, que perdeu seus profissionais.


Porém, fatos insólitos continuaram acontecendo. Uma equipe de cientistas dos EUA e do Reino Unido testemunharam um estranho fenômeno que definiram como criação de um vórtice de tempo. A física norte-americana Mariann McLein testemunhou o surgimento de uma névoa giratória. À princípio, pensaram tratar-se de um tempestade polar em formação mas, o vórtice espiral não se dispersava. Apesar das rajadas de vento e das nuvens se movendo, o vórtice cinza permanecia estacionário.

Para analisar o fenômeno, os cientistas decidiram enviar um de seus balões meterorológicos a fim de obter as medidas de temperatura, pressão barométrica, umidade, velocidade do vento além de um cronômetro para registrar a duração da experiência. O balão foi conectado a um guincho e liberado. Ao aproximar-se do vórtice, o balão e os instrumentos a ele acoplados foram imediatamente sugados e desapareceram. Todavia, não foram perdidos; continuavam conectados ao guincho.


Área de instabilidade: intensa anomalia magnética


PORTAL DO TEMPO

Depois de alguns minutos, os cientistas começaram a recolher o cabo e apesar de alguma dificuldade conseguiram recuperar o balão. Ao verificarem os instrumentos de medição, a leitura do cronômetro surpreendeu a todos. O indicador de data marcava: 27 de janeiro de 1965. O experimento foi repetido várias vezes e apresentou o mesmo resultado. A Casa Branca e sua cúpula militar foram informados. O vórtice foi chamado, então, Gate Time – Portal do Tempo.

Como o Portal ou Vórtice do Tempo surgiu em local muito próximo e na mesma época da descoberta da não menos intrigante máquina sepultada no gelo, os cientistas consideraram a possibilidade dos dois acontecimentos estarem relacionados. As autoridades permanecem caladas e o mistério permanece até hoje.

FONTE: AYM, Terrence. Deadly time vortex appears over Antarctica.IN Before Its News, publicado em 12/02/2011
[http://beforeitsnews.com/story/553/845/Deadly_time_vortex_appears_over_Antarctica.html]



O Mistério dos Gigantes de Marcahuasi


Los Gigantes de Marcahuasi (Peru)
NO YOUTUBE IN  [http://youtu.be/Imwuj2famrY]
Postado em 08/05/2011
PERU. 25 DE DEZEMBRO DE 2010. Gladys Córdoba gravava um vídeo da paisagem da região de Marcahuasi (ou Markawasi), no Peru, quando flagrou a presença de humanoides gigantesco no alto de uma colina rochosa.

É um vídeo caseiro no qual, à distância, porém com relativa nitidez, as silhuetas de duas pessoas são vistas, escuras, delineados contra o sol. Porém, quando um dos indivíduos se levanta, sua altura descomunal surpreende e até assusta Mrs. Córdoba e sua filha, cujas interjeições de espanto ficaram registradas.

Mas esta não foi a primeira vez que os Gigantes de Marcahuasi foram vistos. Naquela região, Andina - outros relatos testemunham sua existência. Eles foram vistos em diferentes lugares do Peru e sua presença, não raro, está relacionada com avistamentos de OVNIs e/ou fenômenos relacionados (como luzes estranhas no céu).


Entre 500 e 1475 d.C., Marcahiasi foi habitada pelas chamadas Yunga e Yauyo, até que uma  horda hostil de guerreiros Incas invadiu o território.

Ali também desenvolveu-se a misteriosa Cultura Masma, muito anterior ao Império do Sol (Incas, 1200-1533 d.C) que, segundo o pesquisador Daniel Ruzo (criptólogo, arqueólogo, fotógrafo peruano, 1900-1991) dominou aquelas montanhas cerca de 10 mil anos atrás, localizadas há 4 mil metros acima do nível do mar.

Entre os camponeses do lugar, nativos. acredita-se na existência de cavernas subterrâneas no Planalto onde estariam localizadas entradas ocultas para um assombroso mundo subterrâneo.

Ali, as pessoas falam sobre comunidades que se mantêm isoladas do resto do mundo, em segredo, integradas por estranhas pessoas que se vestem de branco e fazem suas moradas nas estranhas de altas montanhas.


Os mistérios de Marcahuasi foram revelados no livro Marcahuasi, A Fantástica História de um Descobrimento (1952), do pesquisador Daniel Ruzo: um estudo detalhado de algumas curiosas figuras de pedra encravadas nas montanhas que, em determinadas épocas do ano, sob a influência da luz do sol da estação, mudam de forma - de fato, assumindo gigantescas feições humanas.

FONTES
Video Insólito: Mujer graba lo que podría ser un gigante.
FAN-ESPETACULOS, publicado em 11/07/2013
[http://www.cfanespectaculos.com/novedades/item/55907-video-ins%C3%B3lito-mujer-graba-lo-que-podr%C3%ADa-ser-un-gigante]
PRATT, David. Lost Civilizations of the Andes ´Part 1.
IN DAVID PRATT INFO, publicado em janeiro de 2010
Acessado em 1272013
[http://davidpratt.info/andes1.htm]

O Mistério da Gruta das Conchas


UK. A Gruta da Conchas (the Shell Grotto), localizada em Margate, na ilha de Thanet - condado de Kent - Reino Unido, é um desse lugares misteriosos do mundo onde a mão humana fez maravilhas sem deixar pistas sobre seu autor.

Foi descoberta em 1835 quando morador da região, James Newlove e seu filho, Joshua, cavavam um grande buraco a fim de construir um tanque (para os patos).

Foi o garoto que viu e contou ao pai: tinha encontrado um buraco no chão. Cuidadosamente, o menino desceu mais e deparou-se com cenário inesperado: uma galeria subterrânea completamente decorada, coberta de conchas do mar.



Ao ver a maravilha, Newlove logo percebeu o potencial econômico da descoberta. Instalou lâmpadas à gás para iluminar as passagens e, três anos - em 1838 - depois a gruta foi aberta ao público.

Exame posterior do lugar revelou que a elaborada obra demandava o uso de 4,6 milhões de conchas revestindo as paredes e estruturas construídas, de pedra. Sâo cerca 190 m² de elaborados mosaicos em um recinto que tem quase 3 metros e meio de altura e e 21 metros de comprimento.

Ali existem um altar, figuras de deuses, deusas e outras imagens, símbolos dispostos ao longo de uma passagem subterrânea sinuosa que termina em uma sala retangular (que chamada de câmara do altar).



NO YOUTUBE
VIDEO 1 - postado em maio de 2011, mostra o interior da misteriosa Shell Grotto.
[http://youtu.be/zPdeMFg96eE]
VIDEO 2, postado em maio de 2008, 6:51 minutos de duração. Entrada da Gruta.
[http://youtu.be/xY9rnoIiozs]

A visão do local foi uma grande surpresa para os moradores de Margate. Seus construtores, até hoje são completamente desconhecido; não há pistas. Na região ninguém jamais ouvira falar daquela galeria e não constava em nenhum mapa nem registro, jornalístico ou literário.

Muitos especularam (e especulam) sobre a origem da Gruta das Conchas: para alguns, é um antigo templo; outros acham que ali foi um ponto de encontro de alguma seita (ou sociedade) secreta. As avaliações em torno da idade da construção também é incerta e há quem lhe atribua até 3 mil anos. Muitos acreditam que seja uma obra dos Cavaleiros Templários.

As conchas são do ecossistema local mas alguns dos símbolos têm sido associados à cultura Fenícia. Os testes com a medição do Carbono 14 não se aplicam ao lugar porque os níveis desse elemento químico foram significativamente alterados quando a Gruta foi  achada, por causa do uso das lâmpadas à gás.

A argamassa que serviu à fixação das conchas foi examinada mas isso apenas aumentou o enigma porque os cientistas não conseguiram determinar sua composição exceto pelo fato de que é feita à base de peixe. 

Além disso, depois de sua descoberta, o lugar sofreu várias alterações (violações): caçadores de souvenirs arrancaram várias conchas, que foram substítuídas pelos administradores; um novo arco foi introduzido ainda no século XIX (anos de 1800) e, durante a Segunda Guerra, a parede leste da Câmara do Altar foi destruída por uma bomba.

Hoje, a Gruta das Conchas é um ponto turístico dotado de uma infraestrutura para receber visitantes que inclue um museu, uma loja de presentes e um Café. 
A Shell Grotto tem até website oficial: THE SHELL GROTTO [http://shellgrotto.co.uk/].

FONTE: La misteriosa "Gruta de las Conchas".
DIARIO VELOZ/ARGENTINA, publicado em 05/05/2013.
[http://www.diarioveloz.com/notas/93809-la-misteriosa-gruta-las-conchas]


O Segredo do Pilar de Delhi


O Pilar de Delhi tem esse nome porque está localizado chamado Qutub complex ou Qutb Minar, região de Mehrauli, Distrito Sudoeste do estado indiano de Delhi. 
FOTO: Mark A. Wilson (Department of Geology, The College of Wooster) - Maio, 2008. 
INDIA. EM 2002, cientistas do Instituto Indiano de Tecnologia - IIT, em Kanpur (cidade do estado indiano de Uttar Pradesh), descobriram, finalmente, o mistério tecnológico que tem mantido, por mil e 600 anos, o ferro que constitui famoso Pilar de Delhi, imune à corrosão apesar das condições meteorológicas adversas às quais está exposto (clima úmido, subtropical).

Os pesquisadores do IIT detectaram uma fina camada de um composto de ferro, oxigênio e hidrogênio - composto denominado misawite (d-FeOOH). Tal substância funciona como um filme protetor que se auto-fortalece com passar do tempo, ou seja, não se desgasta, ao contrário, torna-se mais espesso.

Algo espantoso é que, de acordo  com os estudos, essa película protetora "formou-se" - naturalmente - três anos depois da construção do Pilar, resultado de uma reação química muito específica, um fenômeno catalítico produzido pela presença de uma elevada quantidade de Fósforo presente na composição do ferro com o qual foi forjado o monumento.


A reação catalítica constitui-se, justamente na formação dessa camada externa protetora que vem crescendo', lentamente tornando-se mais e mais eficaz desde então. Segundo o cientista do IIT, R. Balasubramaniam, nesses mil e seiscentos anos, a camada demisawite ganhou um vigésimo de milímetro de espessura.

Este elevado teor de Fósforo deve-se a um processo único de metalurgia do Ferro praticada na Índia Antiga. Tal processo transforma minério de ferro em aço com um só procedimento que consiste em misturar carvão ao material em fusão.

O Pilar de Delhi tem 7,3 metro metros de altura e pesa mais de seis toneladas. A identidade do monarca, rei ou marajá que o mandou erigir é um mistério. Muitos aceitam que tenha sido Kumara Gupta, da Dinastia Gupta, que governou o norte da Índia entre 320 e 540 d.C..

Em seu estudo publicado no jornal Current Science - R. Balasubramaniam destaca que o Pilar ...é um testemunho 'vivo' da avançada metalurgia da Índia Antiga... As aplicações dessa tecnologia podem ser inúmeras. 

esquema cinético (projeção da dinâmica do crescimento catalítico da película protetora) que a equipe do IIT projetou pode ser útil no controle da corrosão de longo prazo em recipientes que servem ao armazenamento de lixo nuclear, por exemplo.
 


FONTE: Mystery of Delhi's Iron Pillar unraveled.EXPRESS INDIA, publicdo em 18/07/2002
[http://expressindia.indianexpress.com/news/fullstory.php?newsid=12824]


Mistério: Colisão de Boeing Com Um OVNI no Céu da China



CHINA. Em 04 de junho (2013) - Um Boeing 757 da Air China, jato de passageiros, realizou uma aterrissagem de emergência depois de haver se chocado no céu, na rota Chengdu-Guangzhou - aos 40 minutos de pleno voo, com um objeto não identificado, há cerca de 8 mil metros de altitude.

O piloto relatou que sentiu e ouviu um forte golpe na parte frontal do avião e fez contato imediato com o controle aéreo, que orientou-o à retornar ao aeroporto de origem (Chengdu). Depois da aterrissagem, percebeu-se que, de fato, a dianteira da aeronave tinha um sofrido um afundamento pronunciado e apresentava vários arranhões na superfície.

Hipóteses foram cogitadas. Os representantes da Companhia Aérea atribuem o acidente ao impacto com um pássaro (... que pássaro enorme!) ...mas os especialistas descartaram completamente essa possibilidade; porque não havia  vestígio de sangue ou penas no local do impacto...

Na internet, noticiários e internautas especulam a possibilidade de choque com um OVNI ou - ainda, com um drone (veículo aéreo humano não tripulado). Um articulista da publicação Aviation Herald sugere uma causa física natural para a deformação da fuselagem metálica: pressão de ar quente...

Diante da polêmica (forteana) o ex-investigador de OVNIs Nick Pope assegurou o óbvio: que somente um exame minucioso do avião pode esclarecer o mistério...

FONTE: ¿Fue un pájaro, un drone o un ovni?: ¿Con qué misterioso objeto chocó este avión?
RT, publicado em 11/06/2013.

[http://actualidad.rt.com/actualidad/view/97076-pajaro-drone-ovni-chocar-avion]
Texas. A Invasão dos Horrendos & Mortais Caracóis Africanos Gigantes

+ FOTOS & VIDEO NA PAGINA DO DAILY MAIL

USA. A cidade Houston, estado norte-americano do Texas, está sendo invadida por caramujos africanos terrestres gigantes.
São criaturas perigosas. A população está sendo advertida: os animais não devem ser tocados porque são portadores de vírus e outros micro-organismos transmissores da meningite.

Os cientistas aconselham, a quem entrar em contato com as criaturas, lavar cuidadosamente as mãos, imediatamente, para prevenir o contágio.


O diretor do Institute for the Study of Invasive Species at Sam Houston State University, Autumn Smith-Herron informou que a meningite transmitida por esses caracóis ... pode causar uma série de danos aos seres humanos levando, em alguns casos, à morte.

O primeiro desses moluscos gigantes foi descoberto, na cidade, na terça-feira - 7 de maio (2013) - no bairro de Briar Forest, por uma mulher que estava trabalhando no jardim de seu quintal. 

Ela tirou uma fotografia do animal e notificou o Lady Bird Johnson Wildflower Center que, na verdade, trabalha com denúncias espécies de plantas invasoras. Quanto àquele primeiro caracol, a mulher não deteve o monstro e... ele fugiu.

FONTE: Deadly giant snails slime their way into Houston, Texas, and can kill by spreading meningitis.
DAILY MAIL, 09/05/2013.

[http://www.dailymail.co.uk/news/article-2321731/Deadly-giant-snails-slime-way-Houston-Texas-kill-spreading-meningitis.html?ito=feeds-newsxml]

Mistério- O Sinal WOW!

O sinal WOW! foi um sinal de rádio forte e de faixa de sintonização estreita detectado pelo Dr. Jerry R. Ehman, em 15 de Agosto de 1977 enquanto trabalhava num projeto do SETI (Search for Extraterrestrial Intelligence – Busca por Inteligência Extraterrestre) no telescópio Big Ear da Universidade do Estado de Ohio. O sinal perfurou marcas esperadas de origem potencialmente não-terrestre e não-sistema solar.  Ele durou 72 segundos, a duração completa que o Big Ear o observou, mas não foi detectado novamente. Ele tem sido o foco da atenção da mídia quando se fala nos resultados do SETI. O telescópio Big Ear foi fixado e usa a rotação da Terra para vasculhar o céu. Na velocidade de rotação da terra, e dada a largura da “janela” de observação do Big Ear, ele pode observar qualquer ponto dado por apenas 72 segundos.  Um sinal extraterrestre, dessa forma, seria esperado ter sido registrado por exatamente 72 segundos, e o registro da intensidade deste sinal iria mostrar um pico gradual pelos primeiros 36 segundos – até o sinal atingir o centro da “janela” de observação do Big Ear – no que nesse tempo iria mostrar uma queda gradual. Então, tanto o comprimento do sinal WOW!, 72 segundos, como sua forma corresponderiam a uma origem extraterrestre. A região do céu em que o sinal foi ouvido situa-se na Constelação de Sagitário, aproximadamente 2.5 graus sul da estrela de quinta magnitude Chi-1 Sagittarii.

fonte;http://vanschiachperchten.blogspot.com.br/search/label/Mist%C3%A9rios%20Inexplic%C3%A1veis


Mistério- O Incrível Caso dos Montanhistas Russos

Até quando os governantes e forças armadas vão esconder da população mundial sobre a realidade de que somos visitados por seres de outras galáxias?

Em 02 de fevereiro de 1959, 9 experientes montanhistas Russos se reuniram formando um grupo que deu inicio a uma expedição, na qual ocorreria um fato que mais tarde se transformaria em um dos grande mistério.

Esse é o mistério sobre o "Incrível Caso dos Montanhistas Russos", também conhecido como "O Incidente do Passo Dyatrov".

A intenção dos montanhistas era a de alcançar uma montanha chamada Otorten (que na língua mansi local significa "Não vá até lá") ao norte dos Montes Urais, o grupo que era liderado pelo montanhista Igor Dyatlov, enfrentava condições climáticas severas onde a temperatura podia cair até -30º C facilmente.

Durante o difícil avanço dos alpinistas, eles se depararam com uma mudança rápida do clima e isso fez com que eles seguissem por uma rota alternativa resultando com que todos tivessem que acampar em uma montanha até então inexplorada pelo grupo chamada Kholat Syakl.
                                                            Os montanhistas

                                                        Os montanhistas

                                                            Os montanhistas

Durante a noite todos se alimentaram e foram descansar para a jornada do dia seguinte. Tudo era anotado em seus diários.
Depois de algumas horas todos se encontravam em um sono profundo quando algo inesperado e terrível ocorreu.

Todos eles deixaram suas barracas ao mesmo tempo apavorados, o pavor do grupo foi tão grande a ponto deles rasgarem as barracas pelo lado de dentro para facilitar a saída.
Sem motivo aparente o grupo de montanhistas abandonou todo o material de alpinismo e abrigos de frio para trás dentro de suas barracas, estavam tão desesperados que também não se preocuparam em colocar as botas o que fez com que eles corressem descalços pela neve.

Quando as autoridades locais chegaram ao local do ocorrido deram inicio rapidamente a uma detalhada apuração dos fatos.
Ficou constatado que os montanhistas abandonaram o local rapidamente saindo somente com a roupa do corpo, até mesmo as roupas de frio mais pesadas e suas botas foram abandonadas.

Algo muito assustador haveria de ter acontecido para um grupo de experientes montanhistas saírem correndo todos juntos e descalços no meio da noite em uma montanha nevada e com temperaturas abaixo de -30º C.

A questão que os investigadores não sabem responder é o que levaria eles a tomarem desesperada ou até mesmo delirante atitude tendo em vista que eles sabiam que não iriam suportar as condições que se encontrariam após a fuga desesperada pela neve.

O corpo de muitos deles apresentava fraturas internas muito estranhas e um deles inclusive estava sem a língua e algumas costelas quebradas.
Outro fato misterioso foi de que os nove tinham seus corpos, como queimados por algo inexplicável e apresentavam uma coloração cor de laranja muito forte e alguns deles estavam, inclusive, com envelhecimento precoce.

O que aconteceu com o grupo de montanhistas que pareciam estar tão contentes em sua expedição?

Ainda hoje as autoridades buscam resposta para o ocorrido, algumas testemunhas que moravam próximas da região montanhosa afirmaram que na noite do ocorrido uma luz laranja ficou pairando nas montanhas, mas, os moradores não souberam identificar o estranho objeto voador.

Nas roupas utilizadas pelos montanhistas foi detectada uma quantidade relevante de radiação, todos esses fatos fizeram com que o insólito caso ficasse ainda mais intrigante.
Demorou aproximadamente 2 meses para encontrar os corpos dos últimos 4 esquiadores sob 4 metros de neve em um vale profundo na floresta.

Três deles tiveram ferimento fatais, como danos significativos ao crânio e costelas fraturadas.
Um perito médico citou que a força necessária para causar tais danos ao corpo seria o mesmo que em um acidente de carro.
O que teria uma força tão fantástica para matar os esquiadores dessar forma?
Moradores locais relataram que em uma certa noite ouviram sons estranhos na região, incluindo gritos e também viram luzes estranhas (como bolas brilhantes), sendo que permaneceram sem energia elétrica durante toda a noite.
Misteriosamente as autoridades soviéticas da época posteriormente proibiram o acesso ao local do ocorrido fazendo com que diversas teorias alimentassem a imaginação até dos mais céticos.

Os esquiadores levantando acampamento na tarde de 2 de Fevereiro de 1959.
       Foto recuperada de um rolo de filme encontrado no local após as mortes deles.
                           Foto do último acampamento dos montanhistas

Em 1990 os documentos referentes ao caso foram abertos ao publico, mas, estava claro que partes dos documentos estavam faltando, o que levou a acreditar que foram retirados pelas autoridades antes que pudessem vir a publico.
                        Corpos de alguns dos montanhistas quando encontrados
          
  Foto da homenagem feita aos 9 montanhistas encontrados mortos de forma           misteriosa

O que realmente teria acontecido com o grupo de montanhistas?
Dizem que através de contatos mediúnicos, obteve-se a informação de que seres extraterrestres fizeram experimentos com eles.
A verdade é que o fato continua sendo um mistério para a ciência e autoridades até os dias de hoje.

fonte;google,http://vanschiachperchten.blogspot.com.br/search/label/Mist%C3%A9rios%20Inexplic%C3%A1veis


Portais e Dimensões Paralelas

Estão cada vez mais frequentes as citações científicas sobre a abertura de portais interdimensionais nos últimos tempos.

Os "Portais" são teoricamente concebidos como uma lacuna ou ruptura entre dois mundos paralelos.
Também como um abismo ou separação que tem o potencial de unir duas esferas diferentes de energia.
Alguns definem que o Universo possui vórtices ou portais dimensionais que funcionam como pontes para outras dimensões. 

As viagens espaciais do homem em naves mais lentas que a luz é um fato real.
Cujo princípio de funcionamento envolve lançar uma massa de reação para trás a fim de fazer a nave ir para frente.
Muitos destes geradores de energia são alimentados com combustíveis que envolvem grandes volumes de armazenamento.
Difícil mesmo seria na atualidade violar a lei de Newton, e deslocar-se num espaço sem a reação de um propulsor.
Isto tornaria as naves muito mais eficientes, fazendo com que se aproximassem da velocidade da luz.

Existem algumas teorias que admitem a existência de uma “dimensão” diferente na qual a velocidade da luz pode ser excedida. Este hiperespaço faria com que a nave viajasse a velocidades que parecem ser maiores do que a da luz do nosso universo normal e reentrariam no universo “normal” no seu destino.

Por estarem completamente isoladas umas das outras e do universo normal, não captariam nada e não poderiam ser captadas até emergirem.
Talvez uma nave destas características levasse semanas ou meses para viajar entre as estrelas. Nestas circunstâncias, justificaria as aparições de ufos que se materializam num ponto e tornam-se invisíveis em outros.

Pode haver no espaço sideral “pontos de salto” ou conexões.
Permitindo que “uma astronave tire proveito destes pontos de salto, movendo-se de um para outro sem ter de cruzar o espaço que existe entre eles.

Os pontos de salto têm de ser encontrados e mapeados antes de poderem ser usados.
 
“É possível que um ponto de salto leve a todos os outros ou que cada um deles esteja ligado a apenas alguns outros.
Um salto errado pode levar a nave ao um ponto desconhecido, onde ela pode ficar perdida para sempre.”

Talvez estes “Portais” de acesso obedeçam a meridianos não detectados pela ciência atual.
Outras definições, fariam com que se estendessem aqui, diversas explicações para estas aberturas dimensionais, paralelas, seja qual termo queira empregá-la.

Uma forma de comparação no momento atual é o GPS, dispositivo eletrônico do tamanho de um celular onde se verificam várias coordenadas geográficas e outras leituras, localizando-se um ponto qualquer neste globo terrestre. Imagina-se haverem mecanismos não terrestres e nem feito pelo homem contemporâneo, que determinam uma infinidade de recursos de localização, onde temos o sentido, percurso, tempo, abertura dimensional etc. sabendo-se que através destes dispositivos, justificaria um conhecimento ainda maior que indicaria as incalculáveis incursões alienígenas sobre o nosso planeta.

Por outro lado, tais “aberturas” poderiam manifestar-se por condições do próprio universo, ou de outros ainda desconhecidos. Hoje já conseguimos prever determinados fenômenos, muitos deles cíclicos ou periódicos.

Talvez os “Portais” indiquem um condicionante necessário de equilíbrio ou não para a evolução do cosmos.
Determinadas energias que se unindo provocariam essa transferência dimensional.
Existem muitos livros que relatam historicamente, indicando ocorrências dessa fenomenologia.

São indícios fortíssimos que evidenciam fatos além da compreensão humana.
 
São citados casos envolvendo a área do Triângulo das Bermudas, com centenas de desaparecimentos de barcos, navios, esquadrilhas inteiras. Para onde foram! E porque sumiram sem deixar vestígios. 

Outros fatos ocorridos em várias partes do planeta, onde pessoas, grupos e até verdadeiros exércitos desapareceram misteriosamente.
Uma“nuvem” que envolvia a área de ocorrência, indicava muitas vezes o prenuncio destes desaparecimentos.
Talvez estas condições meteorológicas estudadas a fundo pela ciência, possam explicar algum dia os processos que as envolvem.
Mundos paralelos, energias desconhecidas, forças ou “correntes telúricas”, Ovni's e outros meios possam ser ativadores desses “caminhos” ou “aberturas”.
São reais, pois a historia se encarregou de acumular os fatos, evidenciando uma linha do tempo que indicam “portas” ou “canais de acesso”, comparados a um elevador de um grande edifício, onde cada andar indica um caminho, um espaço ou lugar de destino.

Talvez esse fenômeno misterioso seja o responsável pelo desaparecimento misterioso de pessoas, veículos, aviões, barcos e objetos, sendo alguns localizados novamente em locais bem distantes de onde desapareceram, e a maioria nunca mais sendo encontrado.
Falta ainda no curso de nosso tempo atual, saber qual “botão” apertar, para que esta “porta” se abra, e como regressar a este ponto de acesso inicial. Enquanto isso, ficamos a mercê de podermos nos deparar com um desses portais onde menos estejamos esperando.

fonte;Google,http://vanschiachperchten.blogspot.com.br/search/label/Mist%C3%A9rios%20Inexplic%C3%A1veis


Porta secreta descoberta em Machu Picchu


O arqueólogo Thierry Jamin encontrou o que parece ser uma porta escondida nas ruínas da cidade inca.
A descoberta foi feita graças ao engenheiro francês David Crespy que descreveu como um "abrigo", localizada no centro das ruínas. Nas visitas seguintes, Thierry foi capaz de localizar e confirmar a descoberta de uma porta selada no local.
Uma teste eletromagnético no local mais tarde revelou a presença de diversas salas subterrâneas, uma escada e depósitos de ouro e prata. Parecia que Thierry e sua equipe tinha encontrado um tesouro perdido há muito tempo.
Apelidado de "Machu Picchu 2012", o projeto foi estendido enquanto permissão é solicitada às autoridades peruanas para abrir a porta selada e explorar o que há dentro.
Se a equipe de Thierry conseguir ir em frente, ele poderá fazer uma das descobertas mais significativa de Machu Picchu, desde que o local descoberta por Hiram Bingham em 1911.

Escrito por M.F. Luder
fonte: http://arquivoufo.com.br/2013/04/03/porta-secreta-descoberta-em-machu-picchu/



A MISTERIOSA CIVILIZAÇÃO DROPA

As principais características desse povo que habitou uma isolada região do Tibete é o fato deles possuírem uma altura média (de um adulto) de somente 1,20 m, além de ter uma cor amarelada e uma cabeça praticamente calva e grande, como olhos grandes e azulados, além de apresentar um peso médio de 50 quilos.


Os primeiros cadáveres dos Dropa foram descobertos em 1938, numa expedição arqueológica liderada por Chi Pu Tei, professor da Universidade de Beijing. Os esqueletos foram encontrados em complexos sistemas de caverna e túneis artificiais, com paredes cristalizadas. Tais esqueletos eram pequenos e delgados, com grandes crânios.


Nas paredes da caverna havia desenhos do Sol, Lua, estrelas e da Terra, mas a mais importante descoberta do povo Dropa é sem dúvida um misterioso disco de pedra. Tal disco possuía pouco menos que 23 cm de diâmetro e 2 cm de espessura, com um buraco perfeitamente circular no centro. Ali havia um sulco fino em espiral, onde havia coisas escritas. Tal objeto fora datado entre 10 e 12 mil anos a.C., algo mais velho que as Pirâmides do Egito. Ao todo, foram encontrados mais de 700 discos, com caracteres diferentes escritos quase que em tamanho microscópico.


Há tempos que os pesquisadores tem tentado descobrir o significado das inscrições (algo muito difícil, pois a simbologia usada não se assemelhava em nada com as escritas antigas), e acredita-se que sejam as inscrições mais antigas da humanidade. Os pesquisadores tentaram ordenar todos os discos para ver se havia alguma sequência lógica, mas nunca todos os discos foram traduzidos.
Os objetos são formados principalmente por cobalto e outros materiais que o tornam incrivelmente resistentes, o que sugere que para as pequenas inscrições nessas pedras era preciso algum mecanismo especial, incompatível com aquilo que se acredita que havia à 12 mil anos atrás.
Infelizmente, parece que as autoridades não investem recursos suficientes para a melhor exploração dessa isolada região (muitos deses objetos inclusive foram perdidos!), e o mistério de quem fez os discos e porquê, quem era os estranhos humanóides que habitaram essa região, além do real significado de tais inscrições continua continua intrigando pessoas de vários cantos do mundo.
Muitos acreditam na teoria de que o povo Dropa era na verdade uma civilização alienígena que realizou o pouso forçado no Tibete e que não conseguiu de alguma forma deixar o planeta Terra para sua terra natal, mas não há evidências que provem tal teoria e o mistério continua.

fonte;http://misteriosdomundo.com/a-misteriosa-civilizacao-dropa


Crop Circles


Em Yatesbury ─ Inglaterra, um novo crop circle com 122 metros [comprimento] foi descoberto em um campo de cevada. Bela e minuciosa, a imagem representa uma Fênix, a mística ave que renasce das próprias cinzas. Especialistas no fenômeno acreditam que este e outros padrões surgidos recentemente anunciam um cataclisma apocalítico que deveria ocorrer em 21 de dezembro de 2012: o Fim do Mundo segundo o Calendário Maia.

Os maias entendiam que as civilizações existem e desaparecem ao longo de uma série de ciclos terrenos. A duração de cada um desses ciclos seria de 144 mil anos. O próximo fim de ciclo, que é o 13º ciclo da Terra, segundo os maias, estáva previsto para terminar, ou dar sinais um tempo que acabou, a partir de dezembro de 1012.

Karen Alexander, estudiosa dos crop circles, interpreta a figura da Fênix do campo de Yatesbury: "A fênix simboliza o renascimento, uma nova Era, em muitas culturas do mundo. Entre os pesquisadores do fenômeno dos Crop Circles, é corrente a idéia de que ultimamente, os padrões que têm aparecido se referem a este fim de ciclo mais. São padrões que estão se tornando cada vez mais freq6uentes e mais intrincados".

Entre os Crop Circles recentes mais intrigantes destacam-se: uma água-viva gigante e uma imagem muito específica, descoberta em Wiltshire, em junho [2009]: a formação, medindo 46 metros de diâmetro, representa os primeiros dez dígitos do número Pi ─3,14592654 a constante matemática ─ resultante da relaçao proporcional entre o perímetro e o diâmetro de uma circunferência.


O Diabo fazendo seu trabalho no campo: de um folhetim inglês, 1678

Crop Circles ─ ou Círculos nas Colheitas são desenhos gigantescos traçados em vastos campos de cereais por meio do aplainamento da plantação. O fenômeno é polêmico e os estudiosos se dividem quanto à origem desses desenhos: a maioria dos cientistas afirma que são obra humana e, de fato, muitos são reconhecidamente produzidos por "artistas da terra" como Doug Bower e David Chorley, ganhadores do Prêmio IgNobel 1992.

O prêmio Ignóbil, [pois é para ler assim], é uma paródia do Prêmio Nobel, criado e organizado pela revista de humor Annals of Improbable Research, desde 1991. Outros acreditam que, de alguma forma, os crop circles são resultado de fenêmeno natural.

Porém, os ufólogos, especialmente, defendem que muitos e, provavelmente os primeiros destes desenhos nos campos foram feitos por alienígenas, extraterrestres, através de método tecnológico desconhecido. Os primeiros registros desses desenhos que aparecem do nada no meio do campo de cereais datam do século XVII [anos 1600], na Inglaterra, onde foram chamados de Ceifa do Diabo.

Imagens In Telegraph 
Fonte: Fonte: 
Phoenix crop circle may predict end of the world
In Telegraph, UK ─ foi publicado em 15/06/2009



Laos - O Mistério da Planície dos Jarros


LAOS – Neste país asiático localizado na região chamada Indochina, a planície de Xieng Khouang é conhecida como A Planície dos Jarros. O nome procede. Ali a paisagem é dominada por uma estranha coleção de gigantescos jarros de pedra; pedra constituída de arenito, granito e coral calcificados. O lugar também é chamado de Stonehenge asiática.

Mistério fascinante para arqueólogos e outros cientistas, o local foi descoberto no final dos anos de 1920. Os vasos pesam até 13 toneladas e têm entre 1 a 3 metros de altura. Foram datados em cerca de 200 anos a 300 anos passados e seu propósito é completemente desconhecido dos estudiosos. [Há quem diga que os jarros têm milênios de idade].

A arqueóloga francesa Madeleine Colani que estuda há algum tempo o enigma da planície acredita que esses megalitos foram confeccionados/modelados por uma civilização ou nação já extinta e que os jarros, possivelmente, foram usados como crematórios não se sabe exatamente de quê. A arqueóloga ainda chama a atenção para o fato deque os jarros estão dispostos segundo um padrão que segue uma antiga rota de comércio.

A Planície dos Jarros é bastante vasta porém nem todas as áreas são abertas ao público. Infelizmente, o sítio arqueológico, embora remoto, não escapou da guerra do Vietnã. Durante os anos de 1960 e 1970, o Laos foi o país mais bombardeado do mundo. Muitas das gigantescas peças foram danificadas. Crateras foram abertas na planície e, pior, muitas das bombas lançadas, não explodiram e são um perigo para visitantes, um perigo que só não é maior do que o das minas terrestres que também infestam, silenciosas e letais, enterradas, o subsolo da região.

Estima-se que existam mais de 250 mil dessas minas esperando para matar e mutilar. Os acidentes acontecem quase que semanalmente. É curioso como avançam as técnicas e os fantásticos meios para fazer guerra enquanto, a passos de tartaruga, a ciência e a tecnologia não encontraram até agora um meio eficiente de acabar com essa praga das minas terrestres que assombra tantos países há tantas décadas.


A ciência, eficaz para matar mostra-se irresponsável, desleixada, incapaz! incompetente! na missão de resgatar seus erros, de corrigir suas péssimas idéias e evitar que mais pessoas sejam vitimadas pelas conseqüências das políticas bélicas maldosas e burras, como essas, de transformar a terra em campos de morte com essa maldição que são as minas terrestres. 

FONTE: The Asian Stonehenge: The Mysterious Plain of Jars
IN Asia Weird News – publicado em 09/06/2010
[http://www.weirdasianews.com/2010/06/09/asian-stonehenge-mysterious-plain-jars/]



O MISTÉRIO DAS CAIXAS ALIENÍGENAS

São caixas. Não são muito grandes, não parecem pesadas todavia, não podem ser movidas com facilidade. Não saem do lugar nem mesmo presas a fortes correntes e puxadas por um caminhão. Desde o início de fevereiro (2012) estas misteriosas caixas vêm aparecendo ao longo da Costa Oeste norte-americana.

Esq.: Caixa fotografada no final da tarde 08 de fevereiro (2012) perto do Bray's Point, Oregon. Dir.: Um casal observa uma das caixas que apareceram no litoral de Oregon em 15 defevereiro (2012). Neste caso, o local é a praia de Florence. Fotos: Dave Masko


Bray's Point, OREGON-USA. Começou em 06 de fevereiro do ano passado(2012). As caixas começaram a aparecer. O especialista, doutor em ciências marinhas da Oregon State University - OSU, (Ph.D) Bill Hanshumaker declarou: Eu não sei o quê elas são mas é aconselhável que os praticantes do surf tomem cuidado.

Essas estranhas caixas de metal apareceram de repente ao longo das praias locais e parecem estar se multiplicando. A fotografia que anexei ao meu relatório foi feita na tarde de 08 de fevereiro em local próximo a Brays's Point. Outras caixas semelhantes foram localizadas em outros pontos da Costa Oeste.  

Não é a primeira ocorrência e não é um caso recente. O governo britânico também também fotografou objetos semelhantes no Sri Lanka (Ceilão) em 1990 e no começo dos anos de 2004 e 2005. Há relatos que remontam aos anos de 1950. Os relatórios britânicos antigos informam, ainda, que o surgimento das caixas coincide com avistamentos de OVNIs nas proximidades dos achados; aliás, as caixas foram documentadas justamente porque perecem ou pareceram, na época, ter ligação com os avistamentos.


MISTÉRIO

Documentos arquivados pelo governo britânico, disponíveis na internet, referem-se a OVNIs e mencionam as caixas do Sri Lanka descrevendo as como numerosas, sem aberturas, semelhantes em tamanho, coloração e forma em ocorrências testemunhadas por moradores das regiões litorâneas do Oceano Índico, como o Golfo de Bengala.

Nos estados do Oregon, Washington e norte da Califórnia (USA), as caixas estão sendo fotografadas, documentadas e analisadas por especialistas. Porém, os midia não dão importância ao assunto, destacando muito mais recentes tempestades que vêm ocorrendo no Oceano Pacífico e mesmo os estudiosos de OVNIs estão mais interessados em observar o céu em busca de naves espaciais.


INVESTIGAÇÃO 

Desta vez, apesar do descaso predominante, o 'caso das caixas' entrou na agenda da Oregon State University que, em geral, ocupa-se de baleias encalhadas e mortandade de peixes.

O campus da Oregon State University fica Newport (cidade insular localizada em Aquidneck Island, estado norte-americano de Rhode Island) situada a uma hora de carro de Corvallis (cidade do interior situada a oeste do estado do Oregon. Por sua localização, o campus é propício à investigação de fenômenos marinhos. 

Os especialistas dessa Universidade são encarregados pelos governos federal e estadual de monitorar as praias do litoral do Oregon, atividade que tornou-se mais importante depois do terremoto ocorrido no Japão (em março de 2011) que gerou o acúmulo, na região de uma enorme quantidade de detritos, resultantes marés posteriores ao sismo - de tal modo que tornou-se comum encontrar todo tipo de objeto naquela área.

Os peritos, então, buscaram, em primeiro lugar, identificar nas caixas algum tipo de inscrição ou símbolos que pudessem esclarecer sua origem e confirmassem a hipótese de poderiam ser parte daqueles detritos. Em vão.

Enquanto isso, moradores de Bray's Point fazem conjecturas e contam: 'Tudo o que sabemos é houve muita atividade no céu( no começo de 2012). Os avistamentos de OVNIs têm sido mais freqüentes. As caixas começaram a aparecer um dia depois de terem ocorrido numerosos avistamentos de luzes brilhantes e o número desses avistamentos parece estar aumentando'.


OVNIS? JAMAIS!  

Os cientistas e porta-vozes governamentais investigam as caixas, como sempre, descartam enfaticamente qualquer relação dos objetos com OVNIs. Os relatórios britânicos, que eram mantidos em segredo desde a Segunda Guerra Mundial, tão logo foram divulgados na internet começaram a ser desacreditados pelos órgãos oficiais.

No entanto, existem declarações e minuciosas e registros que abrangem o período entre 1997 a 2005. São fotografias, desenhos e descrições de OVNIs assim como cartas que o Ministério da Defesa Britânico enviou para as testemunhas em resposta aos relatos sobre as caixas de metal. As versões das autoridades e polícia - do período - afirmam que as caixas são, provavelmente, containeres provenientes de navios de carga, embora a costa do Sri Lanka (país da Ásia, antigo Ceilão) e do Oregon não estejam rota de navios desse tipo.


ABDUÇÃO

Em um dos relatos contidos nos documentos britânicos divulgados, um homem afirma ter sido seqüestrado (abduzido) por alienígenas em outubro de 1998 depois de ter visto uma nave pairando sobre sua casa, situada no litoral. Esse homem conta, ainda, que testemunhou o lançamento de projéteis. O alvo era a praia e no dia seguinte, os projéteisestavam lá; eram como as caixas.

Segundo um observador de OVNIs identificado (na reportagem desta fonte, Huliq) apenas como Errol, as caixas têm a forma de um cubo, medem cerca de 20 cm de altura, cinco metros de largura e cinco metros de profundidade (extensão) e são, aparentemente, desprovidas de aberturas, completamente seladas.

Essa testemunha diz que viu mais de uma dessas caixas em Stonefield Beach, uma praia popular do Oregon. Mr. Errol acrescenta que as caixas não são móveis, ou seja, são muito pesadas, sólidas, metálicas e parecem ter surgido do nada. Há quem diga que, eventualmente, as caixas emitem um som agudo.



O SOM DAS CAIXAS

Ainda em Stonefield Beach, um dos depoentes que diz ter ouvido o silvo das caixas, identificado somente como Mr. Doris conta que tudo se passou em um domingo à noite e foi como se um alarme tivesse disparado: Era um som alto, estridente, assustador. O fato chamou a atenção porque apesar dos avistamentos de OVNIs na região, a praia é um lugar tranqüilo onde somente as gaivotas e o barulho das ondas quebram o silêncio nas horas avançadas da noite.  


PRAIA DE FLORENCE

Em 15 de fevereiro, um grupo de pessoas parou para observar mais uma daquelas caixas, na praia de Florence, ainda no estado do Oregon. Também ali, os moradores afirmam que os objetos apareceram do nada. Diante do mistério Bill Hanshumaker (cientista citado acima) é um dos poucos acadêmicos que arrisca opiniões.

Para aqueles que sugeriram que as caixas poderiam ser peças de fazendas de ostras japonesas arrastadas pelo Tsunami, Mr. Hanshumaker observa que a viagem entre o Japão e o Oregon implica uma travessia muito longa, cerca de 5 mil quilômetros.

Se houvesse ocorrido essa viagem, as caixas deveriam apresentar cracas marinhas, o que não foi verificado. Ao contrário, sete das caixas examinadas, encontradas próximas à praia de Florence, estão limpas embora apresentem uma estranha peculiaridade: estão envoltas em uma espécie de membrana que mostrou-se resistente às tentativas de remoção. 


ABAFEM O CASO

O aparecimento das caixas movimentou a população. Alguns cidadão acharam pertinente comunicar o fato à polícia local. Mas, a porta-voz do departamento de polícia local, identificada apenas como Mrs. Sarah disse, em entrevista à revista Huliq (fonte dessa reportagem) desconhecer o comunicado: Não recebemos quaisquer informações ou queixas sobre essas caixas.

A porta-voz informou, ainda, que o caso não pertence à jurisdição municipal alegando que - A costa do Oregon é considerada uma rodovia estadual. São as polícias estaduais que têm jurisdição sobre sobre a praia. Contatadas, as autoridades estaduais de Oregon, Washington e Califórnia também negaram a existência das caixas. Apesar desse desconhecimento, as mesmas autoridades advertiram que é ilegal qualquer pessoa apoderar-se de coisas encontradas nas áreas costeiras.

Porém, moradores de Florence alegam ter visto uma estranha ação de resgate: as caixas foram retiradas dos locais onde estavam demandando grande esforço de equipes, de quatro a seis pessoas, que utilizaram fortes correntes e caminhões brancos fechados onde foram colocados os objetos

FONTES:
MASKO, Dave. UFO sightings reveal more strange metal boxes along coastal beaches
IN HULIQ (Hickory, North Carolina - USA), publicado em 08/02/2012
......................  UFO inspired metal boxes still vex experts while someone is taking the boxes away
N HULIQ (Hickory, North Carolina - USA), publicado em 15/02/2012
[http://www.huliq.com/10282/ufo-inspired-metal-boxes-still-vex-experts-while-someone-taking-boxes-away]http://www.sofadasala.com/extraterrestre/misteriodascaixasalienigenas.htm


ATLÂNTIDA, PESQUISADORES AFIRMAM TER DESCOBERTO O CONTINENTE PERDIDO

PESQUISADORES AFIRMAM QUE PODEM TER DESCOBERTO ATLÂNTIDA; ASSISTA A DESCOBERTA 27 / 10 / 2012


Um grupo de cientistas canadenses revelou que descobriu ruínas de uma cidade submersa na região do Triângulo das Bermudas. Segundo os pesquisadores, pode tratar-se do continente de Atlântida que, segundo as lendas, desapareceu há mais de 10 mil anos.
Utilizando um robô mergulhador, os pesquisadores liderados por Paul Weinzweig e Pauline Zalitzki encontraram os restos de uma cidade que fica localizada a cerca de 700 metros da costa leste de Cuba.
As imagens registradas pelo robô mostram edifícios muito grandes, além de quatro pirâmides — sendo uma de cristal — esfinges, rochas e inscrições antigas. De acordo com os pesquisadores, é impossível que uma obra desse nível não tenha sido construída pelo homem: “É como quando você sobrevoa sobre um plano urbano de avião e pode ver estradas, túneis e edifícios”, revelou Zalitzki.
                                                                        video;TheGcm007
Os cientistas afirmam que a cidade pertence a um período pré-clássico do Caribe e da América Central, povoada por uma civilização muito avançada e de cultura semelhante à de Teotihuacán.
Segundo a lenda descrita pelo filósofo grego Platão, Atlântida desapareceu cerca de 10 mil anos atrás, vítima de uma inundação, terremoto ou erupções vulcânicas. O mito persiste até hoje, principalmente em obras de ficção científica.
Será que finalmente a cidade perdida das histórias foi encontrada?

A busca por Atlântida tem sido muito estudada mais pouco se sabe, acredito que muitos tem querido achar o tal famoso continente, pelos segredos que ele possa esconder...
 Os Mistérios em torno de Atlântida e se de fato ela existiu torna a Lenda atraente, talvez com a descoberta traria muitas respostas, e descobertas impressionantes, mas será que Atlântida existiu?

video:


Mistério: A Chuva de Esferas Gelatinosas Azuis


DORSET/UK. Na Quinta-feira, do dia 26 de janeiro de 2012. Em Dorset, um condado situado a sudoeste da Inglaterra, uma tempestade de granizo precipitou-se. Fenômeno comum se algo mais que gelo não tivesse caído do céu. Steve Hornsby, um engenheiro de aeronáutica aposentado, residente em Bournemouth, ficou chocado quando encontrou pequenas esferas azuis em seu jardim

Eram cerca de doze pequenas bolas, medindo em torno de três centímetros de diâmetro cada uma. Segundo Mr. Hornsby, pouco antes da tempestade o céu tornou-se amarelo-escuro, uma tonalidade bastante incomum.

Ele saiu de casa para ir à garagem quando a tempestade, que durou poucos instantes, aconteceu. Neste momento percebeu os estranhos objetos na grama. Ele descreve: Era gelatinoso, quase impossível de pegar. Usou uma colher para recolher amostras e um exame superficial revelou que a substância estava contida por uma fina membrana, não tinha cheiro, não era pegajosa e não derretia.

Colocou o material no congelador enquanto tenta descobrir do quê se trata. Ele acredita que as esferas podem ser o resultado de alguma reação química à poluição atmosférica mas, de acordo o Met Office (meteorological), consultado pela BBC, as esferas não são meteorológicas ou não são parte de um fenômeno climático comum. Cientistas da Bournemouth University, como Mrs. Josie Pegg, especulam que as bolinhas azuis podem ser ovos de invertebrados marinhos transportados pelos pássaros.


A pesquisadora esclarece: Estes incidentes de precipitação de substâncias semelhantes a essas esferas já ocorreram antes. Apesar de ser um pouco cedo para a desova (de animais marinhos) podemos considerar (a hipótese porque) tivemos um inverno muito brando. O transporte desses ovos nos pés de aves é bem documentado.Creio que se um pássaro foi apanhado pela tempestade, esta poderia ser a explicação.

Eu Hein!? Cada coisa estranha que está aparecendo?

FONTES:
What are the mysterious blue balls that fell from the sky over Bournemouth?
IN Daily Mail/UK, publicado em 29/01/2012
[http://www.dailymail.co.uk/news/article-2093366/What-mysterious-blue-balls-fell-sky-Bournemouth.html?ito=feeds-newsxml]
Bournemouth resident mystified by 'blue sphere shower'
IN BBC/UK, publicado em 27/01/2012
[http://www.bbc.co.uk/news/uk-england-dorset-16754531]


Stargate No Golfo De Áden Seria Um Portal Estelar.

Fato ou teoria da conspiração? Alguns dizem que se trata de falsos Cablegates distribuídos na web,verdade ou mentira?

Segundo  o  relatório do almirante da frota do norte da russia Maksimov. do primeiro ministro Vladimir Putin. disse que um misterioso vórtice magnético atualmente focado no golfo de Aden. desafiou todos os esforços combinados da Russia dos EUA e da china para fechar e  verificar a causa exata de sua origem.
A suspeita, é que o vórtice do Golfo de Aden. possa ser um Stargate, um portal estelar aparelho anelar supercondutor que permite viagem pelo subespaço através de um buraco de minhoca estável com destino a outro aparelho idêntico localizado em qualquer lugar do universo, ou seja até mesmo em outro sistema solar.

Golfo de Áden

Mapa - Gofo de Áden

Segundo o relatório os cientistas dos EUA começaram a notar a formação do vótice no final de 2000 após isso os americanos estabeleceram uma base de operações na região de Djibouti, entre a África e a Arábia Saudita.

Um vórtice semelhante ao de Aden teria se formado nos céus da Noruega no dia 8 de dezembro de 2009.
O fenômeno começou quando uma luz surgiu de trás de uma montanha, Parou no meio do ar e começou a girar. Em segundos um aspiral gigante teria se formado e coberto o céu. Então um feixe de luz esverdeado saiu de seu centro durante dez e doze minutos antes de desaparecer  completamente. Os astrônomo não acreditam que as luzes estejam ligadas as aurora boreal fenômeno comuns na região.



Noruega

                       Stargate sob Moscou Russia                 

Desde de sua descoberta em 2000, o centro de Aden começou a se expandir e no final de 2008, incentivou os EUA a publicar um relatório especial alertando o mundo sobre estes acontecimentos misterioso. Em resposta forças navais das seguintes nações se dirigiram a área. Austrália, Bélgica, Canada, China, Dinamarca, França, Alemanha Grécia, Índia, Irã, Itália, Japão, Crécia do Sul, Malásia, Holanda, Paquistão, Portugal, Arábia, Russia, Singapura, Espanha, Suécia, Tailândia, Turquia, Inglaterra e Estados unidos, a lista vai longe até mesmo navios da União Européia e da ONU. Há 300 navios no Golfo de Áden ao redor de um portal estelar que se tornou visível.


Para justificar tal movimento militar alegaram estar reunindo forças tarefa naval para proteger o Golfo de Aden, de piratas da Somália mas na verdade estariam preocupados com a dimensões dos efeitos que  vórtice poderia causar e já estava causando nas zonas de pesca da região. O Golfo do Éden é uma reentrância no norte do Oceano Índico, à entrada do mar vermelho, entre a costa norte da Somáia e a costa sul da península arábica. O seu nome provem da cidade de Áden, no Iémen, na extremidade sul daquela pennísula.

De 40 a 60 terremotos que ocorreram na região do Golfo de Adem nos ultimos meses. Estes seriam os primeiros a terem ocorrido nesta região nos tempos atuais. Na manhã de 15 de novembro de 2010 43 sismos consecutivos foram registrados, mas o mais importante é lembrar que neste periodo, o sol registrou uma grande atividade e uma forte erupção solar, No dia 14 de novembro e esses eventos podem estar ligados.
O relatório afirma que todos esses sismos variam entre 4,5 e 5,4 graus na escala Richter e quase todos são de profundidade de 10 km. De acordo com suas fontes, eles estão chamando de uma “anomalia”, é um enorme campo magnético que está ocorrendo  naquele local, onde a água está em um movimento giratório, causando um efeito de redemoinho enorme.

A área da zona de segurança em torno disso é quilômetros e quilômetros.
Existe uma base submarina nessa área, onde se realiza entre outras coisas, engenharia genética,
uma empresa de pesquisa que trata especificamente da genética eDNA alienígena/humano.
Isso também está acontecendo lá ao mesmo tempo.
Eles estão fazendo coisas semelhantes as que eles têm feito ao longo de décadas em bases subterrâneas em toda parte.
Os EUA, juntamente com alguns outros países; estão a atacar o Iémen e usam como desculpas a Al Qaeda, que é realmente apenas uma cobertura.
Tudo foi planejado… mas isso é uma outra história. “Al Quaeda” como um nome é usado para invocar o medo e ganhar submissão ou o que quer que a Elite Global deseje naquele momento.
Por que eles fazem isso? Pela mesma razão que eles fizeram no Afeganistão.
O Afeganistão não foi uma guerra contra o terrorismo, foi uma guerra para ganhar mais controle no Afeganistão, porque o Afeganistão tem entradas para determinadas instalações subterrâneas profundas.
O Iêmen agora foi escolhido por causa do que está acontecendo com o stargate, oficialmente, está sendo dito que o stargate abriu em 5 de janeiro de 2010.

Este stargate no Golfo de Áden é conhecido há muito tempo e muito... alguns países querem ganhar... querem um pedaço do bolo. E você sabe, um país quer um pedaço maior do bolo do que o outro país.
Será que a vida na Terra começou no espaço? Milhões de pessoas aceitam a teoria de que formas de vida inteligentes tem visitado a Terra há milhares de anos e eram adorados como deuses pelos homens primitivos. Monumentos como Stonehenge e a Ilha de Páscoa seriam os últimos resquícios de uma antiga civilização alienígena?


A Verdade é que esses e outros mistérios até então só Deus sabe, e muitos outros mistérios que ainda nem desconfiamos que existem!!!

Fonte: Internet, Google

Os mistérios da Zona del Silencio (Zona do Silêncio) no México


A Zona do Silêncio é um dos lugares mais misteriosos do México. Esta área é o lar de muitos animais e plantas mutantes como o cacto roxo e uma versão mal formada da tartaruga do deserto.
A área recebe o nome espanhol, Zona Del Silencio, a partir de uma estranha anomalia que corta a transmissão de ondas de rádio quando está dentro da zona. Apenas a 400 quilômetros de El Paso, Texas, a Zona de Silêncio interfere em sinais de rádio e TV e tem uma história documentada sobre atividade de OVNIs.
Dentro de uma área não especificada e, às vezes mudando dentro da Zona, os sinais de rádio não conseguem viajar através do ar, criando uma espécie de zona escura. Sem televisão, rádio, ondas curtas, microondas ou sinais de satélite parecem penetrar nesta zona. O nome, a Zona de Silêncio, foi rapidamente adotada, e os pesquisadores começaram a afluir ao local remoto, pouco depois.


Em 1970, um míssil americano lançado da Base de Mísseis de White Sands no Novo México nas proximidades, saiu inexplicavelmente curso e se chocou contra a região do deserto misterioso e fez o mundo ciente das propriedades únicas e aparentemente incomuns da área. Posteriormente uma equipe de investigadores da Força Aérea dos EUA, com a aprovação do governo mexicano, viajaram ao local do acidente e fizeram uma descoberta inesperada.
O governo mexicano, desde então, construiu um complexo de pesquisa na Zona do Silêncio, um lugar que os cientistas chamam atribuído há a biosfera. O objetivo principal do centro de pesquisa é estudar a vida animal e vegetal da região incomum. Mas os boatos têm-no que muito mais pesquisas estám acontecendo por lá.
A pesquisa sugere que pode haver alguma anomalia natural associado com a região. Altos níveis de magnetite têm sido descobertos lá, e cientista descobriram também que a área é uma cama quente para a atividade de meteoritos, levantando especulações de que pode haver algumas propriedades magnéticas incomuns associados com os minerais no solo calcário. Pesquisadores têm tentado determinar se o minério magnético é natural ou é o produto de contaminação de milhares ou milhões de anos de bombardeio de meteoritos. E se as propriedades magnéticas de alta são resultado de causas naturais, esta poderia ser a razão que tantos ricos em ferro objetos do espaço encontram-se no caminho para este lugar remoto da Terra.


Teóricos são rápidos em apontar que a Zona do Silêncio está geograficamente localizado ao norte do Trópico de Câncer e compartilha a mesma latitude do sul do paralelo 30 como as Pirâmides do Egito, as cidades sagradas do Tibete, eo Triângulo das Bermudas , um cientista fato fora do ponto é provavelmente uma simples coincidência. Na verdade, os cientistas do centro de pesquisas mexicano batizaram a região do Mar da Thetys porque há milhões de anos a área ficava no fundo de um oceano.
Alguns acreditam que a área é um campo magnético ponto da grade ou portal , onde a energia está concentrada. Esta energia está ligada à atividade UFO e da teoria dos astronautas antigos, alguns estrangeiros acreditando ainda voltar a estas áreas altamente magnéticas, seja por navio ou por meio de buracos de minhoca. Nenhuma evidência documentada de forma confiável existe para apoiar qualquer dessas afirmações, apesar de avistamentos de OVNIs são comuns no México. Luzes estranhas, órbitas flutuantes, arbustos em chamas, os discos voadores, e encontros com extraterrestres têm sido relatados com um grau de abundância na área. Fazendeiros relataram no céu noturno é muitas vezes cheios de luzes misteriosas, e aviões que supostamente cairam verticalmente no deserto, muitas vezes peganndo fogo.
Há relatos de encontros com criaturas humanóides estranhas. Uma família rancho afirma que eles são visitadas regularmente por um trio de loiras(nada mal), cabelos longos e humanóides, dois machos e uma fêmea, que fala espanhol perfeito. Como a história vai, os visitantes só pedem água, nunca de comida ou outra disposição. E quando perguntado uma vez pelo fazendeiro de onde eles vieram, eles teriam respondido "de cima".


Um pesquisador visitante que se perdeu no deserto, relatou que ele foi dirigido de volta ao seu centro de pesquisa por um trio similar de loiro estranho as pessoas olhando. Outra história diz que uma equipe de TV investigação notícia foi ajudado por seres estranhos no deserto depois de ser preso na estrada depois de uma explosão de nuvem incomum. Estes seres supostamente usavam capas de chuva e bonés bola longa, algo que, admito, você não costuma ver no deserto.
Quanto sobre a região incomum no norte do México é verdade e quanto é o produto da imaginação humana, quanto fato e quanto de ficção, ninguém pode dizer com certeza. Mas há pouca dúvida de que há existe algum fenômeno natural que parece fugir explicação lógica. Qual a causa e efeito pode ser – ciência ou ficção científica – ou um pouco dos dois, ainda precisa ser comprovado.
Casos
A primeira ocorrência documentada do apagão de ondas de rádio ocorreu em 1930, quando Francisco Sarabia, um aviador do norte do estado mexicano de Coahuila, informou que seu rádio tinha misteriosamente parado de funcionar. Somente em 1970, a Zona Del Silencio entrou nos olhos públicos.
Um americano de mísseis disparados Athena a partir da Base White Sands Missile misteriosamente saiu de curso e caiu para a Zona do Silêncio. Quando a Força Aérea veio a recolher destroços do míssil de Athena, eles observaram que a área proibia transmissões de rádio. Eles levaram vários caminhões ao longo da areia do deserto para análise (alguns teorizam que as propriedades bizarras da areia, de alguma forma contribuíram para o programa militar de caça stealth ).
Alguns anos mais tarde, um estágio superior de um dos reforços de Saturno utilizadas no projeto Apollo rompeu-se e caiu na mesma área. Mais uma vez, o exército dos Estados Unidos enviou uma equipe especial para a área para investigar suas propriedades misteriosas. A equipe militar dos EUA descobriu que não poderia viajar sinais de rádio através do ar. Rádio, televisão, ondas curtas, microondas, nem sinais de satélite são capazes de penetrar a área. Moradores da comunidade de Ceballos, Durango, cerca de 25 milhas de distância (o acordo mais próximo da zona) foram rápidos em apontar que sinais de televisão nunca puderam ser recebidos na cidade ou fazendas vizinhas.
Ernesto e josefina diaz – Incidente
Em 13 de outubro de 1975, Ernesto e Josefina Diaz entraram no Zona de Silêncio com uma nova picape da Ford para coletar rochas raras e fósseis que podem ser encontrados em grande abundância na área. Enquanto faziam a atividade, eles notaram que uma tempestade do deserto estava indo em direção a eles.
Na esperança de evitar serem pegos, eles colocaram as malas seu veículo e saíram em disparada, mas não rápido o suficiente para evitar a chuva implacável. A estrada à frente deles se transformou em um pântano e seu caminhão foi rapidamente preso e afundou no terreno macio.
Enquanto o casal se esforçou para manter seu veículo fora na lama, duas figuras se aproximou deles, acenando para eles em meio à tempestade de chuva torrencial. Dois homens extremamente altos com capas de chuva amarelas e bonés ofereceram assistência para ajudá-los a sair do local.
Os homens instruíram o casal encharcado a entrar na picape de novo, enquanto eles empurravam. Antes de Ao sair do buraco e ir para o terreno mais firme. O marido saiu da caminhonete para agradecer aos dois homens mas eles tinham sumido.
Luis Ramirez reyes – Incidente
Durante o mês de novembro de 1978, o jornalista Luis Ramirez Reyes visitou a Zona de Silêncio como parte de uma equipe de reportagem designado para cobrir uma história sobre as propriedades bizarras do site.
Empolgados, eles escolheram ir à frente da equipe principal, Ramirez e seu fotógrafo estavam dirigindo por intuição do que por conhecimento rígido.
De repente, ele percebeu que havia três homens andando à frente, vindo na direção deles. Esperando que esses homens pudessem ser capazes de apontar na direção certa, o jornalista disse seu companheiro, que estava fazendo a condução, para diminuir para falar com eles.
No entanto, ele se assustou quando o motorista passou por eles, como se não tivesse visto. Mais a frente, ele experimentou o choque de vê-los novamente – em uma parte diferente do deserto. Desta vez, ele ordenou o fotógrafo (que não podia ver ninguém) a parar o carro,
Ramirez teve chance de falar com os três e perguntou se tinham visto um outro
veículo como o deles na área. Eles disseram que não mas indicaram o local que o jornalista estava buscando.
Um levantamento aéreo em dias posteriores convenceram o investigador sobre o tamanho da região que se estendia por centenas de quilômetros. Mas se não eram pessoas, o que eram esses seres?
Escrito por M.F. Luder
fonte: http://arquivoufo.com.br/2013/04/06/os-misterios-da-zona-del-silencio-zona-do-silencio-no-mexico/


As piramides de Gizé

                                                               image fonte:www.donatoviagens.com.br

As Piramides de Gizé (Egito) são piramides construídas num raciocínio impossível, medidas perfeitas, a estrutura com mais de 2 milhões de blocos de pedra, cada bloco pesando de 2 a 50 toneladas, o calculo da piramide corresponde a pi (3,14159..), seus lados são alinhados de forma correspondente ao norte,sul, leste e oeste, hoje em dia sabe-se que isso só se consegue com GPS...
Isto é um segredo (Mistério), que até o momento só Deus sabe!


Triangulo das bermudas

                                                                                    fonte;www.oocities.org
Triangulo das bermudas também conhecido como ´´triangulo do diabo´´ e ´´Triangulo da Morte´´ é uma região no oceano no Atlântico Norte, fica entre a Flórida, Porto Rico(passando por Cuba) e Ilhas Bermuda, onde Aviões, Barcos somem sem ficar vestígio.As explicações para esse segredo são muitas; tempo ruim, ovnis, suspenssões da física, buraco negro, e a ultima que dizem estar resolvido seria por causa do gás metano...
Mas e os vestígios, imagina-se que se barcos afundam e aviões caem... mesmo assim ficaria objetos...



Manuscrito Voynich.


O manuscrito Voynich é um misterioso livro ilustrado com um conteúdo incompreensível. Imagina-se que tenha sido escrito há aproximadamente 400 anospor um autor desconhecido que se utilizou de um sistema de escrita não-identificado e uma linguagem ininteligível.


Durante os últimos cinco séculos, um livro conhecido como manuscrito de Voynich intriga criptógrafos, padres, matemáticos e até reis.
Escritas numa língua indecifrável e ilustradas com plantas, símbolos zodiacais e mulheres nuas, suas 240 páginas parecem revelar algum segredo milenar, uma enigmática fórmula de alquimia.
O livro recebeu esse nome em homenagem ao colecionador de livros raros Wilfrid M. Voynich, que o descobriu no ano de 1912, em Roma.



De origem desconhecida, o manuscrito é envolto em mistérios: não se sabe quem o escreveu e muito menos o conteúdo dos seus textos, jamais decifrados.
Sabe-se apenas que foi escrito em algum lugar da Europa Central, entre os séculos 15 e 16.
O manuscrito é dividido em capítulos e as suas ilustrações dão a entender que o conteúdo é científico.
O primeiro parece ser sobre botânica, com desenhos de espécies que nunca foram identificadas.
A biologia também é abordada de maneira esquisita.
As ilustrações do capítulo mostram mulheres nuas, com o abdômen inchado (grávidas?), imersas em líquido e conectadas através de tubos. (Os dois exemplos são retratados na imagem a baixo).



Bom, a história do livro e suas características bizarras renderam a ele o título de “manuscrito mais misterioso do planeta”.
Há quem diga que o livro foi escrito pelo próprio Voynich, que pretendia mesmo era ganhar muito dinheiro com a sua venda.
A verdade por trás do mistério, contudo, dificilmente será encontrada.



O manuscrito Voynich hoje pode ser encontrado na biblioteca Beinecke Rare Book and Manucript, da Universidade de Yale, Estados Unidos.

Será que algum dia  irão decifrar?

Fonte: Internet, Google


Bolas de pedra gigante da Costa Rica

                                                                fonte:www.alemdaimagincao.com

Nos anos de 1930, Trabalhadores se depararam com duzias de bolas de pedra, todas quase que perfeitamente esféricas em variados tamanhos, acredita-se que foram feitas por humanos... mas para que propósitos foram feitas, e o estranho é a precisão das esferas...


Lobisomem

                                                           image fonte:matilha-do-lobisomem.blogspot.com.br

Uma Crença, Um Mistério, Qual seria o Segredo?
Tem quem duvide, outros que não e outros que sabem do que estou falando...

A crença do lobisomem, muito são os relatos, mas sem provas fortes para se comprovar...
Os mais antigos que contam as lendas desse estranho ser...

E acredite se quiser eu já vi, de longe mas vi, sei o que vi, esse fato da ciência explicar isso aquilo balela. Nem com medo estava... mas acabei ficando... e pedindo a Deus quem me protegeu!

Digo-vos O tal ser (Lobisomem) é uma entidade do mau...há a crença de alguns pastores, o lobisomem seria um tipo cão do inferno. Porem um dos principados maiores...
Saiba Lobisomem é um demônio e devemos pedir proteção para 

Deus...Que o sangue de Jesus tem poder contra esta entidade!


Martelo de Kingoodie

                                                                fonte:arqueologiaproibida.blospot.com.br

Esse fóssil de martelo considera ter mais de 400 milhões de anos!!Seria antes mesmo dos dinossauros existirem, Foi descoberto em MyInfield na Escócia pelo Físico David Brewster em 1844...será que a ciência está certa com suas teorias que diz ser a verdade... ou melhor pouco se sabe sobre a verdade?... 
Esses segredos só Deus tem as respostas...  

Mistério-Os Crop Circles


                                                                    image fonte;forum-intemporal.blogspot.com.br

Os Crop Circles Surgiram na Inglaterra em uma Data Incerta (de tão antiga), e Também é   um de uma longa lista de Mistérios que existem no nosso Planeta. Seria a Verdadeira Prova de Vida Extraterrestre e de Tecnologia Avançada? 
Seria avisos... mas de quem ou do que? ...E porque?
Segredo esse que só Deus sabe até o momento.

A Análise dos Crop Circles é Bem Estranho, pois todos eles são compostos Por Cálculos Matemáticos Extremamente Complexos, e o Tempo que levam para serem realizados são Absolutamente Incríveis, Sendo que vários relatos Mostram que Até o anoitecer a Plantação estava Normal, e ao Amanhecer do dia eles já estavam lá (Lembrando que eles aparecem principalmente na Inglaterra  no verão, onde a Noite dura No máximo 4 Horas!).

Os Crop Circles Variam bastante, e Até Hoje Nunca foi encontrado um crop circle com a Mesma forma duas Vezes.
O Maior Crop circle encontrado até hoje tinha 4.000 Metros.


                                                           image;segredosreveladosdomundo.blogspot.com.br

Os círculos ou criptogramas que aparecem nos campos de trigo ou cevada em Inglaterra (e também noutros Países), são conhecidos como Crop-circles. Têm sido documentados desde o séc. XVI. Cerca de 10.000 já foram avistados por todo o mundo. 97% dos casos são no Sudoeste de Inglaterra, a maioria deles perto do monumento megalítico Stonehenge. Só em Agosto de 2002 (dia 21) surgiram, nessa noite, mais de 420 círculos, para surpresa dos habitantes de Wiltshire, Inglaterra.

Duas organizações que estudam estes círculos - a “Center for Crop circles studies in England” e uma organização “ADAS Ltd”, que trabalham conjuntamente com o Ministério da Agricultura Inglês - descobriram que nos solos fica uma quantidade anormal de hidrogénio, somente possível se o solo recebesse uma carga eléctrica extremamente forte!

                                                                                             image;hieroplant.com.br
Os círculos podem ser também pontos energéticos a fim de equilibrar as energias em diversos pontos do planeta. O planeta tem pontos energéticos, linhas de ley. (As linhas ley são padrões energéticos que correm tanto em cima como em baixo da Terra. Elas circum-navegam a Terra numa variedade de caminhos baseados em leis matemáticas, leis geométricas, essência vibratória, força geológica e campos electromagnéticos e mineralógicos). Muitos símbolos são correspondentes a antigas gravuras religiosas e esotéricas. Os extraterrestres, que nos visitam desde a Antiguidade, podem ter inspirado os nossos antigos povos, as nossas religiões? Muitas pessoas, ao observar fotos desses “crop circles” sentem sensações estranhas a nível subconsciente, como se os símbolos activassem memórias ocultas, como se se sintonizassem a algo, e começam a psicografar mensagens escritas, alfabetos desconhecidos.

 Independente de quem, como e por quê, de forma quase unânime os pesquisadores acreditam haver algum tipo de conspiração envolvendo os governos de vários países, incluindo o Vaticano, para tentar abafar a verdade sobre os círculos, seja ela qual for. Segundo eles, algumas pessoas, com o apoio da mídia, estariam sendo pagas para fazer círculos ou para assumir a autoria de círculos que não fizeram com o propósito de ridicularizar o fenômeno e os pesquisadores, mantendo a verdade oculta.

                                                     image fonte;happensintheword.wordpress.com
Vendo por um lado espiritual, seria forças malignas com certos 

objetivos ou Deus nos alertando de algo?



Crop circle Genético?

Esse artigo foi publicado em Maio de 2010 pelo StarViewerTeam e que realmente chama a atenção até dos mais céticos ao assunto 2012, pois mostra nitidamente que há MUITA informação de valor científico estudado e obviamente não divulgado nas mídias convencionais. Ou seja, quem espera ver esse tipo de notícia no Jornal Nacional ou fantástico, pode esquecer. 
Compartilho com vocês os dados estudados e atribuídos ao assunto. Quero deixar claro que não estou “forçando” nenhuma opinião. Leia e tire suas próprias conclusões.

A figura mostra um código em ASCII (acrônimo para American Standard Code for Information Interchange, que em português significa "Código Padrão Americano para o Intercâmbio de Informação") com uma mensagem que pode decodificar-se em 9 dígitos de código binário.


                                               foto; Mike walker/ Rex Features
Vários matemáticos do London University College, permaneceram atônitos diante do que se considerava incrivelmente ininteligível à primeira vista. Veja a notícia no link: independent

A cobertura do Crop circle transcendeu muito mais além da imprensa britânica, em que cientistas acadêmicos,transdisciplinares, biogeneticistas e matemáticos, convergem na interpretação do código, demonstrando uma excelência e objetividade sem precedentes até agora.

Pela primeira vez na historia recente, em nível acadêmico após as declarações de Stephen Hawking, já são muitos os cientistas que trabalham ativamente na decodificação dos Crop circles.
                                                    image;www.techeblog.com


Esse diagrama exposto ao lado, corresponde a interpretação consensual ou regras de código ASCII decodificadas. Em seguida veja a decodificação original nos links abaixo:
psychedelicadventure ou logosmythos

Igualmente em: telegraph ou lucypringle A respeito dos documentos científicos de decodificação e interpretação, você poderá ver em: independent

Igualmente, encontrarão una extensa recopilação de interpretações facilitadas pela comunidade científica independente, em Crop circle season arrives with a mathematical message

Analisando a mensagem “impressa” no disco, e depois de analisar todas as interpretações e particularidades, observe em seguida uma breve síntese das mesmas, que se baseiam naequação de Euler e a anomalia do Espaço-Tempo, assim como uma incontestável conta atrás. (3-2-1).
 
                                              image;starviewer.files.wordpress.com
      
Síntese e aspectos comuns dessa interpretação:

1º.- Existe um consenso da comunidade científica, em que o código ASCII, representa aequação de Euler, e adicionalmente, contém uma sentença superposta duplicada que representa um binômio Euler/Fibonacci, sobre o dilema de dupla interpretação de (Pi ou Phi)

Euler = e ^ (i)pi +1 = 0

Euler/Fibonacci e ^ (phi) 1 = 0

Ambas interpretações estão contidas no código ASCII, que adicionalmente contém outra premissa: Uma curiosa “conta pra atrás”:

3->(2010) , 2->(2011) , 1->(2012) = 0 ZERO

2º- Foi recopilada uma síntese explicativa de todas as contribuições de cada equipe científica incluindo Starviwerteam. Todos chegaram a conclusões convergentes.

Veja abaixo a equação envolvendo todas as interpretações:


Explicação do esquema:

1º.- Na parte superior, o “tempo linear”. Para toda conta atrás, 3-2-1, até o momento do 0(zero), o NÃO TEMPO. Esse NÃO TEMPO, não se refere a nenhuma catástrofe física, atribui-se a teoria da abertura de um “portal dimensional” que está se formando na parte inferior do gráfico: “A realidade quântica”. Ou seja, podemos dizer que a realidade Linear que em vivemos é um holograma.
Porém, a atual realidade em que vivemos (3D) está, de certa forma, sofrendo uma modificação e em conseqüência disso, está modificando nosso DNA. As cadeias explicativas desse DNA estão contidas nesse código ASCII quando interagimos com a equação de Eulere os seguimentos.

Em concreto, contém uma relação entre os Raios Gama, as pontes de Hidrogênio e as seqüências ATGC de nosso DNA (Relação Ionogenomática).
Também contém a relação entre os Padrões de Harmônicos da Radiofreqüência e nosso Diferencial K-G (Os pacotes de Ressonâncias de Schumann). Todos esses processos estão ocorrendo já em nosso DNA, e este ciclo durará "três anos" (se completará neste período). Num mesmo “nível”, digamos que igualmente, a atmosfera da Terra, está se ionizando. Está se modificando para poder alcançar a ressonância necessária para o “ponto 0″ que está nos13Hz atualmente. Ponto em que se produzirá a convergência para a abertura do “Buraco” deEinstein-Rossen. Nesse momento se abrirá completamente, um estado "diferente" da matéria parecido ao dos cristais (aether) de forma coerente e harmônico com as mudanças que estão ocorrendo em nosso DNA.

2º.- Na parte inferior, vemos, a superposição do binômio Euler/Fibonacci, assim como sua equivalência em formulação de planos alternativos ou hologramas convergentes e simétricos, tal e como vemos no estudo Hipergeometría:Las realidades alternativas son supersimétricas y los planos pueden superponerse

De fato, igualmente apreciamos que nesse cenário, há três fases coincidentes temporalmente e culminam com eventos que entram num horizonte de acontecimentos de uma “Ponte” (Einstein-Rossen) Um Buraco Negro.
Da informação contida nas equações parece deduzir-se, que cada posição dos setores, replicam exatamente diferentes cenários que são simétricos entre si, e que correspondem com uma viagem ao "Passado", ou seja: Voltaremos à origem, ou vamos mudar de plano. Finalmente, se "vê" uma espécie de “seleção” entre diversos planos possíveis. (Diversos cenários alternativos).


O VIAJANTE DO TEMPO FLAGRADO EM FOTO DE MUSEU?

A foto está exposta no virtual Bralorne Pioneer Museum, Canadá.


Reabertura da ponte de South Fork depois da inundação de novembro de 1940. Ponte South Fork, Gold Bridge, B.C., Canadá

Notou algo estranho na foto? Algo fora de época?

A fotografia é autêntica e não sofreu manipulações, como sugere a Error Level Analysis, que analisa imagens para processos judiciais.
Entretanto,algumas pesquisas indicam que as roupas e óculos já existiam na época.

Uns óculos escuros, por exemplo, podem ser vistos no rosto da atriz Barbara Stanwyck no filme Pacto de Sangue (Double Indemnity), de 1944.

O que deixa em aberto a questão é que os óculos da atriz, por exemplo, são de 1944, e a foto do suposto viajante é de 1940.
O tipo de óculos também é diferente. O da foto tem as laterais fechadas, o da atriz não.

A menos que se consiga achar um modelo do mesmo tipo de óculos no mesmo ano da foto, as dúvidas persistem. É quase como tentar comprovar a existência de um modelo de um automóvel com outro parecido.

Em relação à máquina fotográfica, também não se consegue comprovar um modelo semelhante ao da foto. O melhor que as pesquisas conseguiram descobrir foi esta, mas é de 1946.

Quanto à roupa, já existiam modelos deste tipo na década de 40.
O que falta saber é se eram logo do início da década ou não.
Ainda assim, a roupa é o item que menos celeuma causa.

A pergunta mantem-se: viajante do tempo ou futurista da moda?




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...